domingo, 20 de novembro de 2022

Sobre dar sua opinião desnecessariamente

 

via GIPHY



Lá vem ela, de novo como sempre. 

Chega chegando, não pergunta se é algo que a pessoa quer. 

Não pergunta se esse é um bom momento. 

Não pergunta absolutamente nada. 

Passa a marcha e vai. 

Acha que ali é um local adequado. 

Não tenta ver se a pessoa está numa vibe para aceitar aquilo ali.

Não. Isso é o que menos importa. 

O que importa é a pessoa vomitar tudo em você, derrubar tudo em você. 

Desaguar tudo em você. 

Desabafar. 

Como você fosse uma lata de lixo emocional. 

Aí quando você dar sua opinião, a linda se ofende. 

Porque ela não pediu sua opinião !!!! 

A linda também não pediu minha opinião se agora era um momento para ela ter uma diarréia verbal. 

NÃO! ELA FOI LÁ E CAGOU! 

CAGOU NO MEU TEMPO! CAGOU NA MINHA AGENDA!

CAGOU NOS MEUS AFAZERES! 

CAGOU, CAGOU, CAGOU ATÉ NÃO TER MAIS NADA DENTRO DELA. PENSA NUM LAXANTE PODEROSO!!!!

E SE EU NÃO DER ESPAÇO PRA ELA CAGAR NAQUELE MOMENTO, QUE TIPO DE AMIGA QUE EU SOU?


E SE EU NÃO OUVIR A MESMA COISA QUE ELA ESTÁ CANSADA DE VIVER MAS NÃO QUER FAZER ABSOLUTAMENTE NADA A RESPEITO, QUE TIPO DE AMIGA EU SOU? 


Por que uma pessoa  vomitar tudo em cima de você sem pedir sua permissão é aceitável, porém se você dar sua opinião em cima do que está sendo vomitado em você  é falta de educação?

Quem estabeleceu essa regra?

Essa regra só beneficia quem vomita, não quem é vomitado. Ambos precisam sair ganhando. 


Ok Gisley, como eu saio dessa teia de aranha? Simplesmente pergunte o que a pessoa quer com aquilo ali. Qual é o resultado desejado dela.


- se a pessoa não é negativa e reclamona por natureza, e a amizade de vocês é bacana, você analisa se AGORA é um tempo adequado para você dar a sua amiga um ombro amigo, porém perguntando se ela apenas quer que alguém a ouça ou ela quer feedback. Se ela disser que quer feedback, pergunte o que é um bom feedback pra ela. ( Acredite, eu já caí nessa armadilha de dar um bom feedback segundo o meu parâmetro e o tiro saiu pela culatra!). Se o feedback dela é apenas validação e aplauso, cabe a você analisar se você é a pessoa adequada pra dar o que ela precisa. Eu já tive que dizer que naquele momento eu não era a pessoa ideal para dar aquilo que ela precisava. 


se a pessoa  é negativa e reclamona por natureza, e a amizade de vocês só existe porque você fica fazendo o papel de terapeuta gratuita, cabe a você decidir se essa "amizade" vale a pena(onde uma pessoa carrega o peso da frustração, vitimismo e negativismo da outra amiga e não pode se posicionar porque fazer posicionamento é dar pitaco). 

Exemplo: Chiquinha Tapioca  só quer ser ouvida. Ela quer falar das mesmas mazelas, mesmos problemas sempre. A vida dela é isso. Ela  não se toca do desrespeito e falta de consideração que ela tem com o tempo, a disponibilidade e boa vontade da outra pessoa. Chica Tapioca acha que é OBRIGAÇÃO da outra pessoa prover isso pra ela. 


Se você tem amizades Chiquinha Tapioca, algumas dicas: 

- Se ela perguntar se você pode falar, diga que não pode e vai entrar em contato com ela quando puder. Nessa altura do campeonato você já sabe que Chica Tapioca vai sugar muito seu tempo, então faça tudo que você precisa fazer se  optar por ouví-la. 

- Você pode dizer que só tem 5 minutos e HONRAR o tempo limite. Quando der 5 minutos diga que terá que ir. 

- Você pode dizer a Chiquinha que quer que ela pense em 3 soluções para aquele problema e aí vocês podem conversar mais a respeito em outra ocasião.

- Ou simplesmente você pode dizer a Chica Pioca que ela sempre quer falar sobre as mesmas coisas, coisas essas que ela sabe que não vão mudar. Você se sente desrespeitada e acha que ela não tem consideração com você e poderia perguntar o que poderia ser feito para que a amizade seja boa para ambas. Não sugira nada. Deixa ela pensar na solução. 


Se depois de tudo isso ela continuar reclamando, então fica claro que Chiquinha Tapioca não quer uma amizade com você. Apenas ter alguém pra desovar as frustrações. Terapeutas são pagos para lidar com as frustrações das pessoas. Se as pessoas não fizerem o que eles sugerirem, eles ainda são pagos no fim da sessão. Você e eu NÃO. 


Se você já teve um caso desse tipo, onde se posicionar fez de você o vilão da história, conte nos comentários como você reverteu essa situação. 


Grande abraço!


"Reclamar não é uma estratégia. Temos que lidar com o mundo tal como ele é, e não tal como gostaríamos que ele fosse."

Um comentário:

  1. É uma falta de educação tremenda quem age assim. Você se dispõe a ouvir e na intenção de ajuda emite um juízo de valor e a pessoa se ofende. Sei que muitos só querem ser ouvidos, mas quando se trata de amizade, você na verdade busca conselho. Se é só para despejar reclamações melhor buscar um terapeuta.

    Quando uma pessoa vem com a mesma reclamação, repetida vezes, e não faz nada para mudar, há claramente um caso de saúde mental em jogo. Falar não vai resolver, será apenas um paliativo. A pessoa voltará a fazer o que tanto é motivo da reclamação e do desabafo.

    Das duas uma: ou a gente ouve por misericórdia e fica bem com isso, ou dá um basta para nao adoecer junto. Em ambos os casos, é difícil.

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...