sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Coisas que eu só soube que era melhor no Brasil quando não morava mais lá! - parte 1

FONTE: PINTEREST


Que o Brasil tem seus altos e baixos todos nós sabemos, porém às vezes o deslumbramento com o que é "importado" não nos deixa reconhecer o que a gente tem de tão atraente como nação. Compartilho agora a primeira parte dessa série aqui. 


Humor - O Brasil é divertido, engraçado, simpático. Só que eu não dei conta até viajar pro exterior. Uma pessoa dividiu a experiência dela  comigo na primeira ida aos EUA. Ela disse: "eu vi o que você disse. Já no primeiro aeroporto que desembarquei eu senti a frieza. A falta de vida. Cada um no seu quadrado. Ninguém se cumprimenta, tem uma conversinha. As pessoas andam e sentam longe umas das outras que é para não incomodar e não serem incomodados.Sei lá, é tudo tão robótico." 

A razão pela qual eu preciso falar do nosso humor é porque ele conquista territórios internacionais. Nós somos bons em quebrar o gelo. Isso é uma coisa da qual eu tenho muito orgulho. O nosso humor tem Sazon, meu povo! 

FONTE: GIPHY




Frutas no café da manhã - Não apenas as frutas, mas os sucos, feitos na hora, caseiro, cedinho de manhã. Elas fazem toda a diferença além de deixar a mesa mais bonita. Dá um aspecto saudável e dá mais vontade de sentar e levar o tempo que for necessário para apreciar a refeição. 



O fácil acesso de transporte coletivo - De ônibus à topics(peruas), se você mora numa cidade grande, há várias linhas de transporte coletivo que passam de 15 em 15 minutos, às vezes em tempo recorde. Jamais pensei que sentiria falta daquela "sardinha enlatada" ( de tão acochado que era) até ter que morar numa cidade como Jacksonville(cidade mais populosa do estado da Flórida) e ter o ônibus passando a cada 45 minutos DURANTE A SEMANA!!! 

Essa facilidade de ir e vir à um shopping, uma livraria, encontrar com uma amiga em um lugar para almoçar fez muita falta. 

Se você mora( ou morou) no exterior, divide com a gente nos comentários o que mais sentiu falta do Brasil! 



26 comentários:

  1. Já ouvi falar muito dessa frieza, aquela velha coisa de não invadir o espaço do outro, mas tenho a impressão de que quando se faz amizades essas são bem mais profundas e duradouras. É só uma impressão. Vejo que aqui no Brasil fazemos amizades rapidamente , até com quem está na fila do ônibus, mas não se criam laços com facilidade.
    Tô na expectativa dos próximos posts. Bjuu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Dani linda! Aqui no Sul dos EUA eles são bem mais sociáveis, muito parecido como a gente no Nordeste, porém é essa coisa de ser muito fogo de palha. Não dura muito não rsrsrs! Beijos. Eu tb acredito que a gente é simpático mas ao mesmo tempo damos muita informação da nossa vida para pessoas que mal conhecemos rsrsrs!!! Beijos!

      Excluir
    2. Eu comecei a me policiar quanto isso. No mundo de hoje não podemos ser mais ingênuos quanto à bondade das pessoas. Eu falo pelos cotovelos rsrs, mas agora é esparadrapo nos cotovelos rsrs. Bjuu!

      Excluir
  2. Oi querida!
    Continuo morando no Brasil, mas concordo com você, realmente somos um povo carismático. Minhas sobrinhas são do Japão, estão no Brasil a um tempo. Uma voltou porque casou e a outra vai voltar em dezembro ou janeiro. Ficaram 10 anos aqui e a que já voltou, estranhou um pouco a terra natal, pois o Brasil, apezar dos seus grandes problemas, tem um povo muito querido e sim, várias facilidades que só se dá valor depois que vai embora.
    Um beijo pra você e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cida, você acredita que meus amigos estrangeiros que visitaram o Brasil tiveram a mesma experiência das japonesas quando voltaram? Uns deles até choraram... E pra eu explicar o que era saudade para eles em inglês foi difícil, porque saudade só existe no Brasil!

      Excluir
  3. Cida, esse aconchego e carisma é muito comum no nosso povo. Recebemos um americano uma vez( quando eu ainda morava no Brasil) e quando ele voltou, a mãe dele nos mandou um cartão p agradecendo tudo que fizemos por ele, que ela tinha ficado estarrecida como todos nós cancelamos nossos planos qdo soubemos que ele tinha ficado doente e desidratado, que ele foi tratado como um rei, como se fosse um membro da família.
    Eu ainda não vi isso por aqui. O nosso povo tem dessas coisas que a gente acha "que não conta" até que a gente sai e vê que essas regalias não se fazem presente em todos os lugares que visitamos. Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Gostei de saber, vamos valorizar rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Aqui na Finlândia tem onibus a cada duas horas dependendo do bairro mas o que é foda é que quando neva, tem pontos que não tem cobertura D:
    A Bela, não a Fera | A Bela, não a Fera no Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, a cada 2 horas??? Menina, tu é guerreira hein??? Gente que barra essa de pegar ônibus na neve!!! Nossa!!! E a gente no Brasil reclamando "de barriga cheia", rs!!!

      Excluir
  6. Adorei o post. Acho que eu sempre reconheci e valorizei a simpatia do brasileiro, mas é claro que quando você mora fora, isso toma outra proporção. Somos de fato um povo aberto, acolhedor. Agora essa do transporte público eu ri aqui, porque realmente, nos EUA, tirando ny, san francisco e chicago, meio que não existe, né? Uma amiga americana está aqui em casa essa semana e ta assim, absurdada com o transporte público suíço. E no geral nas cidades de médio porte (e maiores) na Europa, o transporte da um pau no transporte paulistano, por exemplo.
    Quero ver os próximos posts haha!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Gabi! Realmente, tirando as grandes cidades turísticas, não ter carro nos EUA é semelhante a não ter pernas. A parte 2 saiu hoje! Bjos :)

      Excluir
  7. Olá Gisley
    Verdade, temos muitos problemas (muitosss), mas esse calor humano e aconchego é nosso e é bem difícil encontrar em outros países...
    Em outros países tudo é muito objetivo e direto... e aqui não (grande maioria)
    Beijos
    Adriana Alves
    www.viagenssaboresetc.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, você foi em cima! Nos outros lugares é comum essa preferência pelo objetivo e direto, mesmo que seja seco, eles preferem assim. Igual ao nosso aconchego não há!
      Beijos!

      Excluir
  8. Olha que coincidência: a Leticia, do sundaysun.wordpress.com, mencionou isso no último post dela! Brasil tem reduzido cada vez mais o número de fumantes e já foi chamado de história de sucesso no combate ao cigarro. Tem até o link pra uma reportagem sobre isso no post dela. É pra ter orgulho, né? ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e como! O nosso povo gosta de se cuidar muito! E não falo só de vaidade não e sim de saúde! Eu fiquei escandalizada quando vim para cá, as pessoas novas, que não tinham histórico de diabetes na família, diziam abertamente que tinham diabetes como alguém diz que tem rinite no Brasil. Eu fiquei sem reação rsrsrs!!!!!!!!!!!

      Excluir
  9. Fruta com sabor de fruta! Aqui eu desisti de comer certas frutas - mangas, morango, goiaba - porque não tem gosto absolutamente de nada! São lindas, mas sem sabor.
    E falando em fruta assim que chego TENHO QUE COMER maracujá! Aqui tem só aqueles roxos e são TRES DÓLARES CADA UM!!! Falo que sinal de riqueza aqui na Califórnia é fazer mousse de maracujá ou suco pra alguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. porque não tem gosto absolutamente de nada! ... Menina, a pêra então.... Uma dureza! Nunca vi. Eu corto em pedacinhos e coloca 1 minuto no microondas para amolecer, você acredita? kkkkkkkkkk!!!! Marido adora mousse, de todas as frutas e sabores. O suco ele é gamadinho no de graviola!

      Excluir
  10. Nossa. Precisou você se mudar pra perceber tudo isso. Creio que somos assim mesmos: só damos valor ao que perdemos. Acredito que não conseguiria abrir mão do arroz e feijão pelos fastfoods daí.

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emerson, aqui eles tem arroz e feijão, mas nada como o nosso! A nossa comida é bem mais leve do que a comida caseira deles. O que ajuda é que há muitos restaurantes latinos e brasileiros , o que facilita a saudade daquele bom prato do Brasil.

      Excluir
  11. Olá Gisley tudo bem???


    Adorei seu post!

    Aqui em Portugal não posso reclamar do transporte público, mas confesso que sinto falta da comida brasileira (na minha opinião é a melhor do mundo)...


    Beijinhos;
    Débora.
    https://derbymotta.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Débora, não apenas a comida mas o nosso café não tem pra ninguém! Fato!!!
      Beijos!

      Excluir
  12. Nossaaaaa, quarenta e cinco minutos por um ônibus!!

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então.... não é de Deus esses 45 minutos!!! kkkkkkkkkkk!

      Excluir
  13. O humor e comunicação sei que somos bons. não sabia dessa de não ter suco no café da manhã e onibus em poucos horários.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Micha, geralmente, se há sucos são aqueles de caixa de laranja, mas nada se comparado aos que a gente tem no Brasil. Aqui se você não tem carro, você não tem perna rsrsrs!

      Excluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...