sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Esse ano,fui do contra mesmo!



 E fui super feliz.Jamais pensei que simplicidade faria o meu dia muito melhor.Esse ano eu optei por um Valetine’s pra lá de diferente, mas principalmente porque eu queria que o nosso dia fosse regado à sossego.


Então nesse ano não rolou presente,nem restaurante e nem cinema. O primeiro porque temos metas financeiras que queremos atingir antes do final do ano.Agora que trabalhamos com consultoria nessa área, vemos o quanto é tentador ser imediatista, comprar aquele presente e lá na frente aparece uma oportunidade com melhores opções, bem mais em conta, mas o casal gastou dinheiro “com bobagem”. Sim, eu já me vi assim! Aí apareceu um pacote de viagem legal ou uma atividade que a gente queria fazer há muito tempo, mas...tínhamos que deixar passar.


O segundo porque não é assim tão romântico como é mostrado nos filmes.O dia dos namorados todos os restaurantes estão lotados. Em Jacksonville, a espera é em torno de 45min e 1 hora,a na maioria das vezes, não tem lugar pra todo mundo sentar.Detalhe,alguns restaurantes não deixam você fazer reserva porque eles não querem lidar com clientes mal humorados.Nos primeiros anos por aqui não incomodava, mas depois começou a nos cansar.

Aí você fica vendo a cara dos casais impacientes, e o que acontece com você? Começa a ficar impaciente tb. Aí o que acontece? Perguntas desse tipo começam a pipocar:

-Meu Deus, porque eles não tem mais gente trabalhando hoje aqui?

- Porque ninguém sabe dar uma informação concreta?

- Porque aquele casal chegou depois da gente e já conseguiu uma mesa?

- Será que eu sento hoje?

- Porque eu não fui pra restaurante Y? Aposto que lá não tá essa loucura toda.


E quando o povo ao invés de ficar conversando com a(o) namorada(o),noiva(o),esposa(o), fica com a cara no celular, mandando mensagem ou no facebook? Lindo ...


E as fluorescentes com cara de nojinho olhando umas para as outras, comparando roupa, vestido, cabelo? Decadente...


Quando finalmente o casal senta, não vê a hora de pedir a comida .Afinal, já estão com fome, esperaram tanto tempo que querem a sensação de alívio imediato.E o que dizer do barulho  da música alta e a conversa nas outras mesas? Ninguém escuta ninguém.Agora eles querem comer rápido porque querem sair dali.Querem conversar mais não pode, pois não há como ouvir um ao outro a não ser  quase gritando.


Cinema, outra filinha, mais espera.Outro lugarzinho lotado e o casal vai ter que lidar com gente malinha no telefone, mandando torpedo ou chutando o assento deles.Não é à toa que alguns dias dos namorados termina em grande frustração para o casal.Eu conheço um casal que em datas comemorativas, eles não vão pra restaurante/cinema de jeito nenhum por causa da descrição acima.


Esse ano eu decidi fazer algo especial de casa mesmo , e meu Deus, como valeu a pena! Pude conversar, pode ouvir uma música boa do meu gosto.O cardápio seguiu com pão de alho, pasta carbonara e mousse de limão p/ não deixar o estômago tão pesado. Rolou dois filmes depois disso, no conforto da nossa casa.Pudemos usar o banheiro sem preocupações.Ninguém precisou ficar se prendendo.Não tivemos que esperar por fila.Não tivemos que lidar com gente chata ou impaciente.Não lidamos com trânsito caótico ou falta de vaga no estacionamento.


Marido ficou preocupado porque não teve tempo pra comprar nada.Eu disse à ele que o melhor presente que poderíamos nos dar esse ano era perspectiva.Tem que sacrificar agora se a gente quer luxar lá na frente. A gente sabia que dinheiro não era problema, mas o gasto nos colocaria mais longe das nossas metas.


E como a Débora falou no post dela: dia dos namorados tem que ser todos os dias.As pessoas não podem medir amor alheio por uma data comercial.Não é justo com você, com o outro e nem com relacionamento.Eu conheço gente[caso de família, aqui e no BR] que se não gastar, se não dizer que fez isso ou aquilo[para mostrar para os outros] morre.É melhor se endividar,viver uma vida que não é a dela(e) do que ser realista e ter paz, porque a pessoa "não pode ficar por baixo".


Valeu a pena remar contra maré.Nunca me diverti tanto.
Tive as regalias sem as dores de cabeça.

E me diga, pra quê melhor? 

FONTE:GOOGLE



24 comentários:

  1. Quer coisa mais gostosa de que celebracao a dois juntinhos no home sweet home? So lar doce lar mesmo :-) Aqui tambem, husband chegou mais cedo do trabalho pra preparar o jantar. xxx

    ResponderExcluir
  2. Aqui em casa também foi assim! Eu decorei, cozinhei, quando ele chegou nós jantamos à luz de velas, conversando, depois assistimos um filme e fomos dormir! Não tem nada melhor que isso!! Detesto filas e espera, faço qualquer coisa pra não encarar um lugar barulhento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Aqui somos como o casal que você conhece: nunca mais saímos no Dia dos Namorados no Brasil e aqui não foi diferente no nosso primeiro Valentine's. Cansamos de fila, depois de uns 3 anos. HOje, com 18 anos de "namoro", ficamos em casa. Mas, sem perder o romance. Comidinha especial, essas coisas. Ah! E sabe o que ganhei de presente? Um aspirador de pó! kkkk. Mas, era disso que a gente estava precisando, então, foi isso que nós nos demos. Quando as coisas melhorarem, sei que pode rolar coisa mais adequada. Por enquanto, ná dá, mas não sofro - o amor vale a pena!
    Beijnhos!

    ResponderExcluir
  4. Gi, é por isso que nós fomos na véspera, ahahhaha, essa é uma boa idéia nao?

    Saimos na quarta para jantar, num restaurante delicioso e vazio porque todo mundo estava esperando o dia seguinte, rs.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Não creio que você foi do contra. Você foi a favor. A favor de um tempo de qualidade com o seu marido, a favor de manter um planejamento e a favor do romantismo. Continue assim.
    Desde quando começamos a namorar, acho que só fomos a um restaurante no Valentine's day uma vez pra nunca mais. A experiência é totalmente oposta do que se espera. Gente mal-humorada, correria, e cansaço.
    Sempre fazemos um jantar gostoso em casa, assistimos um filme bem água com açúcar na TV e até mesmo os nossos cartões utilizamos a nossa criatividade e fazemos um para o outro. E são dias bem gostosos onde relembramos o quão importante somos um para o outro e não nos deixamos contaminar pelo consumismo louco deste país.
    Fico feliz que tenha tido um dia tão especial com o seu marido, que Deus continue abençoando a vida de vocês!

    ResponderExcluir
  6. Eu e meu esposo temos muito disto, trocamos declarações e mimos especiais sempre que sentimos vontade em dias nada convencionais, sabe em plena segunda feira, ou em umfim de semana qualquer. Ontem mesmo pra gente foi um dia bem comum, com boa comida, companheirismo e o amor de sempre

    ResponderExcluir
  7. Adorei seu post Gisley...e vc tem toda razão.
    Me identifiquei muito quando vc citou a parte do restaurante..é exatamente isso que aconteceu comigo e com meu marido no dias dos namorados passado. Ri muito na parte das perguntas enquanto se espera uma mesa...muito real isso!
    E também está certa: temos que namorar todos os dias, cultivar o amor o ano todo e não apenas num dia só.
    Adorei passar por aqui.
    Bjs e um findi mega abençoado ♥

    ResponderExcluir
  8. Gisley, concordo com você quando diz que o melhor presente esse ano foi essa perspectiva de vocês dois!
    Ainda não tive a oportunidade de comemorar meu Valentine's day por aí, mas depois de ler 'a verdade nua e crua' farei questao de tirar alguns programas da lista! Nunca antes tinha parado pra pensar que sair pra comemorar nao é como mostram nos filmes. A melhor coisa realmente é ficar no conforto da sua casa e ter as regalias que merece. Ótimo post! Beijao

    ResponderExcluir
  9. antes de tudo: que saudade que eu estava dos seus posts hihihi :)
    concordo plenamente com você, datas especiais não devem ser comemoradas apenas em dias estipulados, mas sim todos os dias, não com presentes caros e etc., mas sim com pequenos detalhes que fazem toda a diferença na relação!
    menos é mais, a simplicidade faz a diferença!
    beijão!

    ResponderExcluir
  10. Ah, eu detesto essa "obrigatoriedade" de ter de fazer coisa x ou coisa Y em determinadas datas. Como eu e marido somos brasileiros, a data não é tão viva assim, mas como estamos por aqui, sempre damos um jeitinho de celebrar. A data caiu numa quinta, o que por si já é meio cansativo, imagina depois de 12hs de trabalho? Mas fizemos algo especial, compramos comida em um lugar que gostamos, alugamos um filme, compramos uma sobremesa que adoramos e voltamos para casa. Pela primeira vez em meses assistimos The big bang juntos (adoramos esse programa, mas temos chegado tarde em casa), assistimos o filme e fomos fazer algo importante para o nosso futuro- ajeitar a papelada para o fellow. Fizemos uma oração bem bonita, bem forte, mais do que o normal, sabe? E eu gostei muito.

    Quanto aos seus objetivos financeiros, eu concordo muito com você. Sempre fiz isso, mas ganhei apelidos de mão de vaca. É que para mim ganhar uma jóia agora não faz sentido, se eu sei que marido vai gastar bastante dinheiro com viagens esse ano. E as viagens são muito importantes para nosso futuro. E eu ainda resolvi quebrar o computador dele que não teve conserto e tivemos que comprar outro...então, eu acho que o ideal é você se sentir confortável e eu me sinto confortável sabendo que temos dinheiro para bancar os extras importantes para gente, mas do que ganhar flores e rosas.
    Ps: Um dia você bem que poderia falar mais um pouquinho do seu trabalho. Estou pensando em tomar uns cursos de educação financeira, pois quando marido virar médico mesmo, queremos investir o dinheiro de forma saudável :)

    ResponderExcluir
  11. eu sou meio chatona com datas comemorativas.. acho que nao devia ter dia das mães, dos pais, dos namorados, do raio ke o parta.. dia de mãe, de namorado, de pai e assim por diante é tooooooooooooooooooodo dia.. afinal se vc ke é mãe consegue ficar um dia sem cuidar das crias? Então a gente tem ke dar valor mesmo todos os dias... bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderExcluir
  12. Nossa, fazia tempo que eu nao passava por aqui, tava com saudades :-)

    Bom, eu confesso que sinto pena do casal que espera datas especiais pra presentear, pra curtir junto, mais pena ainda de quem faz todo um carnaval pra ostentar presentes como se isso fosse prova de amor eterno. :-(

    Aqui foi maaaais um dia, mais um dia que jantamos os tres juntos, que colocamos nosso filho na cama e ficamos de namorico. Foi mais um dia que agradeci a Deus por minha familia e dormi abracada pelo homem que eu amo.

    Valentine's day tem que ser todo dia, uma vez por ano nao vale, eh como so lembrar de Jesus nos feriados Cristaos.

    Beijocaa querida.

    ResponderExcluir
  13. É bem por aí mesmo Gisley, o glamour fica só nos filmes e parece que vc descreveu o meu valentines, fomos jantar fora e quando cheguei no restaurante caí da cadeira quando fui sentar(olha o glamour) atendimento péssimo, loves mudo de tanta fome, eu querendo bater no gerente, enfim mto diferente do que a gente vê nos filmes.
    É otimo comemorar mas isso não precisa ser num restaurante e nem num hotel 5 estrelas o que vale é a sintonia entre o casal, eu quebrei a tradição na comemoração do natal e não me arrependo nem um pouco :)
    Bjos e otimo final de semana

    ResponderExcluir
  14. Eu também comemorei no aconchego do meu lar e foi muito bom!
    Chocolates, comida gostosa e um filminho legal!

    Em junho vamos comemorar de novo e como será verão, já temos algumas ideias para deixar o dia mais agitado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Gisley, aqui eu cheguei do trabalho, ainda fui pra academia, marido trabalhou até mais tarde, trouxe um vinho, fizemos uma jantinha supimpa e trocamos cartões. O dia dos namorados é 3 dias depois do niver dele, ainda tenho baloes pendurados pela casa. Acho que foi tão mais gostoso assim. To contigo sobre isso.

    ResponderExcluir
  16. Olá, querida Gisley
    Que bom ver post assim de simplicidade e verdade...
    To voltando das férias...
    Bjm de paz e alegria

    ResponderExcluir
  17. Voce foi do contra nao Gisley, voce foi a favor de voces mesmo. Eu acho que em qualquer lugar onde e comemorado o Valentine`s Day, esse dia acaba sendo um daqueles poucos no ano onde o melhor e ficar em casa. E tem nada melhor que fazer o jantar a dois e curtir a casinha de voces na maior tranquilidade.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Faz tempo que eu ando do contra Gisley.
    No incio do namoro eu fazia questão de comemorar com presente essa data e natal. Mas de uns anos pra cá, tanto eu, quanto o Calle percebemos que nem merece essa atencão toda. Não significa que precisa passar despercebido, mas tb não precisamos de presente, jantar em restaurante fancy. Então de alguns anos pra cá, as únicas datas que realmente celebramos são os nossos aniversários (pq realmente merece atencão especial!!!) e aniversário de casamento, que costumamos viajar para algum lugar! E assim o restante da comercializacão, não passa despercebido, mas tb não colocamos tanto foco, afinal o dia-a-dia é que conta, não é mesmo???

    ResponderExcluir
  19. Aplaudo muito! Nossa, detesto lugares cheios onde as pessoas vão "porque é a data x e não pode passar em branco" sendo que só acabam se incomodando.

    ResponderExcluir
  20. Ta certo, Gi! Aqui foi do mesmo jeito, dia dos namorados estavamos na academia, malhando... ele tentando recuperar os musculos e eu tentando perder gordura localizada... p q a natureza eh tao injusta com a mulher?! kkkkkkkkkk A mlr ta sempre tentando perder gordura!!! Que odio!!! kkkkkkkkkkkk Mas foi isso... sem sair, sem presente, sem nada... sem presente, minto, a pouco tempo atras marido comprou oculos novos de grau pra mim, foi uma necessidade... mas eu considerei o presente, e foi um presente muito bom! Resolvemos nao sair tb pra nao gastar £, pois estamos naquela fase dificil, onde so o marido trabalha, o £ fica mais curto, e eu pensei a mesma coisa... restaurantes lotados, comida mais cara que o normal, etc... nao compensa!!! Eh bom abrir mao de certas coisas desnecessarias pra adiquirir coisas bem mais importantes no futuro! Bjssss... :*

    ResponderExcluir
  21. Gi,
    Estas sacadas da maturidade são excelentes. Só uma jornada pé-no-chão para nos dar os pesos e as medidas corretas.
    Acho importante celebrar datas especiais, mas que a celebração não extrapole as possibilidades, inclusive as financeiras.
    Sua celebração foi super em sintonia com o momento de vida de vocês.
    Way to go and lots of love on the way!!!
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
  22. Oi Gisley.
    Acho que você agiram certinho.
    É muito melhor ficar juntinhos e tranquilos do que se estressar em uma data em que a comemoração do casal deveria ser o principal.
    Restaurante lotado, fila, um horror... Eu fujo disso.
    Bjs.
    Elvira
    http://evipensieri.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  23. É isso aí, tem gente que só quer se mostrar. O melhor é ser feliz e curtir o momento.

    ResponderExcluir
  24. Gisley, obrigado por me escutar. Estou te convidando para recceber o seu Cartão de Credito/Debito MasterCard Internacional de ganhos elevados em MMN s/ mensalidades. Registro gratuito no site http://uprivatebanking.com/soma

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...