quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Top Top - Outubro

Olá gente, querida! Estou iniciando um novo quadro no blog[ para variar!!!] chamado Top Top.Ele consiste em compartilhar com vocês textos/vídeos que marcaram o meu outubro.

Eles não são posts que foram necessariamente publicados no mês de outubro de 2012, mas são os textos que me chamaram atenção. Todo fim de mês vou estar soltando uma coletânea dos melhores. 

FONTE/SOURCE:GOOGLE

E nesse mês o TOP TOP  vai para os seguintes blogueiros e textos/vídeos:


Ka.Entre.Nós( KarineSmith)- Jogando a toalha

 




 
 
O quadro está aberto para quem quiser participar.Só peço que me avisem quando postarem os seus melhores de outubro para que eu possa ir conferir os textos também. 

Em breve trarei novidades!!!

 

sábado, 27 de outubro de 2012

Frase da semana

"Busque oportunidade e não segurança. Um barco no porto está seguro, mas com o tempo o fundo vai apodrecer."
S. Brown

 

FONTE/SOURCE: WEHEARTIT.COM

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Conteúdo aprovadíssimo

Quem passa, visita,acompanha, apenas lê ou comenta por aqui sabe do meu compromisso com vocês de fazer desse lugar algo divertido,prazeroso de ler e ao mesmo tempo um lugar onde vocês são desafiados e encorajados à crescer como pessoas cada vez mais.

Quando alguém tira tempo para ler um blog, eu levo isso à sério.Levo porque também sou leitora e sei o tempo que demanda.Bom gente,a  fofa da Monique decidiu me presentar com o selo Prêmio Dardos.Esse selo carrega um grande privilégio atrelado à uma grande responsabilidade.  

O propósito do selo:



"Segundo o seu criador, o Prêmio Dardo destina-se a “reconhecer os valores demonstrados por cada blogueiro diariamente durante seu empenho na transmissão de valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., demonstrando, em suma, a sua criatividade por meio do seu pensamento vivo que permanece inato entre as suas palavras”.

Quero agradecer à todos que passam por aqui.Esse selo é nosso, galera! Sim, nosso! Vocês sempre trazem à tona algo que eu possa escrever ou uma idéia que eu possa desenvolver seja através de um post, um comentário, um e-mail ou sugestão. 



E quem vai levar para casa são os seguintes blogs [ esses sabem fazer ao vivo]:












terça-feira, 23 de outubro de 2012

Episódio de hoje: Hierarquia- parte 2

Para conferir a primeira parte, clique aqui

Estávamos nos ajeitando para ir dormir.Coloquei o Turbo na cama dele e ele gosta quando eu fico acariciando-o porque ele fica super hyper antes de dormir.Quando o pet estava caindo no sono....

M:Mas olha, ela coloca o Turbo pra dormir, fica acariciando ele, mas o big ka-show-who*[ele mesmo] que é bom, nada né?
 G: Valha, eu lá sabia que tu gostava de ser acariciado antes de dormir?
M: I do. Pet me! 
G: Porque você gosta de ser acariciado?
M: Porque é bom, acalma os nervos.
G:?! kkkkkkkkkkkkk!!!

Agora quando sentamos para assistir filme é uma verdadeira competição para ver quem vai ganhar carinho da fêmea:

Se o cachorro vem e indica que quer um chamego, o big ka-show-who pede para eu ficar assim com ele tb.

 Quando eu estou acariciando o big ka-show-who, o Turbo coloca a cabeça debaixo da minha mão.

Agora é uma mão no cachorrão e a outra no cachorrinho.

Como o negócio está tão acirrado, vou começar a fazer chantagem dos dois lados ou trocar favores daqui pra frente. Hahahaha!

FONTE/SOURCE:GOOGLE


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O que não me pertence.

Gente, hoje é um post daqueles.Not your typical Friday post. Talvez seja um assunto muito batido,mas vou falar mesmo assim para que outras pessoas entendam também.Elas podem ser novas na área e lidam com o mesmo problema.

Gente, o que é amizade hoje em dia?Como é que você define um bom amigo? Não estou dizendo que tem que ser perfeito, mas amigo pra mim é alguém que tá ali para o que der e vier.Esses dias andei descobrindo quem eles realmente são.A lista de convidados do meu aniversário[em janeiro de 2013] sofrerá muitos cortes.Na verdade nunca sei com quem vou passar o Natal, o Ano Novo e meu aniversário.Isso costumava me incomodar bastante, agora não me abala.Para falar a verdade até  gosto, significa que estou conhecendo pessoas diferentes.

Eu detesto aquelas pessoas que parecem que estão no piloto automático.Eles dizem, mas não sabem fazer ao vivo,ou como eles dizem em inglês: Overpromised, underdelivered.A agenda é mais importante, às vezes a mentira é mais importante.Estou começando a acreditar que na Flórida[deveria dizer no Sul?!] a falsidade é um estilo de vida. Tem que ser porque as pessoas mentem por tão pouco que chega a ser ridículo!Fingem ser uma coisa na sua frente e depois te alfinetam pelas costas.Sinceramente, não tenho tempo pra isso.O engraçado é quando você pega o indivíduo na mentira, eles ficam com raiva, todos defensivos e acham que você é que é o problema.Santa negação!

O diretor da empresa em que trabalho é de New Jersey e ele disse abertamente nos treinos que achava a coisa mais estúpida do mundo quando alguém fazia alguma coisa de errado e ninguém fazia essa pessoa ser honesta consigo mesma.Ele disse:

 "Ora,não disse que ia fazer? Não prometeu? Então seja honesto consigo mesmo e não espere que as pessoas passe a mão na sua cabeça. Se você é do tipo de pessoa que quer que os outros te façam se sentir constantemente bem e passar a mão na sua cabeça, você não dá pra trabalhar pra mim. Porque eu faço os meus líderes, supervisores e funcionários se sentirem desconfortáveis.Uma pessoa que só gosta da zona de conforto já estagnou na vida. Desconforto é a plataforma para o crescimento."

Uma pessoa que mora na minha rua estava super interessada em saber como ele poderia trabalhar para a minha empresa.Ajeitei tudo pra ele.Furou 6 vezes.Quando eu batia na porta dele, ele e a mulher em casa e nenhum abriam a porta.Sim, várias vezes deixava eu e o meu esposo do lado de fora.Meu marido viu ele no quintal uma vez e ficou batendo na porta e ele não abriu.

Detalhe, quando vinham aqui em casa traziam comida, traziam até treats pro meu cachorro meu povo! Teve uma vez que eles trouxeram uma caixa de treats pro Turbo.Como é que alguém muda da água pro vinho assim? 

Será que eles são programados? Será que essa hospitalidade é de piloto automático? E o que dizer das pessoas que me disseram: 

"Olha,qualquer coisa estamos aqui.É só ligar.Se precisar, é só avisar!" 

Eu não sei vocês, mas eu sou do tipo da pessoa que põe as palavras dos outros à teste.Não pra ser má, mas porque eu acho que eu não deveria ter que ficar me perguntando: quando ela(e) disse isso, será que ele quis dizer isso ou aquilo? Se a pessoa não vai fazer,não quer fazer, então não diga.Precisei da ajuda de pessoas ditas amigas, que me amam e que na coisa mais simples do mundo não podem me ajudar.Aliás, até podem, mas não querem. Eu acho que no Sul eles deveriam dizer:

"Se você precisar de alguma coisa, pode ligar, contanto que não seja inconviente para a minha agenda."

E outra, eles dizem que não pode, que isso ou aquilo mas geralmente terminam com a frase:"Mas espero que você alcance seu objetivo", " mas espero que alguém apareça para lhe dar uma ajuda". Gente, na boa, quando eu escuto essas coisas, me dá vontade de falar palavrão, mas que tipo de amigo é esse, pelo amordi? 

Para mim a tradução é assim: "eu não quero essa batata quente no meu colo mas espero que alguém pegue porque eu não quero ser a pessoa que deixou a batata cair no chão".

Eu tenho um amigo nova-iorquino que não tem muitos amigos, mas ao mesmo tempo eu gosto muito dele porque eu sei onde estou pisando.Quando eu peço algo à ele e ele não quer fazer ele diz: Ah, faço não Taí,mas não faço de jeito nenhum.Não conte comigo pra isso, vou nem lhe enganar! Já os sulistas vão dizer que não pode, que estão ocupados, que tem outras coisas, que outra coisa apareceu em cima da hora, etc.Isso sem contar quando eles simplesmente acham que não tem problema nenhum não retornar sua ligação ou textmessage.Não sabe o que dizer?Simplesmente não responde.Onde já se viu?

O nova-iorquino fala as verdades mas aguenta também. Com os sulistas é assim: se eles falam, é sinceridade. Se você fala, é grosseria, tá forçando a barra.Eu achava que esse problema era só comigo mas fui on-line e descobri um bocado de gente do Norte/Nordeste do país que veio pra cá e não consegue entender esse jeito deles.

Se o meu marido for desse mundo primeiro que eu, já decidi. Estou deixando o Sul de vez, porque esse estilo de vida no piloto automático definitivamente não me pertence.

FONTE/SOURCE:GOOGLE 


Se você mora/morou no Sul/Sudeste dos EUA e viveu algo parecido ou está vivendo, conta aí pra gente.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Frase da semana

"O covarde nunca começa.
 O preguiçoso nunca termina.
 O guerreiro? 
 Nunca desiste."

[Frase de abertura da Convenção dos Milionários em Treino- Orlando, Flórida].


FONTE/SOURCEl GOOGLE

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Você se casaria com você mesmo?

Oie gente,hoje venho trazer um texto que achei super interessante, de auto-análise para todos nós.Muitas vezes tentamos mudar o outro ou só olhar para o defeito do(a) esposo(a). E quanto à gente? Será que não  é hora de olharmos para dentro de si? Como já dizia querida Sueyne, quando eu mudo, o outro muda também

Grande abraço!
Gisley Scott.

 

Texto extraído do blog Géssica Barradas - O blog do seu relacionamento.    

Publicação autorizada pela blogueira. 

Créditos: Géssica Barradas.

 

 

Você se casaria com você mesmo?


Você se queixa do seu relacionamento e do seu parceiro (a) constantemente?
Gostaria que você neste exato momento, parasse só um pouco e refletisse: Você se casaria com você mesmo? 

Quantas vezes você já parou para se auto-avaliar dessa forma? Vamos por parte. Primeiro: O que você entende sobre auto avaliação? O dicionário online Wikcionário diz que, auto-avaliar-se é fazer uma avaliação de si próprio, tanto no aspecto positivo, quanto no negativo, não omitindo aspectos importantes a respeito de sua forma de agir e pensar. E Agora? Ficou mais fácil responder se você já se auto avaliou antes?

Se soubéssemos a importância da auto avaliação na nossa vida pessoal e no relacionamento, faríamos uma diariamente. Verdade, diariamente. 

Costumamos a julgar a ação do nosso próximo, olhamos com muita facilidade a falha do outro, mas não temos a coragem de olhar para dentro de nós mesmos. Talvez o medo de descobrir seu verdadeiro Eu impeça tal ação.

"Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão." Mateus 7:1-5

Até a palavra (Bíblia sagrada) de Deus nos ensina que devemos nos auto-avaliar, não podemos ver os defeitos das outras pessoas e nem jugá-las, pois nós também somos seres humanos falhos. Devemos ter a sabedoria de nos corrigir para que, com testemunho de vida, consigamos ajudar o outro a ser melhor.

Você se casaria com você mesmo? 
A pergunta que não quer calar... Você seria um "bom partido" ao seu ver?
Quando nós estamos na face da paquera, tudo é diferente, você se torna a pessoa certa para o seu pretendente, pois você não quer perder aquele "bom partido". Faz coisas que até você mesmo dúvida ser capaz. Mas faz por sua conquista. O outro se torna algo importante e que você não mede esforços para conseguir conquistá-lo de uma vez por todas. 

Mas...
Isso tudo muda depois do casamento. Pois o que deveria ser eterno, passa a ser algo banal... A conquista diária. Me parece que as pessoas se dão por satisfeitas e por este motivo relaxam totalmente. Engordam, não têm o mesmo cuidado de se arrumar para o outro, se perfumar, moderar o tom da voz, investir em carinho e presentes, em cuidados... Simplesmente se largam... E em algumas situações isso acontece antes mesmo do casamento. 

E então, analisando o seu perfil, a sua educação, a sua condição financeira, a sua formação, seu comportamento, seu modo de se vestir, seu jeito de tratar as pessoas, seu corpo, seus cabelos, seu hálito, sua higiene, seu humor, sua inteligência, seus amigos, seus vícios, seu emprego, as suas unhas, seus dentes, sua autoestima,..., entre muitos aspectos que poderão ser analisados por você. 

Qual é a conclusão de sua análise?
Você se casaria com você mesmo?

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Pseudo experts

Estive pensando essa semana como o avaliar de serviços e produtos era feito mais na base pessoal, através de afirmações feitas por amigos, familiares, colegas de trabalho.
FONTE/SOURCE:GOOGLE
 
 
Hoje as coisas mudaram.Com o avanço da internet, qualquer coisa é checada on-line e é levada à sério, às vezes até demais.Lembro-me de conversar com alguém que me disse que conhecia um casal que só ia à um restaurante depois que checassem todas as reviews sobre ele on-line.Se o tal restaurante tivesse um comentário negativo, eles não iriam. Eu pensei: nossa, taí como são espertos! Mas depois que parei para analisar melhor, eu mudei de idéia.Porque? Porque aquela pessoa que fez o comentário bom ou ruim é uma pessoa estranha e cada pessoa vai à um lugar com expectativas diferentes porque as pessoas são diferentes.O que é bom pra mim pode não ser pra vc.Então pq eu deveria  basear a idéia que tenho sobre um restaurante/serviço ou estabelecimento na experiência de outrem?
 
Digo com toda sinceridade.Já fui à restaurantes com ótimos comentários cuja a experiência  foi terrível.Tb já tive experiência maravilhosa com restaurantes que tinham péssimos comentários.No mundo on-line, quem tem teclado é rei! Qualquer pessoa pode colocar uma má review porque é concorrente daquele estabelecimento, porque não gostava de trabalhar lá,porque foi demitido, porque não gosta do dono ou às vezes só por pirraça mesmo, pq deu chilique no restaurante/estabelecimento e não conseguiu o que quis.
 
Sim, eu conheço gente que já fez isso.Conheço gente que até ganha dinheiro com isso.Vejo esses tipos de trabalho oferecidos no Craigslist o tempo inteiro.Um amigo que trabalha com recrutamento viu um anúncio de uma pessoa procurando por emprego e o currículo dele parecia impecável.Trocaram alguns e-mails e marcaram um horário para uma possível entrevista.Bom, o candidato não apareceu e nem ligou.
 
Segue o diálogo do meu amigo e o candidato furão.
 
A: Oi fulano.Tá tudo bem?
C[em tom desinteressado]: Sim.
 
A: Marcamos de nos encontrar às[disse o horário] e você não compareceu.Você não é o tipo de pessoa que faz um compromisso e não aparece, é?
 
[detalhe: dentre as habilidades listadas no currículo do candidato era que ele tinha excelente habilidade de comunicação, determinado e responsável].
 
 
C: Bom, eu li algumas coisas a respeito da sua empresa na internet que achei de caráter duvidoso.
 
A: O que você acha de caráter duvidoso sobre a nossa empresa?
C: Eu li que vocês fazem isso e aquilo.
 
A: Entendo que você tenha lido isso, mas você acha que tem informação suficiente para dizer que a empresa tem caráter duvidoso quando você nem apareceu para uma entrevista e nem teve a consideração de ligar?
C:Não.
 
C:Gostaria que você me desse mais informação se não se importasse.
A:Isso é irrelevante agora.Você perdeu esse direito quando decidiu não comparecer à entrevista.Desejo a você o melhor na sua jornada profissional.Tenha uma boa noite!
 
C[todo murcho]: Obg... boa noite.
 
Essa pessoa perdeu uma excelente oportunidade de trabalhar para uma empresa com carreira promissora  e espaço para crescimento profissional porque foi pela cabeça dos outros.Ao invés de ir na página da empresa e ir no institucional, ele[como muitos fazem por aqui] decidiu ir procurar comentários sobre a empresa no google.
 
Esse candidato dotado de excelente habilidade de comunicação, determinado e responsável se revelou ser uma pessoa totalmente ignorante, maria vai com as outras e indolente.
 
A empresa maravilhosa.Candidato ler algo negativo.Perdeu uma oportunidade.
 
Meu amigo lê currículo impecável, candidato aparentemente qualificado.Uma furada em potencial.
 
Tá vendo como você não pode acreditar em tudo o que se lê?
 
Creio que a melhor forma ainda é ao vivo e a cores.Não tire conclusões baseadas na experiência do outro.A melhor experiência para contar é aquela que vivemos por nós mesmos.
 
 
"A experiência é necessária para saber-se qualquer coisa."- Sêneca.


segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Como ser um bom hóspede nos EUA

FONTE/SOURCE: GOOGLE

Sejamos sinceros.Quer você seja hóspede, quer você esteja hospedando,jogo de cintura é fundamental.Estamos acostumados com o nosso próprio sistema, porém quando vamos nos hospedar na casa de alguém, é necessário que tenhamos ética, respeitemos o espaço do outro e não nos tornemos um peso.Não importa se você irá passar um dia ou 2 semanas, você precisa ter em mente que quer ser um hóspede tão bom, daqueles que as portas sempre estarão abertas para você, caso deseje voltar à cidade ou país.Tenha em mente de querer ser sempre um hóspede mara e não mala!

Essas regras não se aplicam para todos os americanos e é baseado no que eu pessoalmente vivi e tb nas reclamações que ouvi de brasileiros e americanos em relação à hóspedes.Vale levar em consideração o aspecto cultural à sério para que não haja frustração de ambas as partes.

 #1 : Comunicação. O americano gosta das coisas às claras, bem-definidas e pré-estabelecidas.Nada de "ah não sei que horas vamos estar em tal local", "ainda não sabemos quanto dias ficaremos". Na visão deles isso significa que você não respeita apenas o espaço dele, mas também seu tempo e afazeres.Só porque você esteja vindo passar de férias, isso não significa que eles estão de férias tb. Por isso, seja claro, objetivo e decisivo.
 



 # 2: Pergunte as regras da casa. Isso pode parecer uma besteira para muitos, mas digo por experiência própria que entrei em cana porque nunca perguntei as regras e tb nunca me foi dito o que se esperava de mim.Ficou um ambiente muito chato e depois fiquei sabendo que a pessoa saiu falando de mim nas minhas costas.Como falei no começo do post, cada pessoa tem o seu sistema e às vezes como o hóspede não está acostumado com o sistema do host, pode acabar comentendo deslizes sem intenção nenhuma de ferir a família.Ele apenas não sabe que aquilo era um don't.Vá por mim, pergunte as regras sempre! Pergunte o que eles esperam de um hóspede, e quais são os do's  e don't s da casa.Isso vai fazer com que você ganhe pontos com eles.



#3:Não espere que seu host/hostess faça tudo por você. Se você veio passar um tempo na casa de um americano e espera que ele seja seu motorista[levar você para todos os lugares que você quer conhecer em 3 dias], guia turístico, cozinheiro, faxineiro, organizador de eventos, empregado, vai dançar feio.Ele não vai ter nenhum problema de você se servir, mas não espere que ele o faça.

Na visão do americano, se você quiser um lugar pra ficar, onde você não cozinha, onde você não lava sua roupa,você não levanta um dedo, deixa bagunça em todo canto e tudo é lhe dado de mão beijada, é pra um hotel que você tem que ir.

#4: Mantenha seu quarto limpo,organizado e de porta aberta.O lugar que te foi concedido deve sempre estar da mesma maneira como você encontrou.No Brasil a gente costuma a fechar a porta do quarto, mas aqui eles preferem que você deixe a porta aberta.


#5: Compre/traga/mande um presente ou um cartão para o seu host. Quando eu hospedei estrangeiros na minha casa, eles sempre traziam presentes para gente.Não era nada caro, mas era a forma deles dizerem: obg por confiar a sua casa à mim e me hospedar! Parece algo bobo, mas não é. Isso pode ser feito de várias maneiras:  

- Você pode trazer um presente[algo singelo]
- Se forem sair para jantar, pode dizer que é só uma conta e você pagar por isso.
- Vão pegar um filme na locadora? Pague pelo entretenimento. 
- Caso você esteja sem carro e eles estão te levando para conhecer os lugares, você pode se oferecer para dar uma help com a gasolina.
Procure saber do que eles gostam.O que importa é a intenção.


#6: Não traga gente estranha para a casa do seu host. Gente estranha não quer dizer gente que você conheceu no meio da rua, mas pessoas que são suas amigas mas seu host não as conhecem.Quer marcar de se encontrar e rever outros amigos na cidade? A melhor pedida é se encontrar em público, talvez em um restaurante, shopping center, ponto turístico, etc.



#7: Tenha consideração quando usar o banheiro. Caso você esteja dividindo o banheiro com outras pessoas, não se delonge no banho e quando for se arrumar, não ocupe o banheiro por muito tempo.Se for fazer #2, ascenda muitos fósforos.Sim, mata o fedido na hora!



#8: Seja uma pessoa organizada.Não deixe seus pertences espalhados pela casa.Saiu do quarto? Apague a luz. Entrou em casa? Tranque a porta.



#9: Não drene seu host. Não espere que ele vá lhe entreter do momento que você acordar até o momento que você for dormir.Dê espaço para que eles tb façam outras coisas ou descansem. 



#10: Não fique mais do que o tempo combinado. Se disse que iria ficar 2 dias, nada de ficar 3,4 ou 5.Lembre-se, aqui é outra cultura. Eles já programaram o que irão fazer ou o que terão que fazer quando você sair.



#11: Converse sobre os horários e saídas. Seus hosts vão te dar a chave da casa caso vocês cheguem tarde da noite? Eles dormem cedo? Eles acordam cedo? Eles acordam tarde e você precisa se levantar mais cedo? Você quer fazer uma programação com outros amigos na cidade? Quer fazer algo só pra você e esposo(a)? Faça questão de ter todos os pingos nos "i" quanto à esse assunto.



# 12: Seja cortês no uso do telefone e de internet. Nada de ficar altos papos no telefone ou varar a noite na internet ou na televisão, a não ser que eles não tenham problema com isso.

# 13:Respeite o estilo de vida do seu host. Se ninguém na casa fuma e você fuma, então fume lá fora. Se ninguém na casa bebe e você bebe, não traga bebida p/ casa do seu host, beba quando estiver turistando, mas não volte pra casa deles bêbado!



#14: Inclua seu host na programação/atividades: Não seja daquelas pessoas que só se lembra do fulano e do silcrano quando precisa de um lugar pra ficar.Além de grosseiro, é super deselegante. 



#15:Tenha expectativas realistas quanto à sua programação. Já passou o dia batendo perna? Seu host tá cansado? Então não mata ficar em casa.Tb tenha sensibilidade no quesito financeiro.Se você sabe que seu host tem um orçamento limitado, nada de extravagância.A última coisa que você quer é fazer com que o dono da casa se sinta mal ou inadequado.
Eu tive uma situação assim.Dois amigos estrangeiros queriam porque queriam andar de jetski na Lagoa do Banana.O dia estava chuvoso, terrível para dirigir, mas eu e minha família os levamos mesmo assim.O lugar era longe .Ajeitamos nossa agenda para melhor beneficiá-los e eles nem se quer contribuíram com a gasolina.Ficamos super chateados.Achei uma falta de educação só!


#16:Abra-se para o novo. Experimente a comida local.Nada de ser aquele tipo de pessoa que saiu para viajar e quer comer o que come em casa todos os dias.
 Estes são os pontos que me vieram à cabeça, se você que mora nos EUA lembra de algum ponto importante que eu não cobri, pode mencionar nos comentários.

E você que mora em outro país, fala aí pra gente: o que os nativos esperam de um hóspede?

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Eu, ela e a zona de conforto.

Ela me ligou ontem[ quarta à noite].Perguntou se meu esposo estava em casa. Parecia estar com pressa.Perguntou se estávamos indo para a igreja e eu disse que sim, embora estaríamos um pouco atrasados. 

Ela me perguntou se a gente poderia dar uma help pra ela com a mudança dela.Ela estava morando ao lado da igreja e ela só precisava de alguns minutos pois a maioria das coisas já estavam dentro da casa dela.Outras pessoas tb estavam lá ajudando.

Não vou mentir.A minha primeira reação foi:  "a pessoa não fala comigo, não faz parte do meu círculo social.Saimos uma vez mas ela nunca se interessou em manter uma amizade, mas na hora do aperto me liga pra dar uma help? Que engraçado! "

Eu apenas vi a incoveniência. Eu vi malandragem. Eu vi uma pessoa com cara de pau que merecia muito óleo de peroba.Daí comecei a pensar com meus botões: "ela não tinha outro dia para se mudar? Tinha que ser logo numa quarta à noite e tinha que pedir ajuda assim em cima da hora?"

E será que ela teve escolha? E será que ela fez de propósito? E será que ela não ligou para pessoas que ela achava que eram amigas dela mas que acabaram dando pra trás? Quem pode dizer que não foi um grito de socorro?

À medida que me arrumava e me preparava para sair, Deus foi me convencendo que aquilo não era um problema.Aquilo não era uma inconveniência.Minha zona de conforto era o problema. Orei essa semana e pedi ao Senhor para que Ele me mostrasse onde eu estava carecendo crescer na minha vida espiritual. Mencionei em oração que não queria que nada ficasse entre Ele e eu. Bom, ele respondeu através de uma situação que me mostrou que eu precisava crescer em bondade.

Sempre quando pedimos algo a Deus em oração, ele vai responder com situações que vão nos dar a chance de colocar em prática o que pedimos.É só assim que crescemos e nos tornamos pessoas melhores.Nada acontece por osmose.Deus faz age nas esferas da vida que a força humana é limitada, porém Deus não levantará um dedo naquilo que Ele já nos capacitou a fazer.

Se você precisa ser mais paciente, o Senhor lhe concederá situações que te forçarão a praticar isso. As coisas acontecerão no tempo Dele e não no seu. 

Se você quiser ser íntegro em toda a sua maneira de viver, Ele vai te conceder situações onde o seu caráter vai ser testado.

Se você precisa aceitar as pessoas como elas são, o Senhor te colocará em situações que farão você olhar para elas além das suas imperfeições.

Se é o perdão, Ele te concederá a oportunidade de perdoar a quem te feriu.Não porque você é melhor que o agressor, mas porque o Senhor é bom e não nos trata de acordo com os nossos erros.

Se você quer ser uma pessoa corajosa, Ele vai permitir que você lide com situações onde seu medo vai ser testado. 

Às vezes não sabemos porque as nossas orações  não são respondidas.Na verdade, elas foram, mas não do nosso jeito.

Depois de ter ido ajudar essa moça, algo ficou na minha cabeça: pôxa, eu tenho um esposo para me ajudar na mudança.Ela é mãe solteira.Não deve ser fácil.E se fosse eu no lugar dela? 

O que Deus me mostrou foi: 

"As pessoas não precisam  se qualificar para receber bondade.Se o outro tem que fazer por merecer ou ter certo pré-requisitos, aí não é bondade.É seletividade.Tem dia que você não merece, mas Eu te dou o meu melhor mesmo assim.Tem dia que você só sabe pedir, mas Eu te concedo mesmo assim. Tem dia que você não investe no nosso relacionamento, mas Eu me faço presente mesmo assim. Dê de graça aquilo que de graça você tem recebido.Passe para frente, não retenha o que não é seu!"

Eu tinha duas opções: fazer uso da minha oração e receber a minha bênção[crescer na área que carecia] ou ficar na velha zona de conforto[ palavra bonita pra egoísmo,rs!], irritadiça porque a pessoa interferiu na minha agenda.

Algo tão pequeno, mas tão profundo.A lição que eu aprendi foi : Seja gentil com todos os que encontra, pois eles estão enfrentando dificuldades tb.



FONTE: WEHEARTIT.COM

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Blogs em segredos

Há um tempo, eu e a Geórgia do blog Saia Justa estávamos pensando em criar um quadro novo pro blog.Eu sempre gostei da sessão do blog dela chamado 5x5 onde ela divide coisas pessoais e super interessantes.Daí que pensei com os meus botões, e se a gente fizesse isso com outros blogs e conhecesse mais gente?

Quem anda por aqui sabe que eu amo inventar coisa, hahaha! 


 O tema de hoje é blog em segredo.Vou falar de um blog novo na área, mas que tem muita coisa boa pra contar! O que mais gosto nesse blog é a sinceridade, a maneira como a vida é relatada de um jeitinho todo especial. O nome do blog é (Su)realismo.

FONTE/SOURCE:http://mundomeu-su-realismo.blogspot.com/

Quero destacar em especial o texto Meu Tipo de Mulher, escrito com simplicidade mas ao mesmo tempo com tanta profundidade.É isso que eu gosto na Sueyne. Ela consegue entrelaçar os dois conceitos dizendo tanto em poucas palavras.Sempre fico de olho nas atualizações desse blog.



E você? Tem um blog que visita, curte, comenta mas que ainda não dividiu com ninguém?  Faça um post e nos conte o que gosta mais nele! Agora é com vocês , meninas!

Quem topar fazer o post, não esquecer de colocar o título BLOG EM SEGREDOS e me avise para eu ir conferir, ok?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...