sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Eu, ela e a zona de conforto.

Ela me ligou ontem[ quarta à noite].Perguntou se meu esposo estava em casa. Parecia estar com pressa.Perguntou se estávamos indo para a igreja e eu disse que sim, embora estaríamos um pouco atrasados. 

Ela me perguntou se a gente poderia dar uma help pra ela com a mudança dela.Ela estava morando ao lado da igreja e ela só precisava de alguns minutos pois a maioria das coisas já estavam dentro da casa dela.Outras pessoas tb estavam lá ajudando.

Não vou mentir.A minha primeira reação foi:  "a pessoa não fala comigo, não faz parte do meu círculo social.Saimos uma vez mas ela nunca se interessou em manter uma amizade, mas na hora do aperto me liga pra dar uma help? Que engraçado! "

Eu apenas vi a incoveniência. Eu vi malandragem. Eu vi uma pessoa com cara de pau que merecia muito óleo de peroba.Daí comecei a pensar com meus botões: "ela não tinha outro dia para se mudar? Tinha que ser logo numa quarta à noite e tinha que pedir ajuda assim em cima da hora?"

E será que ela teve escolha? E será que ela fez de propósito? E será que ela não ligou para pessoas que ela achava que eram amigas dela mas que acabaram dando pra trás? Quem pode dizer que não foi um grito de socorro?

À medida que me arrumava e me preparava para sair, Deus foi me convencendo que aquilo não era um problema.Aquilo não era uma inconveniência.Minha zona de conforto era o problema. Orei essa semana e pedi ao Senhor para que Ele me mostrasse onde eu estava carecendo crescer na minha vida espiritual. Mencionei em oração que não queria que nada ficasse entre Ele e eu. Bom, ele respondeu através de uma situação que me mostrou que eu precisava crescer em bondade.

Sempre quando pedimos algo a Deus em oração, ele vai responder com situações que vão nos dar a chance de colocar em prática o que pedimos.É só assim que crescemos e nos tornamos pessoas melhores.Nada acontece por osmose.Deus faz age nas esferas da vida que a força humana é limitada, porém Deus não levantará um dedo naquilo que Ele já nos capacitou a fazer.

Se você precisa ser mais paciente, o Senhor lhe concederá situações que te forçarão a praticar isso. As coisas acontecerão no tempo Dele e não no seu. 

Se você quiser ser íntegro em toda a sua maneira de viver, Ele vai te conceder situações onde o seu caráter vai ser testado.

Se você precisa aceitar as pessoas como elas são, o Senhor te colocará em situações que farão você olhar para elas além das suas imperfeições.

Se é o perdão, Ele te concederá a oportunidade de perdoar a quem te feriu.Não porque você é melhor que o agressor, mas porque o Senhor é bom e não nos trata de acordo com os nossos erros.

Se você quer ser uma pessoa corajosa, Ele vai permitir que você lide com situações onde seu medo vai ser testado. 

Às vezes não sabemos porque as nossas orações  não são respondidas.Na verdade, elas foram, mas não do nosso jeito.

Depois de ter ido ajudar essa moça, algo ficou na minha cabeça: pôxa, eu tenho um esposo para me ajudar na mudança.Ela é mãe solteira.Não deve ser fácil.E se fosse eu no lugar dela? 

O que Deus me mostrou foi: 

"As pessoas não precisam  se qualificar para receber bondade.Se o outro tem que fazer por merecer ou ter certo pré-requisitos, aí não é bondade.É seletividade.Tem dia que você não merece, mas Eu te dou o meu melhor mesmo assim.Tem dia que você só sabe pedir, mas Eu te concedo mesmo assim. Tem dia que você não investe no nosso relacionamento, mas Eu me faço presente mesmo assim. Dê de graça aquilo que de graça você tem recebido.Passe para frente, não retenha o que não é seu!"

Eu tinha duas opções: fazer uso da minha oração e receber a minha bênção[crescer na área que carecia] ou ficar na velha zona de conforto[ palavra bonita pra egoísmo,rs!], irritadiça porque a pessoa interferiu na minha agenda.

Algo tão pequeno, mas tão profundo.A lição que eu aprendi foi : Seja gentil com todos os que encontra, pois eles estão enfrentando dificuldades tb.



FONTE: WEHEARTIT.COM

17 comentários:

  1. Nossa nunca tinha pensado assim. Lindo texto, Gi.
    Nas minhas orações eu peco sempre para que Deus me mostre como ser uma pessoa melhor mas agora, como vc, pedirei também pra que ele me mostre onde eu preciso crescer.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Vc me fez chorar ao ler isso...
    Porque eu ainda nao tinha essa percepçao e Deus enviou vc para me mostrar o q eu precisava saber.
    Ungida do Senhor, vc é especial!
    Deus te ama muito e eu oro para que Ele te abençoe cada dia mais!!

    ResponderExcluir
  3. Amei a reflexão de hoje! Vou levar para continuar pensando durante o dia.
    Um abraço e bom sábado!

    ResponderExcluir
  4. Nossa... Que texto lindo e sábio... Além de muito bem escrito. Amei!
    Parabéns por ter ouvido a voz de Deus. São poucos os que conseguem.

    Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Gisley!
      Quando detectamos o problema bem antes do casamento... Fica fácil, fácil para resolver.

      Hum... Obrigada pela indicação. Vou lembrar quando estive nas compras.
      Obrigada!

      Excluir
  5. Depois da situação que passei no início desse ano, mudei a minha visão de mundo. Embora não seja católica praticante, sempre que pedi fui atendida com sinais bem claros.

    Realmente é impressionante os sinais que ele nos dá, basta prestarmos atenção.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gi... adoro quando vc escreve posts abordando temas intrigantes assim. Me fez refletir tbem, pois sei que muitas situações que vivi essa semana, me fizeram sair da minha zona de conforto e eu não gostei! Fique me questionando: 'por que eu fiz isso desse jeito e agora eu tô aqui me descabelando para resolver algo que não é assunto meu?'... mas como vc disse Deus age de formas que a gente não espera e eu só entendi isso depois. E entendi mais ainda lendo o seu post. Grande abraço e bom final de semana

    ResponderExcluir
  7. Oi Gi!
    A maioria das vezes tendemos a pensar que o outro e o problema... quando na verdade, nos que nao queremos sair da nossa zona de conforto e enfrentar a situacao seja ela qual for!
    Obrigada por trazer essa reflexao! Muitas vezes esqueco que Deus tem o controle de tudo! um aprendizado diario!
    Super beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi flor!

    Ima das coisas mais lindas que já li!

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo e verdadeiro este post.Ser cristão é ir além da troca de favores, é seguir os passos de Jesus, que se entregou na Cruz por quem não havia feito nada por ele (nós)....parabéns pela atitude e por ouvir e ver os Sinai de Deus em sua vida....bjs

    ResponderExcluir
  10. Seu post foi super bonito. Eu lendo ele comecei a refletir que bondade e algo que preciso praticar tambem, e tao facil so apontar os outros e julgar que nao percebemos muitas vezes que eles tem situacoes dificeis e mais problemas que nos. Parabens por ter ajudado ela, independente se ela merecia ou nao voce fez sua parte em praticar o amor que Deus nos ensina.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Sabe Gi minha vida virou de cabeca pra baixo e eu tenho sofrido bastante mais ai depois eu oro e peco perdao de Deus porque eu sei que tem gente em situacoes bem piores bem mais dificeis, ai eu me lembro que sou filha do Rei e que Ele me quer feliz e me fez pra ser feliz e que os planos dEle sao melhores que os meus... mas as vezes eu ainda choro baixinho pedindo perdao por tá dúvidando das bencaos... bjs linda feliz final de semana

    ResponderExcluir
  12. Oi Gisley! Isso tudo é muito verdade, se como cristãos somos chamados a sermos mais parecidos com Jesus, temos que estar sensíveis para entender as vontades de Deus e dispostos a sermos moldados conforme o querer Dele. Uma tarefa diária, mas o mínimo que podemos fazer diante do amor e graça do Senhor por nós! Beijo e bom início de semana :)

    ResponderExcluir
  13. Bons questionamentos você fez: "E será que ela teve escolha? E será que ela fez de propósito? E será que ela não ligou para pessoas que ela achava que eram amigas dela mas que acabaram dando pra trás? Quem pode dizer que não foi um grito de socorro?"

    Como demonstrar amor a outras pessoas mesmo quando não são nossos amigos, quando não gostamos delas e quando elas não gostam da gente também? Acho que ajudar quando somos solicitados é uma forma, como foi seu caso... mesmo com toda inconviniência que pode causar...mesmo que essa pessoa nem agradeça, nem fale mais conosco...não é fácil e incomoda demais...um desafio para nós. Deus nos ajude! bj


    ResponderExcluir
  14. Bons questionamentos você fez: "E será que ela teve escolha? E será que ela fez de propósito? E será que ela não ligou para pessoas que ela achava que eram amigas dela mas que acabaram dando pra trás? Quem pode dizer que não foi um grito de socorro?"

    Como demonstrar amor a outras pessoas mesmo quando não são nossos amigos, quando não gostamos delas e quando elas não gostam da gente também? Acho que ajudar quando somos solicitados é uma forma, como foi seu caso... mesmo com toda inconveniência que possa causar...mesmo que essa pessoa nem agradeça, nem fale mais conosco...não é fácil e incomoda demais...um desafio para nós. Deus nos ajude! bj

    ResponderExcluir
  15. Nossa Gisley, super profundo e verdadeiro esse seu post. Deus sempre nos responde mas muitas vezes não da maneira que gostaríamos, parabéns pela reflexão, pela nova atitude como uma pessoa de Deus e obrigada pelo post! Bjs!

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...