segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Como ser um bom hóspede nos EUA

FONTE/SOURCE: GOOGLE

Sejamos sinceros.Quer você seja hóspede, quer você esteja hospedando,jogo de cintura é fundamental.Estamos acostumados com o nosso próprio sistema, porém quando vamos nos hospedar na casa de alguém, é necessário que tenhamos ética, respeitemos o espaço do outro e não nos tornemos um peso.Não importa se você irá passar um dia ou 2 semanas, você precisa ter em mente que quer ser um hóspede tão bom, daqueles que as portas sempre estarão abertas para você, caso deseje voltar à cidade ou país.Tenha em mente de querer ser sempre um hóspede mara e não mala!

Essas regras não se aplicam para todos os americanos e é baseado no que eu pessoalmente vivi e tb nas reclamações que ouvi de brasileiros e americanos em relação à hóspedes.Vale levar em consideração o aspecto cultural à sério para que não haja frustração de ambas as partes.

 #1 : Comunicação. O americano gosta das coisas às claras, bem-definidas e pré-estabelecidas.Nada de "ah não sei que horas vamos estar em tal local", "ainda não sabemos quanto dias ficaremos". Na visão deles isso significa que você não respeita apenas o espaço dele, mas também seu tempo e afazeres.Só porque você esteja vindo passar de férias, isso não significa que eles estão de férias tb. Por isso, seja claro, objetivo e decisivo.
 



 # 2: Pergunte as regras da casa. Isso pode parecer uma besteira para muitos, mas digo por experiência própria que entrei em cana porque nunca perguntei as regras e tb nunca me foi dito o que se esperava de mim.Ficou um ambiente muito chato e depois fiquei sabendo que a pessoa saiu falando de mim nas minhas costas.Como falei no começo do post, cada pessoa tem o seu sistema e às vezes como o hóspede não está acostumado com o sistema do host, pode acabar comentendo deslizes sem intenção nenhuma de ferir a família.Ele apenas não sabe que aquilo era um don't.Vá por mim, pergunte as regras sempre! Pergunte o que eles esperam de um hóspede, e quais são os do's  e don't s da casa.Isso vai fazer com que você ganhe pontos com eles.



#3:Não espere que seu host/hostess faça tudo por você. Se você veio passar um tempo na casa de um americano e espera que ele seja seu motorista[levar você para todos os lugares que você quer conhecer em 3 dias], guia turístico, cozinheiro, faxineiro, organizador de eventos, empregado, vai dançar feio.Ele não vai ter nenhum problema de você se servir, mas não espere que ele o faça.

Na visão do americano, se você quiser um lugar pra ficar, onde você não cozinha, onde você não lava sua roupa,você não levanta um dedo, deixa bagunça em todo canto e tudo é lhe dado de mão beijada, é pra um hotel que você tem que ir.

#4: Mantenha seu quarto limpo,organizado e de porta aberta.O lugar que te foi concedido deve sempre estar da mesma maneira como você encontrou.No Brasil a gente costuma a fechar a porta do quarto, mas aqui eles preferem que você deixe a porta aberta.


#5: Compre/traga/mande um presente ou um cartão para o seu host. Quando eu hospedei estrangeiros na minha casa, eles sempre traziam presentes para gente.Não era nada caro, mas era a forma deles dizerem: obg por confiar a sua casa à mim e me hospedar! Parece algo bobo, mas não é. Isso pode ser feito de várias maneiras:  

- Você pode trazer um presente[algo singelo]
- Se forem sair para jantar, pode dizer que é só uma conta e você pagar por isso.
- Vão pegar um filme na locadora? Pague pelo entretenimento. 
- Caso você esteja sem carro e eles estão te levando para conhecer os lugares, você pode se oferecer para dar uma help com a gasolina.
Procure saber do que eles gostam.O que importa é a intenção.


#6: Não traga gente estranha para a casa do seu host. Gente estranha não quer dizer gente que você conheceu no meio da rua, mas pessoas que são suas amigas mas seu host não as conhecem.Quer marcar de se encontrar e rever outros amigos na cidade? A melhor pedida é se encontrar em público, talvez em um restaurante, shopping center, ponto turístico, etc.



#7: Tenha consideração quando usar o banheiro. Caso você esteja dividindo o banheiro com outras pessoas, não se delonge no banho e quando for se arrumar, não ocupe o banheiro por muito tempo.Se for fazer #2, ascenda muitos fósforos.Sim, mata o fedido na hora!



#8: Seja uma pessoa organizada.Não deixe seus pertences espalhados pela casa.Saiu do quarto? Apague a luz. Entrou em casa? Tranque a porta.



#9: Não drene seu host. Não espere que ele vá lhe entreter do momento que você acordar até o momento que você for dormir.Dê espaço para que eles tb façam outras coisas ou descansem. 



#10: Não fique mais do que o tempo combinado. Se disse que iria ficar 2 dias, nada de ficar 3,4 ou 5.Lembre-se, aqui é outra cultura. Eles já programaram o que irão fazer ou o que terão que fazer quando você sair.



#11: Converse sobre os horários e saídas. Seus hosts vão te dar a chave da casa caso vocês cheguem tarde da noite? Eles dormem cedo? Eles acordam cedo? Eles acordam tarde e você precisa se levantar mais cedo? Você quer fazer uma programação com outros amigos na cidade? Quer fazer algo só pra você e esposo(a)? Faça questão de ter todos os pingos nos "i" quanto à esse assunto.



# 12: Seja cortês no uso do telefone e de internet. Nada de ficar altos papos no telefone ou varar a noite na internet ou na televisão, a não ser que eles não tenham problema com isso.

# 13:Respeite o estilo de vida do seu host. Se ninguém na casa fuma e você fuma, então fume lá fora. Se ninguém na casa bebe e você bebe, não traga bebida p/ casa do seu host, beba quando estiver turistando, mas não volte pra casa deles bêbado!



#14: Inclua seu host na programação/atividades: Não seja daquelas pessoas que só se lembra do fulano e do silcrano quando precisa de um lugar pra ficar.Além de grosseiro, é super deselegante. 



#15:Tenha expectativas realistas quanto à sua programação. Já passou o dia batendo perna? Seu host tá cansado? Então não mata ficar em casa.Tb tenha sensibilidade no quesito financeiro.Se você sabe que seu host tem um orçamento limitado, nada de extravagância.A última coisa que você quer é fazer com que o dono da casa se sinta mal ou inadequado.
Eu tive uma situação assim.Dois amigos estrangeiros queriam porque queriam andar de jetski na Lagoa do Banana.O dia estava chuvoso, terrível para dirigir, mas eu e minha família os levamos mesmo assim.O lugar era longe .Ajeitamos nossa agenda para melhor beneficiá-los e eles nem se quer contribuíram com a gasolina.Ficamos super chateados.Achei uma falta de educação só!


#16:Abra-se para o novo. Experimente a comida local.Nada de ser aquele tipo de pessoa que saiu para viajar e quer comer o que come em casa todos os dias.
 Estes são os pontos que me vieram à cabeça, se você que mora nos EUA lembra de algum ponto importante que eu não cobri, pode mencionar nos comentários.

E você que mora em outro país, fala aí pra gente: o que os nativos esperam de um hóspede?

21 comentários:

  1. Bom post, Gisley! Parecem coisas básicas mas há muita gente que não as tem em consideração...
    Acho que aqui na Suécia as regras são muito parecidas. Eles gostam de tudo definido, de programar, de ter o seu espaço. Mas acho que aqui eles vão ainda mais longe: é bastante comum os hóspedes trazerem os seus próprios lençóis, o que eu não compreendo bem. Qual é o mal de disponibilizar lençóis aos seus hóspedes?... Povo estranho.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joana,

      Cultura é bicho estranho mesmo.Já fiquei hospedada em casa que me pediram para trazer minha própria comida e meu próprio colchão para poder dormir.E lógico acabei tb trazendo tudo: lençol, colchas, etc.Rs!

      Excluir
  2. Muito bom! Cada cultura tem suas particularidades, e eu acho fundamental ter a cabeça aberta, sensibilidade e um canal de diálogo sempre aberto. Gostei muito do post, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Oi flor!

    Muito bom o seu post!

    Independente de receber ou se hospedar no Brasil ou exterior, é preciso respeitar a casa do outro. Quando vou pra casa de alguém, costumo levar uma lembrancinha para os moradores da casa. Tenho todo cuidado com as coisas dos outros e respeito o silencio da casa. Nao passo mais que 3 dias.

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
  4. Confesso que não gosto de hóspedes, principalmente familiares, pois são totalmente descansados e caras de pau.

    Acho que tenho alma européia ou americana, porque odeio gente sem noção.

    Concordo com todos os itens.

    ResponderExcluir
  5. Acho q esse post poderia apenas ser chamado "Como ser um bom hóspede". Tudo faz muito sentido em qualquer lugar do mundo. Muito bem escrito. Só não entendi a dica de manter a porta aberta, pelo menos onde moro ninguém se importaria com isso.

    Parabéns pelo post, Gisley!

    ResponderExcluir
  6. Acho que essas regrinhas basicas valem para qualquer pais, em geral e bom lembrar de ter bom senso e chegar junto na hora das contas. Essa deles nao gostarem de porta fechada nunca entendi tambem, pelo menos por aqui com as pessoas que conheco nao se importariam com isso. Uma coisa que reparo e que americano nao gosta que toque muito neles na hora da conversa e tambem nao curtem muito perguntas muito pessoais.
    Bem bacana o post.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Eu fico nervosa com hospede.
    Só convido pessoas muito intimas! mas muito mesmo!
    E sigo o mesmo criterio quando aceito algum convite.
    Alias quase nunca aceito, prefiro um hotel.
    Ainda mais depois que eu casei, ja que escolhi alguem ainda mais chato.
    De todo jeito, adorei todas as dicas, e uma coisa que eu já aviso: trabalho, tenho minha rotina, sem condiçoes de ficar passeando....
    Bom, é isso. No mais, eu sou gente boa. hahaha

    ResponderExcluir
  8. Olá Gi!

    Alguns desses itens deveriam ser regra se hospedar em qualquer lugar do mundo, hehe!

    Sou membra de um site chamado Couchsurfing e quero muito me hospedar com americanos em alguma viagem futura aos USA e foi ótimo ler esse post. bjos

    ResponderExcluir
  9. Excelente post!!! A gente nunca sabe mesmo como se comportar na casa dos outros né? Ainda mais quando é em outra cultura, fica mais complicado.
    E também dependendo do hóspede, é mais dificíl ainda quando não se tem muita intimidade. Com certeza esse post ajudará muitas pessoas!!!

    ResponderExcluir
  10. Otimo post.
    Respeito é bom e todo mundo goste, ne?! Eu acho que essas sao regras basicas em qualquer lugar do mundo, Gi.

    Beijao

    ResponderExcluir
  11. Não precisa acrescentar nada, falou tudo o que tinha que ser dito!
    Acho que vou salvar este link e dar como "dica" para os próximos que quiserem visitar!

    ResponderExcluir
  12. Muito bom o post, é bem isso mesmo. E algumas das dicas valem para QUALQUER local do mundo, inclusive quando vamos visitar nossa própria família... respeitá-los, informá-los e contribuir são coisas que melhoram e muito qualquer relacionamento ou situação!

    ResponderExcluir
  13. Eu não conheço tanto a cultura americana, mas achei excelente as dicas desse post.

    ResponderExcluir
  14. Gi!!!! Adorei o Post.. Receber visitar é tão complicado, né?! Tem muita gente sem noção.. Lendo esse texto, fiquei pensando.. Não é assim tão dificil, é so usar um pouco de bom senso e algumas doses de "simancol" (Como se fala la no Ceaara! rsrsrs)
    Aproveitando, queria agradecer as suas doces visitas la em casa.. Tenho andado tão ocupada esses ultimos tempos, que nem pra postar as novidades no blog tenho tido.
    Bju enorme
    Joanna


    http://mapetitelima01.blogspot.fr/

    ResponderExcluir
  15. Acho que essas dicas são universais, Gisley!

    Independente do país que viva, ou que país vá visitar, agindo com educação, cordialidade e prestatividade sempre deixará portas abertas por onde passar!

    Obrigada pelas dicas!

    Post de utilidade pública!!

    Beijos!!

    Verônica

    ResponderExcluir
  16. Oi Gi!
    Bacana seu post!
    Hospedar-se na casa dos outros exige muita atenção, bom senso, simancol e delicadeza. Suas dicas são ótimas e universais.
    Na Alemanha eu usaria todas as suas dicas. Caprichando no cartão de agradecimento no final da estadia!
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
  17. Menina, mas quanto tempo ne? Ando tao por fora dos blogs. =(

    Mas, esse post foi otimo, pq tem muita gente que nao tem cemacol. E fora que quando voce vai se hospedar na casa de um estrnageiro as vezes nos esquecemos o quanto as culturas sao diferentes por mais amiga que essa pessoa eh, ela foi criada de uma outra perspectiva.

    ResponderExcluir
  18. Nossa Gi, AMEI esse post. Realmente conheco muita gente folgada e sem nocao. Na verdade eh questao de bom senso. Mas nem todos tem, esse post eh PERFEITO!!!!

    ResponderExcluir
  19. Gi,mais um post interessante,com certeza,mesmo aqui no Brasil,seria um prazer receber alguém que levasse todas as suas dicas em consideração,pois é verdade,uma visita sempre afeta nosso orçamento,nossos hábitos.Ao fim de tudo,baseada numa experiencia pessoal eu só acrescentaria:se a hospede for mulher,no caso das esposas ciumentas como eu,nada de muita frescura ou amizade com o marido ou dono da casa,isso gera desconforto á esposa e pode estragar totalmente o prazer de bem receber.Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Alessandra,

      Gostei do seu ponto.No seu caso, eu não considero isso ciúme.Eu considero deixar a pessoa a par de que ela não pode cruzar aquele limite, que à ela não foi dada a intimidade e nem tão pouco a liberdade para tal.

      Ciúme pra mim é quando algo é baseado sem fundamento, fato ou sem motivo justo.

      E outra que ficar com frescura ou com muita amizade com o sexo oposto quando este[a] é casado[a] ou comprometido,não mostra muito que a pessoa tem etiqueta relacional e passa até a impressão errada.Super cafona, não é mesmo?

      Jamais hospedaria alguém nesses termos.Eu geralmente observo muito a pessoa[indepedente de ser homem ou mulher] antes de convidá-la para vir aqui em casa ou abrir as portas para que essa pessoa fique na minha casa.Tem gente que pensa que casa dos outros é hotel, restaurante, spa ou balada.Aí não dá pra ser feliz né? :P

      Bjos!

      Excluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...