quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O que você faz com o inverno?

FONTE: GOOGLE

Muitas pessoas estão lidando com o inverno nesse momento.Para alguns a estação representa estagnação, tristeza, escuridão, depressão, distância de quem se ama.Para outros representa mistério, beleza, aconchego e celebração. O inverno passou a ter um sentido especial e diferente para mim esse ano.Eu que nunca gostei da estação aprendi muitas coisas sobre ela que podem ser aplicadas na vida.

É no inverno que as folhas caem, onde o tempo esfria e onde não há muita atividade.É onde presenciamos galhos secos,"pelados",sem nenhum atrativo.O inverno mostra do que as plantas são feitas assim como as dificuldades mostram a nossa essência,o nosso eu sem maquiagem, sem sorriso.Mostra principalmente sobre aquilo que acreditamos e como colocamos em prática.Há 3 anos atrás li Faith&Doubt de John Ortberg.  No livro ele aborda três tipos de convicções que as pessoas mostram. 

A primeira é a que ele chama de convicção pública.É aquela que a gente quer que o povo acredite que tenhamos, mesmo que a gente não acredite nela.

Exemplo: A gente diz que fulaninha é maravilhosa e que a amamos, mesmo que não conheçamos nada a respeito daquela pessoa no cotidiano.

A segunda é chamada de  convicção pessoal.É aquela que a gente acredita ter até debaixo d'água, até que ela seja testada. 
Exemplo:  

Está realmente de dieta até que você vai para aquela festa de aniversário e parece que eles personalizaram os comes e bebes especialmente para você. 

Você está tirando um período sabático dos relacionamentos amorosos e acaba conhecendo um beautiful stranger que parece ser promissor.

Vai para o shopping determinada a comprar nada e a sua loja favorita está com todos os produtos remarcados à 50% de desconto.

A última é a que ele chama de core belief[não encontrei uma tradução que se encaixasse com a expressão, quem souber o que significa em português, pode colocar nos comentários]. É aquela que é revelada à medida que tomamos decisões no dia-a-dia, nas coisas que de fato fazemos.

Exemplo: 
Nós sabemos que depois de uma certa hora não é seguro andar pelas ruas à noite no Brasil, então não nos colocamos nessa situação.É algo simplesmente natural para nós.
 

Por que tantas pessoas sucubem quando " o inverno[dificuldades]" bate à porta? Porque segundo John Ortberg, os três tipos de convicções não estão alinhadas.É na dificuldade que a nossa essência revela à nós mesmos e aos outros do que realmente somos feitostambém durante as dificuldades onde existem as maiores chances para que descubramos o nosso grande potencial, a força e a fé que achavámos que não tínhamos. 

Como o mundo seria diferente se fôssemos ensinados que as dificuldades são a chave do crescimento.Que fracasso, rejeição,dor e perda são ferramentas que nos dão oportunidade de trabalhar nossos músculos mentais e emocionais para alcançar sucesso,conquistas e ser reconhecido pelas pessoas certas.

Trabalhar naquilo que dói não é confortável. Prazeroso é o resultado que vem desse trabalho

Exemplo: malhar e ter um corpo torneado, escrever uma monografia e se formar, reatar uma amizade perdida,retomar metas que foram deixadas pelo caminho, abandonar vícios.

Não sei que tipo de inverno você esteja atravessando na sua vida, mas quero encorajá-lo(a) a perguntar à Deus qual o propósito nesse inverno ao invés de porquê você está passando isso. Talvez Ele queira te ensinar lições preciosas que não poderiam ser realizadas de outra forma.

E saiba que toda dificuldade tem seu fim e que as flores e os frutos surgirão novamente.Porque não se preparar para ser uma árvore frondosa e frutífera?

Deixo com vocês uma citação de Napoleon Hill:

"Cada adversidade, cada fracasso , toda mágoa traz consigo a semente de um benefício igual ou maior".
 

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Doce Outubro- Parte 1

Bom gente, estamos quase no final de novembro e eu não andei escrevendo muito por aqui, eu sei.O trabalho tem consumido muito meu tempo mas eu sei que lá na frente colherei os resultados do meu esforço. No mês passado aconteceu a Conferência da Liderença na empresa em Orlando. Foi um tempo muito bom onde não apenas nos reciclamos profissionalmente mas também conhecemos pessoas das outras partes do estado e tivemos a oportunidade de ter os melhores produtores da região Sudeste nesse evento.

No sábado à noite rolou uma festa dos anos 80, que foi super legal! Todo mundo vestido à caráter.Fiquei impressionada de ver que a galera caprichou no visual e não se importou de andar pelo hotel desse jeito. Quero agradecer à Débora por ter me dado umas dicas sobre o modelito.


E para fechar a noite de sábado, eles tiveram a premiação com os melhores funcionários dos 3 últimos meses e tiveram tb entrega de troféus.Para a nossa surpresa, nosso nome foi o primeiro a ser chamado. Ganhamos o troféu da categoria melhor recrutamento e licensiamento de pessoas. Foi tão engraçado, parecia até que eles estavam anunciando aqueles prêmios da MTV pois cada vez que eles diziam um nome, aí tocava aquelas músicas pop de fundo e todo mundo erguendo a mão e dando "hi five". Foi muito show. Daí eu trouxe essa belezinha pra casa, ó!: 





É tão bom ver Deus honrando o nosso nome quando a gente decide fazer as coisas do jeito dele. Lembro-me do tempo que ainda estava estudando para tirar minha licensa. Tinha dias que eu não entendia nada. Ficava tão frustrada, dava vontade de jogar o computador e as minhas notas pela janela, porém com perseverança, bom ânimo e garra, eu venci e estou amando trabalhar ao lado de pessoas maravilhosas e positivas. Lá no escritório não tem espaço pra ficar falando mal dos outros e quando isso acontece o povo corta logo, o que eu acho super 10. Não é à toa que das 3 sedes em Jacksonville, aqui sempre está no topo é a sede da praia[ onde eu trabalho]. 

Realmente essa foi uma porta maravilhosa que Deus abriu pra mim. Meu chefe é uma pessoa espetacular, exemplar, sempre disposto a ensinar à mim e ao Mateus tudo o que a gente ainda não sabe. Ambos nós estamos trabalhando com consultoria financeira,educando as pessoas da classe média  a  fazer com que o dinheiro que eles estão atualmente gastando ofereça um melhor retorno para eles no presente e no futuro à medida que eles caminham à independência financeira em todos os aspectos [ estar debt free, ter tempo para a família e poder gozar uma vida que pela qual trabalhou duro].

No outro post vou contar sobre a competição que rolou no office e qual foi o time que ganhou. Todo mês o nosso diretor inventa presepada! É muito 10! 

E você? Viveu algum momento doce esse mês?
Divide com a gente :)

  
 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O que você faz quando a pressão aumenta?

Esse vídeo tem me inspirado essa semana. 
Não importa qual credo você tenha, embora seja um vídeo cristão, a lição é muito poderosa para todos aqueles que querem atingir seus objetivos.
Quem encontrar esse vídeo em português me manda o link!

Enjoy!


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

As três peneiras...


-- Autor Desconhecido

Olavo foi transferido de setor. Logo no primeiro dia, para fazer média com o novo chefe, saiu-se com esta:

Chefe o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram que ele...


Nem chegou a terminar a frase, Juliano, o chefe, aparteou:


Espere um pouco Olavo, o que vai me contar já passou pelo crivo das três peneiras?


Peneiras? Que peneiras, chefe?


A primeira Olavo, é a da VERDADE. Você tem certeza que este fato é absolutamente verdadeiro?


Não, não tenho não. Como posso saber ? O que sei foi o que me contaram... Mas eu acho que...


E, novamente Olavo é interrompido pelo chefe.


Então sua história já vazou a primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira que é a da BONDADE. O que você vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito ?


Claro que não! Deus me livre, chefe! - diz Olavo assustado.


Então - continua o chefe - sua história vazou a segunda peneira. Vamos ver a terceira que é a da NECESSIDADE. Você acha mesmo necessário me contar esse fato ou passá-lo adiante?


Não, chefe. Passando pelo crivo destas peneiras, vi que não sobrou nada do que eu iria contar - falou Olavo surpreendido... 

 
Pois é, Olavo. Já pensou como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem essas peneiras ? - diz o chefe sorrindo e continua - Da próxima vez em que surgir um boato por aí, submeta-se ao crivo dessas três peneiras: Verdade, Bondade, Necessidade, antes de obedecer ao impulso de passa-lo adiante, porque:

PESSOAS INTELIGENTES FALAM SOBRE IDÉIAS,

PESSOAS COMUNS FALAM SOBRE COISAS,
PESSOAS MEDÍOCRES FALAM SOBRE PESSOAS.


Versão em inglês do texto você encontra aqui.




My Great Web page






quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Top Top - Outubro

Olá gente, querida! Estou iniciando um novo quadro no blog[ para variar!!!] chamado Top Top.Ele consiste em compartilhar com vocês textos/vídeos que marcaram o meu outubro.

Eles não são posts que foram necessariamente publicados no mês de outubro de 2012, mas são os textos que me chamaram atenção. Todo fim de mês vou estar soltando uma coletânea dos melhores. 

FONTE/SOURCE:GOOGLE

E nesse mês o TOP TOP  vai para os seguintes blogueiros e textos/vídeos:


Ka.Entre.Nós( KarineSmith)- Jogando a toalha

 




 
 
O quadro está aberto para quem quiser participar.Só peço que me avisem quando postarem os seus melhores de outubro para que eu possa ir conferir os textos também. 

Em breve trarei novidades!!!

 

sábado, 27 de outubro de 2012

Frase da semana

"Busque oportunidade e não segurança. Um barco no porto está seguro, mas com o tempo o fundo vai apodrecer."
S. Brown

 

FONTE/SOURCE: WEHEARTIT.COM

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Conteúdo aprovadíssimo

Quem passa, visita,acompanha, apenas lê ou comenta por aqui sabe do meu compromisso com vocês de fazer desse lugar algo divertido,prazeroso de ler e ao mesmo tempo um lugar onde vocês são desafiados e encorajados à crescer como pessoas cada vez mais.

Quando alguém tira tempo para ler um blog, eu levo isso à sério.Levo porque também sou leitora e sei o tempo que demanda.Bom gente,a  fofa da Monique decidiu me presentar com o selo Prêmio Dardos.Esse selo carrega um grande privilégio atrelado à uma grande responsabilidade.  

O propósito do selo:



"Segundo o seu criador, o Prêmio Dardo destina-se a “reconhecer os valores demonstrados por cada blogueiro diariamente durante seu empenho na transmissão de valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., demonstrando, em suma, a sua criatividade por meio do seu pensamento vivo que permanece inato entre as suas palavras”.

Quero agradecer à todos que passam por aqui.Esse selo é nosso, galera! Sim, nosso! Vocês sempre trazem à tona algo que eu possa escrever ou uma idéia que eu possa desenvolver seja através de um post, um comentário, um e-mail ou sugestão. 



E quem vai levar para casa são os seguintes blogs [ esses sabem fazer ao vivo]:












terça-feira, 23 de outubro de 2012

Episódio de hoje: Hierarquia- parte 2

Para conferir a primeira parte, clique aqui

Estávamos nos ajeitando para ir dormir.Coloquei o Turbo na cama dele e ele gosta quando eu fico acariciando-o porque ele fica super hyper antes de dormir.Quando o pet estava caindo no sono....

M:Mas olha, ela coloca o Turbo pra dormir, fica acariciando ele, mas o big ka-show-who*[ele mesmo] que é bom, nada né?
 G: Valha, eu lá sabia que tu gostava de ser acariciado antes de dormir?
M: I do. Pet me! 
G: Porque você gosta de ser acariciado?
M: Porque é bom, acalma os nervos.
G:?! kkkkkkkkkkkkk!!!

Agora quando sentamos para assistir filme é uma verdadeira competição para ver quem vai ganhar carinho da fêmea:

Se o cachorro vem e indica que quer um chamego, o big ka-show-who pede para eu ficar assim com ele tb.

 Quando eu estou acariciando o big ka-show-who, o Turbo coloca a cabeça debaixo da minha mão.

Agora é uma mão no cachorrão e a outra no cachorrinho.

Como o negócio está tão acirrado, vou começar a fazer chantagem dos dois lados ou trocar favores daqui pra frente. Hahahaha!

FONTE/SOURCE:GOOGLE


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O que não me pertence.

Gente, hoje é um post daqueles.Not your typical Friday post. Talvez seja um assunto muito batido,mas vou falar mesmo assim para que outras pessoas entendam também.Elas podem ser novas na área e lidam com o mesmo problema.

Gente, o que é amizade hoje em dia?Como é que você define um bom amigo? Não estou dizendo que tem que ser perfeito, mas amigo pra mim é alguém que tá ali para o que der e vier.Esses dias andei descobrindo quem eles realmente são.A lista de convidados do meu aniversário[em janeiro de 2013] sofrerá muitos cortes.Na verdade nunca sei com quem vou passar o Natal, o Ano Novo e meu aniversário.Isso costumava me incomodar bastante, agora não me abala.Para falar a verdade até  gosto, significa que estou conhecendo pessoas diferentes.

Eu detesto aquelas pessoas que parecem que estão no piloto automático.Eles dizem, mas não sabem fazer ao vivo,ou como eles dizem em inglês: Overpromised, underdelivered.A agenda é mais importante, às vezes a mentira é mais importante.Estou começando a acreditar que na Flórida[deveria dizer no Sul?!] a falsidade é um estilo de vida. Tem que ser porque as pessoas mentem por tão pouco que chega a ser ridículo!Fingem ser uma coisa na sua frente e depois te alfinetam pelas costas.Sinceramente, não tenho tempo pra isso.O engraçado é quando você pega o indivíduo na mentira, eles ficam com raiva, todos defensivos e acham que você é que é o problema.Santa negação!

O diretor da empresa em que trabalho é de New Jersey e ele disse abertamente nos treinos que achava a coisa mais estúpida do mundo quando alguém fazia alguma coisa de errado e ninguém fazia essa pessoa ser honesta consigo mesma.Ele disse:

 "Ora,não disse que ia fazer? Não prometeu? Então seja honesto consigo mesmo e não espere que as pessoas passe a mão na sua cabeça. Se você é do tipo de pessoa que quer que os outros te façam se sentir constantemente bem e passar a mão na sua cabeça, você não dá pra trabalhar pra mim. Porque eu faço os meus líderes, supervisores e funcionários se sentirem desconfortáveis.Uma pessoa que só gosta da zona de conforto já estagnou na vida. Desconforto é a plataforma para o crescimento."

Uma pessoa que mora na minha rua estava super interessada em saber como ele poderia trabalhar para a minha empresa.Ajeitei tudo pra ele.Furou 6 vezes.Quando eu batia na porta dele, ele e a mulher em casa e nenhum abriam a porta.Sim, várias vezes deixava eu e o meu esposo do lado de fora.Meu marido viu ele no quintal uma vez e ficou batendo na porta e ele não abriu.

Detalhe, quando vinham aqui em casa traziam comida, traziam até treats pro meu cachorro meu povo! Teve uma vez que eles trouxeram uma caixa de treats pro Turbo.Como é que alguém muda da água pro vinho assim? 

Será que eles são programados? Será que essa hospitalidade é de piloto automático? E o que dizer das pessoas que me disseram: 

"Olha,qualquer coisa estamos aqui.É só ligar.Se precisar, é só avisar!" 

Eu não sei vocês, mas eu sou do tipo da pessoa que põe as palavras dos outros à teste.Não pra ser má, mas porque eu acho que eu não deveria ter que ficar me perguntando: quando ela(e) disse isso, será que ele quis dizer isso ou aquilo? Se a pessoa não vai fazer,não quer fazer, então não diga.Precisei da ajuda de pessoas ditas amigas, que me amam e que na coisa mais simples do mundo não podem me ajudar.Aliás, até podem, mas não querem. Eu acho que no Sul eles deveriam dizer:

"Se você precisar de alguma coisa, pode ligar, contanto que não seja inconviente para a minha agenda."

E outra, eles dizem que não pode, que isso ou aquilo mas geralmente terminam com a frase:"Mas espero que você alcance seu objetivo", " mas espero que alguém apareça para lhe dar uma ajuda". Gente, na boa, quando eu escuto essas coisas, me dá vontade de falar palavrão, mas que tipo de amigo é esse, pelo amordi? 

Para mim a tradução é assim: "eu não quero essa batata quente no meu colo mas espero que alguém pegue porque eu não quero ser a pessoa que deixou a batata cair no chão".

Eu tenho um amigo nova-iorquino que não tem muitos amigos, mas ao mesmo tempo eu gosto muito dele porque eu sei onde estou pisando.Quando eu peço algo à ele e ele não quer fazer ele diz: Ah, faço não Taí,mas não faço de jeito nenhum.Não conte comigo pra isso, vou nem lhe enganar! Já os sulistas vão dizer que não pode, que estão ocupados, que tem outras coisas, que outra coisa apareceu em cima da hora, etc.Isso sem contar quando eles simplesmente acham que não tem problema nenhum não retornar sua ligação ou textmessage.Não sabe o que dizer?Simplesmente não responde.Onde já se viu?

O nova-iorquino fala as verdades mas aguenta também. Com os sulistas é assim: se eles falam, é sinceridade. Se você fala, é grosseria, tá forçando a barra.Eu achava que esse problema era só comigo mas fui on-line e descobri um bocado de gente do Norte/Nordeste do país que veio pra cá e não consegue entender esse jeito deles.

Se o meu marido for desse mundo primeiro que eu, já decidi. Estou deixando o Sul de vez, porque esse estilo de vida no piloto automático definitivamente não me pertence.

FONTE/SOURCE:GOOGLE 


Se você mora/morou no Sul/Sudeste dos EUA e viveu algo parecido ou está vivendo, conta aí pra gente.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Frase da semana

"O covarde nunca começa.
 O preguiçoso nunca termina.
 O guerreiro? 
 Nunca desiste."

[Frase de abertura da Convenção dos Milionários em Treino- Orlando, Flórida].


FONTE/SOURCEl GOOGLE

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Você se casaria com você mesmo?

Oie gente,hoje venho trazer um texto que achei super interessante, de auto-análise para todos nós.Muitas vezes tentamos mudar o outro ou só olhar para o defeito do(a) esposo(a). E quanto à gente? Será que não  é hora de olharmos para dentro de si? Como já dizia querida Sueyne, quando eu mudo, o outro muda também

Grande abraço!
Gisley Scott.

 

Texto extraído do blog Géssica Barradas - O blog do seu relacionamento.    

Publicação autorizada pela blogueira. 

Créditos: Géssica Barradas.

 

 

Você se casaria com você mesmo?


Você se queixa do seu relacionamento e do seu parceiro (a) constantemente?
Gostaria que você neste exato momento, parasse só um pouco e refletisse: Você se casaria com você mesmo? 

Quantas vezes você já parou para se auto-avaliar dessa forma? Vamos por parte. Primeiro: O que você entende sobre auto avaliação? O dicionário online Wikcionário diz que, auto-avaliar-se é fazer uma avaliação de si próprio, tanto no aspecto positivo, quanto no negativo, não omitindo aspectos importantes a respeito de sua forma de agir e pensar. E Agora? Ficou mais fácil responder se você já se auto avaliou antes?

Se soubéssemos a importância da auto avaliação na nossa vida pessoal e no relacionamento, faríamos uma diariamente. Verdade, diariamente. 

Costumamos a julgar a ação do nosso próximo, olhamos com muita facilidade a falha do outro, mas não temos a coragem de olhar para dentro de nós mesmos. Talvez o medo de descobrir seu verdadeiro Eu impeça tal ação.

"Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão." Mateus 7:1-5

Até a palavra (Bíblia sagrada) de Deus nos ensina que devemos nos auto-avaliar, não podemos ver os defeitos das outras pessoas e nem jugá-las, pois nós também somos seres humanos falhos. Devemos ter a sabedoria de nos corrigir para que, com testemunho de vida, consigamos ajudar o outro a ser melhor.

Você se casaria com você mesmo? 
A pergunta que não quer calar... Você seria um "bom partido" ao seu ver?
Quando nós estamos na face da paquera, tudo é diferente, você se torna a pessoa certa para o seu pretendente, pois você não quer perder aquele "bom partido". Faz coisas que até você mesmo dúvida ser capaz. Mas faz por sua conquista. O outro se torna algo importante e que você não mede esforços para conseguir conquistá-lo de uma vez por todas. 

Mas...
Isso tudo muda depois do casamento. Pois o que deveria ser eterno, passa a ser algo banal... A conquista diária. Me parece que as pessoas se dão por satisfeitas e por este motivo relaxam totalmente. Engordam, não têm o mesmo cuidado de se arrumar para o outro, se perfumar, moderar o tom da voz, investir em carinho e presentes, em cuidados... Simplesmente se largam... E em algumas situações isso acontece antes mesmo do casamento. 

E então, analisando o seu perfil, a sua educação, a sua condição financeira, a sua formação, seu comportamento, seu modo de se vestir, seu jeito de tratar as pessoas, seu corpo, seus cabelos, seu hálito, sua higiene, seu humor, sua inteligência, seus amigos, seus vícios, seu emprego, as suas unhas, seus dentes, sua autoestima,..., entre muitos aspectos que poderão ser analisados por você. 

Qual é a conclusão de sua análise?
Você se casaria com você mesmo?

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Pseudo experts

Estive pensando essa semana como o avaliar de serviços e produtos era feito mais na base pessoal, através de afirmações feitas por amigos, familiares, colegas de trabalho.
FONTE/SOURCE:GOOGLE
 
 
Hoje as coisas mudaram.Com o avanço da internet, qualquer coisa é checada on-line e é levada à sério, às vezes até demais.Lembro-me de conversar com alguém que me disse que conhecia um casal que só ia à um restaurante depois que checassem todas as reviews sobre ele on-line.Se o tal restaurante tivesse um comentário negativo, eles não iriam. Eu pensei: nossa, taí como são espertos! Mas depois que parei para analisar melhor, eu mudei de idéia.Porque? Porque aquela pessoa que fez o comentário bom ou ruim é uma pessoa estranha e cada pessoa vai à um lugar com expectativas diferentes porque as pessoas são diferentes.O que é bom pra mim pode não ser pra vc.Então pq eu deveria  basear a idéia que tenho sobre um restaurante/serviço ou estabelecimento na experiência de outrem?
 
Digo com toda sinceridade.Já fui à restaurantes com ótimos comentários cuja a experiência  foi terrível.Tb já tive experiência maravilhosa com restaurantes que tinham péssimos comentários.No mundo on-line, quem tem teclado é rei! Qualquer pessoa pode colocar uma má review porque é concorrente daquele estabelecimento, porque não gostava de trabalhar lá,porque foi demitido, porque não gosta do dono ou às vezes só por pirraça mesmo, pq deu chilique no restaurante/estabelecimento e não conseguiu o que quis.
 
Sim, eu conheço gente que já fez isso.Conheço gente que até ganha dinheiro com isso.Vejo esses tipos de trabalho oferecidos no Craigslist o tempo inteiro.Um amigo que trabalha com recrutamento viu um anúncio de uma pessoa procurando por emprego e o currículo dele parecia impecável.Trocaram alguns e-mails e marcaram um horário para uma possível entrevista.Bom, o candidato não apareceu e nem ligou.
 
Segue o diálogo do meu amigo e o candidato furão.
 
A: Oi fulano.Tá tudo bem?
C[em tom desinteressado]: Sim.
 
A: Marcamos de nos encontrar às[disse o horário] e você não compareceu.Você não é o tipo de pessoa que faz um compromisso e não aparece, é?
 
[detalhe: dentre as habilidades listadas no currículo do candidato era que ele tinha excelente habilidade de comunicação, determinado e responsável].
 
 
C: Bom, eu li algumas coisas a respeito da sua empresa na internet que achei de caráter duvidoso.
 
A: O que você acha de caráter duvidoso sobre a nossa empresa?
C: Eu li que vocês fazem isso e aquilo.
 
A: Entendo que você tenha lido isso, mas você acha que tem informação suficiente para dizer que a empresa tem caráter duvidoso quando você nem apareceu para uma entrevista e nem teve a consideração de ligar?
C:Não.
 
C:Gostaria que você me desse mais informação se não se importasse.
A:Isso é irrelevante agora.Você perdeu esse direito quando decidiu não comparecer à entrevista.Desejo a você o melhor na sua jornada profissional.Tenha uma boa noite!
 
C[todo murcho]: Obg... boa noite.
 
Essa pessoa perdeu uma excelente oportunidade de trabalhar para uma empresa com carreira promissora  e espaço para crescimento profissional porque foi pela cabeça dos outros.Ao invés de ir na página da empresa e ir no institucional, ele[como muitos fazem por aqui] decidiu ir procurar comentários sobre a empresa no google.
 
Esse candidato dotado de excelente habilidade de comunicação, determinado e responsável se revelou ser uma pessoa totalmente ignorante, maria vai com as outras e indolente.
 
A empresa maravilhosa.Candidato ler algo negativo.Perdeu uma oportunidade.
 
Meu amigo lê currículo impecável, candidato aparentemente qualificado.Uma furada em potencial.
 
Tá vendo como você não pode acreditar em tudo o que se lê?
 
Creio que a melhor forma ainda é ao vivo e a cores.Não tire conclusões baseadas na experiência do outro.A melhor experiência para contar é aquela que vivemos por nós mesmos.
 
 
"A experiência é necessária para saber-se qualquer coisa."- Sêneca.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...