domingo, 18 de setembro de 2016

Ninguém nos avisou



FONTE:GOOGLE

Abro o jornal e te encontro nas notícias. Você morreu.Entre os sintomas apresentados, a indecisão, vingancinhas infantis e a insegurança te puxaram para o buraco de vez. O nutrir relacionamentos disfuncionais se tornou a tua religião enquanto as pessoas do bem eram expulsas do teu templo. E eu fiquei aqui, vendo o circo pegar fogo, de camarote.Ninguém podia te dizer o contrário. Para uma pessoa que lida com insegurança, você é bem cabeça dura. Se recusa a ver que está errada. Este orgulho ainda vai te custar muito na vida.

Amante da negação, eu te vi derramar frustrações em baldes furados, mergulhar em amizades rasas e obter atenção numa audiência plástica. Foi onde eu me dei conta que há uma grande diferença entre  ser e o escrever. 
Descanse em paz. E que entre nós fique a escrita.  

Abro o jornal e te encontro nas notícias. Você também morreu. Os sintomas apresentados constam de amargura, chantagens emocionais e orgulho. Você, assim como a pessoa morta acima, quis algo de grande valor mas não queria abrir mão das carniças que te impediam de alcançar isso. Porque você teria que tomar responsabilidade e isso te tira da cadeira de vítima. Foi onde eu me dei conta que existe uma grande diferença entre o regar e o exigir.
Descanse em paz. E que entre nós fique a escrita. 

Olho pela janela, tocando a xícara de leve. O café adocicado compõe o menu da ruptura. Ninguém nos avisou que as coisas mudariam.O tempo mostrou que sim. 

Vão-se os anéis e ficam os dedos, e isso já está de bom tamanho pra mim.

7 comentários:

  1. Huruuuuuuuuuuu. Morra a autonegação. 👏👏👏👏👏 Parabéns pela postagem Vi.

    ResponderExcluir
  2. Ohn, tão querida :') Fico mesmo feliz por ter esse feedack tão bom. Obrigado!
    Sim, escrever um livro é um dos meus planos de vida :P Vamos lá ver :D

    Também escreves como ninguém!!! Os meus parabéns :')

    NEW FASHION POST | How To Wear Trench Coats.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miguel!!! Sim, sim, sim!!! Escreva um livro!!! Vc tem jeito pra coisa. Pra falar a verdade, você tem o dom!!! When it comes to good writing, they have a saying in America: it takes one to know one. Tenha uma ótima semana!

      Excluir
  3. Olá, Gisley! Tudo bem?

    Gostei bastante do texto, de verdade. Me fez refletir sobre ações minha e outras de pessoas à minha volta. Realmente não nos damos conta do quanto estamos não só fazendo mal para nós mesmo, mas sim para o todo no geral. Que esse texto venha a abrir a mente de muitos, como abriu a minha. E que vá além, faça com quê nós venhamos a mudar certas ações, pensamentos e até mesmo modo de viver.

    Uma ótima semana para você! Fica com Deus!
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Renato, tudo joinha? Esse texto saiu de um desafio proposto por uma blogueira com o intuito de fazer os leitores a escrever algo fora da nossa zona de conforto. Fiquei feliz que o fiz!!! Acredito que um dos grandes problemas de hoje na sociedade é a mentira de que as nossas ações só afetam a nós mesmos e mais ninguém e vc tratou isso nos comentários. Esse era um dos objetivos do conto. Tenha uma ótima semana!

      Excluir
  4. Uaau! Que texto! Amei! Já compartilhei no meu twitter e com certeza o lerei outra vez. Pensei em várias mortes que presenciei com os mesmos sintomas citados. Masa nós só cabe a escrita mesmo, se a pessoa não quer mudar por ela, não podemos fazer nada.
    Parabéns pelo texto! Gostei demais mesmo!
    E obrigada por visitar meu cantinho também.
    Beijos e sucesso para você!
    Tamara
    Blog Tamaravilhosamente

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...