terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Ele disse a opinião dele, agora é a minha vez!!!! (parte 1)

FONTE: GIFSOUP

GIFSoup








No final do mês passado rolou um frenesi no fb sobre um artigo de um americano sobre a sua visão do Brasil. Muitos dos brasileiros concordaram com tudo ou a maioria das coisas que ele mencionou na sua lista, porém... eu creio que esses brasileiros não viveram aqui o suficiente para ver algumas mazelas que esse país apresenta. Hoje eu mostrarei o lado B do país do bonitinho que escreveu o artigo que muitos tomam como verdade absoluta sobre o Brasil.


Disclaimer(AVISO): se você vive num Estados Unidos cor de rosa, que é lindo e não tem defeito na sua cabeça, esse post não é pra você.Tenho certeza que algumas pessoas vão se identificar com algumas coisas que eu vou contar aqui. Uns mais e outros menos. Nas linhas abaixo confira o que os meus 5 ANOS DE EXPERIÊNCIA em terra americana tem me mostrado.
 

Vamos ao artigo:


Um americano que morou em São Paulo por três anos resolveu criar um lista com motivos pelos quais odiou viver no Brasil. Ele é casado com uma brasileira e não gostou muito da experiência. A lista inicial tinha 20 motivos, mas um fórum gringo resolveu continuá-la.


1a observação: os dois primeiros anos morando fora de um país são de total laboratório cultural. Há muita resistência, a pessoa bate muito de frente. São os dois piores anos da adaptação ao meu ver.3 anos não é muito. O 3o ano é o ano que as coisas começam a entrar nos eixos, que as coisas começam a fazer sentido do ponto de vista cultural. Não é que a pessoa concorde, mas ela passa a respeitar pois entendeu que aquela cultura é diferente da sua.






1- Os brasileiros não têm consideração com as pessoas fora do seu círculo de amizades e muitas vezes são simplesmente rudes. Por exemplo, um vizinho que toca música alta durante toda a noite… E mesmo se você vá pedir-lhe educadamente para abaixar o volume, ele diz-lhe para você “ir se fud**”. E educação básica? Um simples “desculpe-me “, quando alguém esbarra com tudo em você na rua simplesmente não existe.

Nos EUA: eles também não tem consideração com ninguém que não faça parte do círculo de amizade deles.AMERICANO GOSTA MUITO DE PANELINHA!!!! SÍNDROME DA PANELA, DEMAIS!!!!! Se você chega em um lugar procurando alguém e há um grupinho de gente conversando, eles irão continuar conversando entre si ...como você fosse uma parede, não perguntam se você precisa de ajuda, se você está procurando alguém,nada. Se você for uma pessoa nova no grupo, eles manterão a conversa entre eles falando de pessoas que você não conhece. Ao invés de abrir e envolver todo mundo, é muito comum ver em um grupo apenas 2 pessoas mantendo a moderação da conversa enquanto todo o resto escuta e fica de fora. Que consideração!

Aqui embora não role música alta rola muito bate boca. Depois das 22hs. E as pessoas não tem nenhum senso de lavar roupa suja em outro lugar. Se você mora em apartamento, você escuta tudo. Você vai e bate na porta, silêncio absoluto. Você volta pra casa, 5 minutos depois eles estão se esguelando,altos palavrões.Sim! o tal do sh**, o bi***, o fu**, as****** e por aí vai.

Pouco importa se tem idoso, se tem criança dormindo. E falo isso no dia de semana e não no fds. Sim.Eles esquecem que outras pessoas tb pagam aluguel- condomínio.Você chama a polícia( sim porque aqui só vai chamando a polícia nesses casos), aí o cara tem que ameaçar levar um preso pra poder a pessoa parar.

No Brasil quando alguém esbarrava em mim sempre pediu desculpa. E eles tem um tal de pedir licença as vezes bem arrogante, não sei se alguém já notou na tonalidade deles.Às vezes você está olhando algo na loja e a pessoa solta aquele: eeexxxxcccuuuussseee meeee.... Como se você  tivesse decidido que hoje seria uma ótimo dia pra ficar na frente deles e dificultar a vida deles.

2- Os brasileiros são agressivos e oportunistas, e, geralmente, à custa de outras pessoas. É como um “instinto de sobrevivência” em alta velocidade, o tempo todo. O melhor exemplo é o transporte público. Se eles vêem uma maneira de passar por você e furar a fila, eles o farão, mesmo que isso signifique quase matá-lo, e mesmo se eles não estiverem com pressa. Então, por que eles fazem isso? É só porque eles podem, porque eles vêem a oportunidade, por que eles querem ganhar vantagem em tudo. Eles sentem que precisam sempre de tomar tudo o que podem, sempre que possível, independentemente de quem é prejudicado como resultado.

Primeiramente, posso rir???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!

NO, BUT SERIOUSLY...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!

NOS EUA? São agressivos sim. O "direito deles" vem acima do coletivo sempre.E outra, isso é até de americano para americano.Na mente deles, o outro não tem direito e sim ele.E todo mundo tem que cooperar para que o direito dele seja exercido e com muita rapidez.E os outros que tem o mesmo direito? QUE SE LASQUE! O DIREITO DELE É MAIS IMPORTANTE QUE O DO OUTRO.Como o americano é oportunista? Usam do mal humor, da ira como forma de manipulação para ser atendido primeiro, mesmo que o outro que está esperando mais tempo que ele, não tenha dado um piti.Aí o coitado do funcionário que está apenas fazendo seu serviço tem que atender aquele sujeito inconveniente o mais rápido possível que é pra ele sair da loja e não espantar os outros clientes que estão chegando. LINDO... CAPÍTULO FINAL DE FILME COM FINAL FELIZ, VCS NÃO ACHAM?

Pelo menos na Flórida, quando a pessoa está dirigindo numa BR( interstate), eles se recusam a trocar de faixa caso a pessoa esteja dirigindo devagar demais pra eles. Eles dirigem na bunda do seu carro, em tempo de bater, ás vezes fazem até zigue-zague....E mesmo que você dirija dentro do limite de velocidade, eles fazem isso tb. Já teve gente que gritou com meu marido dizendo: MOVE!!!! Quando não tinha ninguém na outra faixa! PURA PIRRAÇA!!!! A PIRRAÇA É TÃO GRANDE, QUE A PESSOA MUDA DE FAIXA PRO SUJEITO PASSAR, AÍ A SIM QUE O SUJEITO PASSA, ELE DIMINUI DE VELOCIDADE E DIRIGE DEVAGAR NA FAIXA QUE É PARA O POVO QUE ESTÁ DIRIGINDO ACIMA DA VELOCIDADE PERMITIDA.

Mas calma eu não terminei.Falemos um pouco mais do sentimento oportunista. O americano não se socializa por afinidade. Esse negócio de afinidade é balela. Associação de amizades é geralmente avaliada pela casa, pelo nível de influência e popularidade que alguém tenha, pelo salário, pelo carro, pelo status, graduação. Por algo que alguém tenha a oferecer. Eles não dão soco em ponto de faca não. Mantém no seu círculo de amizades até seus inimigos pq as vezes os inimigos tem gente influente que eles podem acabar conhecendo tamanha é a síndrome do oportunismo. Tb existem aqueles que MANTÉM CONTATO COM VC SÓ O SUFICIENTE. Não dizem que não querem ser teu amigo mas tb te mantém por perto só o suficiente CASO PRECISE DE ALGUMA COISA COMO SE MUDAR, REFERÊNCIA DE TRABALHO, ENTRE OUTROS FAVORES. As pessoas são geralmente um meio para um fim. É comum e culturalmente aceito com muita naturalidade.




3- Os brasileiros não têm respeito por seu ambiente. Eles despejam grandes cargas de lixo em qualquer lugar e em todos os lugares, e o lixo é inacreditável. As ruas são muito sujas. Os recursos naturais abundantes, como são, estão sendo desperdiçados em uma velocidade surpreendente, com pouco ou nenhum recurso.

NOS EUA: Já vi gente deixando guardanapo, papel, copo na mesa e não colocar no lixo. E o que falar dos banheiros públicos(de shopping, restaurantes até) que as pessoas não dão descarga, seja lá o que tiverem feito? Sim, já entrei em vários banheiros com presentinhos esperando por mim. E a pessoa sai do banheiro... andando na maior.Sem medo de ser feliz.

E por falar em recursos e estragos, quem ele pensa que é pra falar do Brasil quando o povo do próprio país dele AMA ESTRAGAR COMIDA?Eu nunca conheci um povo tão sem domínio próprio quando se trata de comida. Já recebi visita que estragou comida, estragou café, deixou comida no prato e disse na maior: terminei.

Já vi gente em evento da igreja enchendo seus pratos com 3-4 tipos de sobremesa só pra depois comer metade do que tinha no prato E JOGAR NO LIXO SEM PESO NA CONSCIÊNCIA. Sabe o que eles fazem? Voltam para a mesa das comidas e pegam o segundo prato e repetem o processo. Culturalmente aceito.

E outra eles são sujinhos sim. Já encontrei no meio da rua garrafa de cerveja quebrada, lata de cerveja.Uma vez paramos no estacionamento perto do escritório e tinha uma camisinha usada no chão... EU GRITEI DE TANTO NOJO QUE EU TIVE!

Gente que compra muita coisa e não usa, tem um bocado de sucata em casa. E ao invés de dar a quem precisa, vende. Se não vender, aí sim eles dão pra quem precisa... KKKKKKKK!!!!

Outra falta de respeito ao meio ambiente: tem gente que fuma perto da porta de um estabelecimento. E o povo que passa na porta? Entra mudo e sai calado. Não diz nada. Os que fumam, fumam com aquela cara do tipo: vem reclamar, tô só esperando.Ás vezes são os próprios funcionários que trabalham para aquela empresa.

4- Brasileiros toleram uma quantidade incrível de corrupção nos negócios e governo. Enquanto todos os governos têm funcionários corruptos, é mais comum e desenfreado no Brasil do que na maioria dos outros países, e ainda assim a população continua a reeleger as mesmas pessoas.

Hahahaha! Meu Deus o pior cego é aquele que não quer ver. Se ele pensa que o governo dele não é corrupto, ele tá louco!!! Alguém tá acompanhando as notícias por aí? No Colorado as pessoas estão comprando maconha com EBT. EBT é um cartão de crédito de certa quantia que as pessoas ditas pobres recebem do governo, porém muito deles usam para comer fora, fazer comprar, ir ao restaurante, etc. O governo aqui dá até telefone celular de graça!!!! De onde vem esse dinheiro do EBT? Do povo que TRABALHA E paga imposto todo ano nesse país.Tem gente que usa o sistema porque precisa ou perdeu o emprego ?Tem sim, mas esses não passam anos e anos a depender do governo não. Já outros, usam o sistema como muleta pra serem sustentados. Prova No vídeo. Essa moça é cantora e ela fez uma música chamada Passe o seu Cartão de Benefícios, é de graça!( Swipe your EBT, it´s free) fazendo uma crítica ao sistema. Infelizmente não tem legenda.Ela fala de como o E B T funciona no estado da Califórnia.







Agora falemos de corrupção. Existem várias formas de corrupção nesse país que são socialmente aceitas, geralmente dentro das corporações.Se você é uma pessoa ambiciosa e quer subir na vida, a menos que seu chefe goste de vc e vc puxe o saco dele, não haverá aumento.Se você for melhor que seu chefe, eles vão aumentar as suas responsabilidades para chegar a um ponto que vc não mais dê conta, vão esperar que vc produza mais com poucas horas... Assim você vai acabar cometendo um erro drástico e terá que ser demitido(detalhe tudo isso minimamente calculado) enquanto aquele carinha que não faz nada ganha bônus a torto e a direito, passa o dia no celular, no youtube, no fb, só Deus sabe fazendo o que, não atende cliente nenhum e por isso mesmo fica.


Teve um caso em uma das empresas que meu esposo trabalhou, era uma concessionária. Um dos funcionários vinha trabalhar bêbado, às vezes drogado, roubava gasolina dos carros da empresa que estavam à venda e colocava no dele, mas o RH nunca o demitiu pq ele era muito bom com vendas. Lindo né? Eu sei.É a falsidade que corrompe.


Já ouvi, li e recebi e-mails de meninas que vieram no programa de au pair, a família fechou um acordo com elas mas depois mudaram e prejudicaram a pessoa. Quando eu vim no meu processo de intercâmbio, recebi um email da empresa responsável pelo meu programa perguntando a vários estudantes quem estavam contratando onde eles moravam, pois havia um grupo que tinha vindo do Brasil e de outro país, cerca de 15 estudantes que uma certa empresa contratou e quando esse povo chegou lá, não tinha emprego pra ninguém, foram demitidos antes de começar a trabalhar.Isso foi em novembro-dezembro de 2008. E o dinheiro que foi gasto com todo o programa? Pelo que me pareceu nada foi feito para remediar tamanha falta de consideração.


Mas a corrupção não para por aí não. Um amigo nosso tinha uma empresa que estava indo de vento e polpa e ele tinha acabado de contratar a recepcionista. Meses mais tarde foi descoberto pelo meu amigo que ela colocou a empresa anterior na justiça alegando que tinha sido assediada sexualmente. Depois disso, poucas semanas depois nosso amigo descobriu que ela ficava com um gravador ligado debaixo da mesa pra ver se alguém ia soltar alguma coisa indecente. Detalhe, ela vinha vestida pra matar e ficava flertando com todos os homens de grande cargo da empresa. Na empresa anterior ela entrou com o processo e ganhou e estava com expectativas de conseguir uma bolada com essa tb. Todos os homens passaram a falar somente o básico com ela depois dessa.


Quer falar de corrupção de governo? Assistam Inside Job(Trabalho Interno) que é um documentário que fala sobre o que o governo, os bancos e as casas financeiras juntamente com as faculdades americanas de grande renome fizeram com o dinheiro desse país.Vocês não tem ideia da roubalheira que eles fizeram com o dinheiro do povo!!!!! Teve gente que perdeu sua casa, sua aposentadoria por causa desse cabaré!!!!










6 comentários:

  1. É bem isso.... muito mais fácil falar e criticar o país alheio. É aquela história: macaco enrola o rabo, senta em cima e vai falar dos outros, mas esquece do próprio rabo, rs... Eu vi um documentário esses dias na TV daqui mostrando o quanto é deperdiçado de comida no mundo, dando enfase aos EUA, principalmente naqueles restaurantes que vc pode comer o quanto quiser, que o povo enche o prato e joga tudo fora :-(.

    ResponderExcluir
  2. Oi Gys!!!
    Olha, adorei o teu texto! E mesmo que nao viva nos EUA, assino em baixo em tudo que vc disse.
    Logo quando vi esse fuzue do americano que odiou viver no Brasil, listando todas as coisas ruins, me veio logo na cabeça um monte de coisas que aqui na Europa tambem nao vao bem. E depois tem gente dizendo que è o "primeiro mundo", "mundo civilizado". Quando na verdade, isso aqui mais parece a selva do cada um por si, e que God nos ajude, porque olha, ta dificil o negocio.

    SObre as amizades, a falta de cosideraçao e falta de educaçao, so te conto uma coisa q aconteceu comigo. Eu participava de um grupo, que jogava volley uma vez por semana. Nos saimos, nos encontravamos pela cidade, e tudo parecia normal, se nao fosse pelo fato de aqueles que ja jogavam amais tempo juntos, se juntarem em uma rodinha pra falar das coisas, ou atè mesmo de pedir para eu me afastar porque queriam conversar.
    Ate que um dia foi a gota d'agua, terminamos de jogar, e eram jà 11 da noite, marido deveria ir me buscar de carro, mas nessa noite se atrasou 5 minutos. Estava chovendo, e era inverno.... todo mundo pegou seu carro e foi embora, e mesmo sabendo que eu ficaria ali no meu da rua, sozinha, na chuva tarde da noite, ninguem perguntou se eu queria companhia, ou se queria ligar pro marido, ou uma carona. NADA!
    Mas na hora de pedir alguma coisa, vem todo mundo! Ao ponto de me pedir pra encontrar uma casa pra alugar no Brasil!!
    E' triste.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá Gi!

    Eu não tive acesso a essa lista desse tal americano, mas quanta ousadia haha. Nosso país está longe de ser perfeito, mas ao colocarmos na balança o que há de bom e ruim, na minha opinião a carga positiva supera todo o resto!
    Aqui há um povo receptivo, criativo e mesmo com tantas agruras está sempre a sorrir e lutar pelo melhor que se pode alcançar.
    Existe violência? Infelizmente!
    Problemas sociais? Aos montes!
    Existem corruptos? Infelizmente! E por causa deles todo o caos que se instalou nas esferas públicas em cada estado, cidade, bairro, rua....
    Mas não podemos generalizar, a banda podre não é maior do que esse povo que luta e luta sem esmorecer em meio a tantas dificuldades!
    Me diz onde não há todas essas mazelas??? Utópico! A diferença que muitos são camuflados pela mídia e outros nem tanto!
    E como vc bem disse arrogância é o forte dos americanos!!!
    E pra encerrar, graças à Deus a felicidade de ser brasileira, rodeada de pessoas do bem, alto astral, bem educadas, ricas culturalmente, únicas. As vezes tropeço em algumas imprestáveis mas faz parte (risos). E se formos falar do Espetáculo Natural que Deus presenteou esse país não teríamos fim!

    ótimo post!

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Gisley, adorei o seu blog. Já o estou seguindo e perseguindo. Obrigado pelo carinho de sua atenção lá no meu cantinho.
    Um beijo,
    Manoel - Blog do Óbvio
    http://manofernandes.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Gi, infelizmente sempre teve isso, independente da nacionalidade, condicao de imigrante ou expatriado, comparacoes, e falta de originalidade, por seguir a mesma linha daquele frances que tornou postar sobre o Brasil. Eu sou a favor de comentar algo sobre o novo pais, no sentido, decepcao, peculiaridade, novidade, mas sinceramente...encontrar tantos itens e mencionar, contra um pais alheio, como a Sandrinha disse acima "a historia do macaco" :-) uma boa resposta literalmente. Nao comento por ser brasileira, mas acho tao falta de bom senso de um expatriado, imigrante, ilegal, divulgar tantas versoes, a maioria negativa, de uma experiencia baseada somente na que ele viveu. Vejo como querer compartilhar frustracoes, enfim, a vida e mais facil , a propria pessoa que complica, e ela e tao curta ne? Merece ter o foco para algo positivo, e nao negativo ;-) Fica bem xxx

    ResponderExcluir
  6. Gisley, faz tempo que não apareço por aqui! Mas finalmente estou retomando as minhas leituras.
    Bom, eu lembro desse texto e vi muita gente compartilhando ele no FB e em alguns fóruns da internet. E como gerou pano pra manga, viu?! Mesmo não morando nos EUA eu já tinha uma certa impressão das coisas que você citou. Tenho alguns amigos na terra do Tio Sam e eles comentam exatamente a sua visão. Uma coisa é certa, não existe lugar perfeito nesse mundo, cabe a gente fazer do lugar em vivemos um lugar agradável.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...