quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Ele disse a opinião dele, agora é a minha vez( Parte 2)



GIFSoup





Nesse post continuaremos com a lista do americano que odiou( palavras do artigo) morar no Brasil por 3 anos. Aqui, faço os contrastes entre a terra dele e a minha. Não é comparar, mas mostrar que muito do que ele mencionou rola no país dele, às vezes mais leve ou até mesmo pior.

O artigo você confere na íntegra aqui.

Continuando....

5. As mulheres brasileiras são excessivamente obcecadas com seus corpos e são muito críticas (e competitivas com) as outras.


Americanos... hipérbole em pessoa. Não basta ser obcecado, tem que ser excessivamente obcecado porque do contrário não tem graça. Amam um advérbio seguido de adjetivo... Alguém que mora nos EUA já notou isso?

Me poupe, posso falar a verdade? Não precisa ser brasileira não. Basta ser mulher.Mulher se veste pra outra sim e acabou a conversa, independente de nacionalidade. Isso acontece no Brasil? Sim! Mas acontece por aqui tb. Aqui a competição é muito velada( eu acho que é pior), é na cara de pau. Esqueça esse negócio de mulher bem resolvida, estilo Sex&The City por aqui. Isso aí é televisão.

Se existe um grupo de mulheres juntas e uma mulher atraente, magra, bonita chega na zona, ninguém fala com ela, mas todo mundo fica olhando ela e falando dela entre os círculos da hora que ela chega até da hora que ela sai. Se ela é magra, falam que ela é seca, se é cheinha, fala que ela precisa malhar. Sim, sim, sim... falam de tudo!!!!!

Se você é bonita, magra e atraente, e elas são gordas, elas te odeiam.

Se você é bonita, magra e atraente, e elas são como você, elas te odeiam do mesmo jeito porque na cabeça delas, elas tem que ser a mais bonita, a melhor, a mais rainha, a que tem a atenção de todo mundo pra elas.

Já levei cada olhar torto de mulher mais bonita do que eu que eu marido ficou besta! Coisa de gente mal resolvida mesmo!!!! Coisa de gente que não foi criada para aplaudir, admirar a beleza do outro, o sucesso do outro, o trabalho do outro.

(ABRE PARÊNTESE)
No Brasil, as minhas amigas de faculdade, da igreja eram mulheres lindíssimas, nós nunca grilamos com isso. Muito pelo contrário, elogiava o cabelo, elogiava a cintura, o gosto, o batom, etc.  

(FECHA PARÊNTESE).

Nos EUA se  você tem algo que eles não tem, e isso lhe dá uma atenção que eles queriam ter, você precisa e deve ser eliminado. Essa é a mentalidade. Ande com mulheres americanas na maioria do tempo e você vai ver como isso é comum.Como ocorre o processo de eliminação? Muito simples. Você não é convidado(a) para os gatherings, para os sociais, ninguém te liga, mas na tua frente é aquela falsidade como se vc fosse uma pessoa importante pra eles.

A competição é tão velada que é super presente entre as próprias amigas.Se uma ganha algo do marido, aí a outra faz o marido comprar algo parecido ou melhor pra não ficar por baixo. Se comparam, e nisso até os coitados do marido entram na competição tb pq ... como assim o marido da amiga é melhor que eles? Vocês entendem o tamanho da doença? Isso é muito mais comum no Valentine´s Day. Nossa, é ferrenho!!!!



6. Os brasileiros, principalmente os homens, são altamente propensos a casos extraconjugais. A menos que o homem nunca saia de casa, as chances de que ele tenha uma amante são enormes.

Vocês viram o que eu mencionei acima? Aconteceu de novo. Não basta ser propenso, tem que ser altamente propenso.

Bom, essa aí eu não tenho o que argumentar. Ele está certo. No Brasil, é dito que o homem que não trai não é homem e se o homem é fiel à sua esposa será sim chacotado entre os seus amigos, colegas de trabalho.

Eu conheço um amigo muito querido, muito direito no seu viver que teve que pedir pra mudar de sede onde ele trabalhava porque todos os dias sofria de abuso moral (por parte dos colegas de trabalho) por não trair a mulher. O chefe dele não fazia nada. Achava maior normal ele ser chacotado. Ele falou com o RH e o RH mudou dele mas nada foi feito aos que causaram males morais à pessoa do meu amigo.

Qualquer problema de relacionamento é motivo e justifica a traição por parte do homem, mas vai a mulher fazer a mesma coisa que ela é da vida.

Se a mulher trai, a culpa é dela.
Se o homem trai, a culpa é dela tb.

Se a mulher trai, o homem tem que entrar com o divórcio.
Se o homem trai, a mulher tem que perdoar, pq como assim vai jogar um relacionamento fora por causa de um deslize? Existe uma grande diferença entre deslize e traição.

Quando se trata de EUA, é o contrário. Aqui é a mulherada que é assim. Trai por besteira mesmo.Paquera com outros homens na cara de pau. Já vi amigas casadas fazendo isso. Eu fiquei besta. Para elas, é muito normal. No Brasil, os homens podem tudo, as mulheres não. Aqui é o contrário: as mulheres podem tudo, os homens não.


7. Os brasileiros são muito expressivos de suas opiniões negativas a respeito de outras pessoas, com total desrespeito sobre a possibilidade de ferir os sentimentos de alguém.

A única diferença é que o brasileiro fala na cara. O americano fala nas costas.Ele fala para os outros.E chama isso de ser educado porque não quer ferir o sentimento alheio. Desde quando FOFOCA É TER CONSIDERAÇÃO PELO SENTIMENTO DE ALGUÉM?

 O brasileiro diz ao vivo e a cores. O americano solta piada no Facebook, solta indireta. O americano diz o que pensa, através de uma textmessage gigante ou às vezes ataca a pessoa no telefone, mas nunca pessoalmente, pois é UM COVARDE.

Não sabe tratar o que está incomodando, segura, não diz nada, mas aí explode e diz um monte de coisas de uma vez só e a pessoa fica se perguntando de onde tudo aquilo está vindo, pois na cabeça delas, tudo parecia bem.

Não é que o americano respeita o próximo, é porque ele gosta de viver de aparência. Sua reputação é muito importante pra ele, que na verdade não passa de uma máscara.O pior é quando usam da falsa consideração ( que eu odeio!), tipo, eles levam a questão para outras pessoas na fachada de que eles estão preocupado com o individuo quando na verdade eles querem churrascar a pessoa mesmo.


8. Brasileiros, especialmente as pessoas que realizam serviços, são geralmente malandras, preguiçosas e quase sempre atrasadas.

Aqui não é diferente. Tem gente malandra, preguiçosa e atrasada sim. Gente que trabalha cortando grama nunca chega no horário. O povo que vem instalar tv a cabo, nunca aparece no horário tb ou gente que vem deixar móveis.

Preguiça aqui é muito comum, isso independente se a pessoa trabalha em algo ou não. Já vi às vezes pessoas simplesmente conversando durante a jornada de trabalho enquanto tem cliente que precisa ser ajudado. No Wallmart, os funcionários ficam com raiva se você pedir uma informação. Eles te veem como uma inconveniência.

Tem gente que falta entrevista de emprego na nossa empresa.Não liga, não desmarca, por isso mesmo fica. Quando a pessoa(entrevistador) liga de volta pra saber o que aconteceu, a pessoa não atende o telefone. Não querem dar um prego na barra de sabão mas querem que todo mundo faça tudo por eles e com muita rapidez, principalmente o povo mais novo. São pessoas que não cumprem seu compromisso,desmarcam em cima da hora ou às vezes nem aparece e por isso mesmo fica. Querem todos os detalhes da vaga antes mesmo de serem entrevistados, do contrário não saem de casa... mas querem ganhar bem ao mesmo tempo.

A palavra favorita do americano é zona de conforto. Tudo que lhe peça um pouco mais de trabalho, um pouco mais de esforço é demais pra eles porque eles vivem em uma cultura que abriga a pessoa a ter tudo na mão por muito pouco.



9. Os brasileiros têm um sistema de classes muito proeminente. Os ricos têm um senso de direito que está além do imaginável. Eles acham que as regras não se aplicam a eles, que eles estão acima do sistema, e são muito arrogantes e insensíveis, especialmente com o próximo.

Aqui é o contrário. É socialmente  e culturalmente aceito que a classe baixa e média seja pintada como vítima, mas se você der uma oportunidade para quem estar na classe baixa e média cresça e seja parte da classe alta, eles não tem interesse de mudar. O rico aqui é pintado como opressor, como uma pessoa ruim. Vou ser muito sincera, das humilhações, faltas de educação e de bom senso que recebi do povo aqui, nenhum deles eram ricos.


Bondade não tem nada a ver com status social e sim com a mentalidade da pessoa.Já encontrei muita gente pobre e de classe média que eram pessoas muito ruins e mavaldas, que tinham sim prazer em desgraçar a vida dos outros. 

Das pessoas ricas que eu encontrei na minha vida aqui , todas foram muito bondosas, legais e educadas.Mas essas foram pessoas ricas que subiram na vida com seu próprio suor, esforço e dedicação . O interessante é que entre esses ricos, não existe competição. Eles se respeitam, se admiram pq sabe o que tiveram que fazer pra chegar onde chegaram. Eles, como pessoas bem resolvidas, pegam dicas com seus amigos milionários de como melhorar financeiramente. É outra cabeça.

De novo, aqui voltamos com aquela coisa da competição entre o melhor e o pior. Se tu tem algo que eu não tenho(pobre, classe média), eu tenho que te pintar como opressor(rico), como pior, pq eu não quero mudar mas tb não quero ser visto como uma pessoa  medíocre.   


10. Brasileiros constantemente interrompem o outro para poder falar. Tentar ter uma conversa é como uma competição para ser ouvido, uma competição de gritos.


Isso aqui é uma diferença cultural. Não é que o brasileiro interrompe pra ter o poder da palavra, mas sim porque ele está prestando atenção no que vc está dizendo, está concordando.E outra, aqui tem uma porcaria de uma pausa mal compassada que mata qualquer um. Tem um pausa e você jura que a pessoa terminou o pensamento. Isso é mais comum no telefone. Aí você começa a falar aí a pessoa começa a falar tb. Vc jura que a pessoa terminou de falar, aí ela dá essa pausa e continua o pensamento.


Outra situação muito comum: as pessoas cortarem umas as outras com outros assuntos.Exemplo: supomos que 2 pessoas estão conversando, aí uma terceira pergunta algo que não tem nada relacionado com o assunto interior sem que as pessoas tenham finalizado aquele tópico. Aí eles continuam naquele assunto dali em diante. Agora, isso pra mim, é falta de educação. E acontece demais por aqui.

Outra, os americanos olham pra você, parecem estar prestando atenção no que você tem a dizer mas na verdade eles já estão pensando no que vão dizer em relação ao mesmo assunto. Não há uma validação. Parece que você está falando com uma parede muitas vezes.Isso não acontece só comigo mas tb com meu esposo e com alguns colegas de trabalho. As pessoas tem muita pressa de falar mas ninguém quer escutar ninguém.

Quantas vezes eu tive que dizer: você ouviu o que eu disse? Ou coisas do tipo: você entendeu o que eu perguntei? Porque eles não prestam atenção.



11. A polícia brasileira é essencialmente inexistente quando se trata de fazer cumprir as leis para proteger a população, como fazer cumprir as leis de trânsito, encontrar e prender os ladrões, etc. Existem Leis, mas ninguém as aplica, o sistema judicial é uma piada e não há normalmente nenhum recurso para o cidadão que é roubado, enganado ou prejudicado. As pessoas vivem com medo e constroem muros em torno de suas casas ou pagam taxas elevadas para viver em comunidades fechadas.

Verdade.

Só adicionaria uma coisa em relação ao país dele. Aqui a polícia funciona, para os ricos.Hoje eu moro em um bairro melhor, ligamos para a polícia uma vez e em 5 minutos a viatura estava aqui. Se você mora em bairro pobre e tem briga, tem tiro, eles  levam meia hora ou mais ou a telefonista simplesmente diz que não há viatura disponível.


12. Os brasileiros fazem tudo inconveniente e difícil. Nada é simplificado ou concebido com a conveniência do cliente em mente, e os brasileiros têm uma alta tolerância para níveis surpreendentes de burocracia desnecessária e redundante. Brasileiros pagam impostos altos e taxas de importação que fazem tudo, especialmente produtos para o lar, eletrônicos e carros, incrivelmente caros. E para os empresários, seguindo as regras e pagando todos os seus impostos faz com que seja quase impossível de ser rentável. Como resultado, a corrupção e subornos em empresas e governo são comuns.

Hahahaha! Alguém já ouviu falar de imigração americana ou órgãos do governo? Eu fiz meu processo com advogado e a imigração levou 2 anos pra soltar minha papelada. Tudo eles dificultam. E você que espere...E outra, são super grosseiros.

Agora, no que ele está falando de empresa para cliente no Brasil, isso é verdade.Eles não se importam mesmo não. Aqui é o contrário, os clientes abusam das empresas.Mentem.Dizem que compraram algo numa loja e não trazem a nota fiscal ou nada que comprove que aquela compra foi efetuada ali e se a pessoa não trocar pra eles, eles dão escândalo.



14. Está quente como o inferno durante nove meses do ano, e ar condicionado nas casas não existe aqui, porque as casas não são construídas para ser herméticamente isoladas ou incluir dutos de ar.

Primeiramente crianção, ninguém controla o clima em lugar nenhum.Ficar reclamando do clima é estupidez. É como alguém reclamar que é frio na Rússia mas continuar querendo viver lá. Quanto ao fato de ar condicionado ou a falta dele, sim aqui tem ar condicionado e tb aquecedor mas as casas mas são bem isoladas e a conta de luz vem lá em cima porque o sujeito não vai andar nu em casa durante o verão e tb não vai ficar andando todo empacotado no inverno.Agora deixei-me lhe contar uma verdade:

QUER SEJA INVERNO, QUER SEJA VERÃO, O AMERICANO TOMA BANHO DE ÁGUA QUENTE. PODE ESTAR UM CALOR DOS INFERNOS COMO ESSE AÍ ESTÁ A DIZER, MAS NENHUM DELES TOMARÁ BANHO DE ÁGUA FRIA.


15. A comida pode ser mais fresca, menos processada e, geralmente, mais saudável do que o alimento americano ou europeu, mas é sem graça, repetitivo e muito inconveniente. Alimentos processados, congelados ou prontos no supermercado são poucos, caros e geralmente terríveis.

Ele não qualifica pra falar da nossa comida. Eu já tomei café da manhã em casa de muita gente. Eu não vi fruta na mesa. Eu não vi suco na mesa. É sempre aqueles Bacon, aquelas coisas super gordurosas, cheia de fermento( muffins, bisquets,panquecas), regada à muito óleo.Alguém aqui já comeu gravy? Gravy nada mais é do que óleo da panela que veio do porco  que eles cozinhada ou de outra carne misturada com farinha de trigo.Eles comem que caem pra trás. Acham uma maravilha!

Eu nunca vi suco. É sempre café ou chá gelado.Tem uns que tomam é refrigerante no café da manhã.Se ele acha que a nossa comida é sem graça, ele não conhece o país dele. É inconveniente na visão dele porque aqui tudo é congelado, enlatado ou pegue no drive thru. Então qualquer coisa que peça do americano um pouco de esforço na cozinha não é interessante pra ele.Não é que é inconveniente, ele é simplesmente preguiçoso.


16. Os brasileiros são super sociais e raramente passam algum tempo sozinho, especialmente nas refeições e fins de semana. Isso não é necessariamente uma má qualidade, mas, pessoalmente, eu odeio isso porque eu gosto do meu espaço e privacidade, mas a expectativa cultural é que você vai assistir (ou pior, convidar amigos e família) para cada refeição e você é criticado por não se comportar “normalmente” se você optar por ficar sozinho.

Gente, que exagero.Gostamos de gente sim, mas para cada refeição é esticar a baladeira.Qual de vocês teve gente na casa de segunda à sexta da hora que acordaram até a hora que foram dormir? No sábado ou domingo é comum ter pessoas em casa, geralmente para o almoço. O brasileiro gosta de gente sim.Nós não vivemos pra trabalhar ou vivemos tão atolados com atividades desnecessárias que não tenhamos tempo de nos relacionar. As vezes o americano se preza de ser ocupado demais, mas a ocupação dele geralmente não é ocupação e sim sentar a bunda no sofá e assistir tv, ou ir ao shopping ou ficar na Internet. 


Aqui os relacionamentos são secundários e a agenda da pessoa é mais importante. Não é que é porque é falta de espaço mas é pq o americano só quer ter gente por perto quando lhe favorece. Eles são casados com os seus afazeres e agendas e não mudarão nada. Se socializam quando tem vontade. Isso é tão comum que eles passam de meses e meses sem ver um amigo que mora na mesma cidade, mas fala um com o outro todo dia no fb, o que eu acho ridículo e eles chamam isso de manter a amizade. Não vejo o fator de alguém ser social seja algo pra ser odiado, isso demonstra bastante infantilidade na minha opinião. E se viver no seu casulo sempre foi tao importante, pq se casou com uma pessoa brasileira e foi morar em um país onde o local é conhecido por isso? Vai dizer que nunca soube? Me poupe!


17. Brasileiros ficam muito perto, emocionalmente e geograficamente, de suas famílias de origem durante toda a vida. Como no #16, isso não é necessariamente uma má qualidade, mas pessoalmente eu odeio porque me deixa desconfortável e afeta meu casamento. Adultos brasileiros nunca “cortam o cordão” emocional e sua família de origem (especialmente as mães) continuam a se envolvido em suas vidas diariamente, nos problemas, decisões, atividades, etc. Como você pode imaginar, este é um item difícil para o cônjuge de outra cultura onde geralmente vivemos em famílias nucleares e temos uma dinâmica diferente com as nossas famílias de origem.

Imagino que seja difícil dele entender isso.Eu só acho que ele teria que ter averiguado isso antes de ter casado ao invés de odiar o fato da nossa cultura ser bem família.Na família da minha mãe, todo mundo se ajuda se alguém estiver passando dificuldade. Aliás, essa foi uma das coisas que mais encantou meu esposo sobre a nossa cultura: o cuidado ao próximo, o se importar, o zelar pelo bem alheio.


Essa coisa de família que se mete tem por aqui tb. Tem sogra que não se dá com nora pq a mãe acha que o filhinho dela é perfeito.Quando não é a sogra, é a ex mulher que faz um inferno na vida do marido e usa os filhos contra o pai. Vai procurar na Internet nos blogs pra vocês verem como isso acontece.


18. Eletricidade e serviços de internet são absurdamente caros e ruins.


Verdade.Isso aí ele tá certo.




19. A qualidade da água é questionável. Os brasileiros bebem, mas não morrem, com certeza, mas com base na total falta de aplicação de leis e a abundância de corrupção, eu não confio no governo que diz que é totalmente seguro e não vai te fazer mal a longo prazo.

Hahaha! É por isso que água usada para banho, limpeza.Gente, quem disse que bebemos água da torneira ?Aqui eles bebem sim( acho que foi bem isso que ele fez por lá). Aliás a água que é servida nos restaurantes é de torneira, eles só fazem colocar gelo dentro!O que eu acho um insulto.




20. E, finalmente, os brasileiros só tem um tipo de cerveja (aguada) e realmente é uma porcaria, e claro, cervejas importadas são extremamente caras.


Bom, eu não bebo então quem bebe que se manifeste. Eu só sei uma coisa: Cajuína e Guaraná Antarctica dá de 10x0 em Coca e Pepsi.Grapette é melhor que Fanta Uva.


A PARTE FINAL DESSA BODEGA VOCÊ CONFERE AQUI.

4 comentários:

  1. Sem comentários. Você falou e disse! Eu só posso assinar bem aqui abaixo de todas as tuas palavras! Parabéns.
    Beijos
    Lola

    ResponderExcluir
  2. Gi, olha como sao as coisas, nessa semana mesmo, um um rapaz, colega de trabalho, depois de saber que eu sou brasileira, veio falar comigo e pediu que eu ensinasse algumas saudacoes basicas em portugues, o engracado que ele fez cara de tico & teco quando eu disse para ele tchau :-) Perguntou: -"Mas tchau nao e italiano?" A minha colega italiana que estava ao meu lado disse que brasileiro tambem diz tchau, mas quem inventou a palavra foram os italianos :-) eu apenas sorri, nao gosto de entrar nesse tipo de quesito. Entao ele disse que e o sonho dele ir um dia ao Rio, que acha o sotaque do brasileiro doce, e que as mulheres mais bonitas do mundo estao no Brasil, pois toda brasileira que ele ja viu e bonita. Um fofo ne?! ;-) Enquanto uns divulgam as suas frustracoes, outros mostram os seus sonhos ;-) Fica bem xxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,
      Me perdoe dar pitaco em seu comentário. aqui na Alemanha também se usa o Tchau. (acho que vários outros países usam este forma de saudação).
      E realmente teu colega de trabalho é um fofo. risos
      bjs
      Lola

      Excluir
  3. Gi, mais uma vez seu ponto de vista está fantástico! Dispensa até comentários rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...