domingo, 17 de abril de 2016

No meio de caminho tinha um anjo


Hoje a nossa soundtrack vem lá de Oregon!!!
Solta o som !!!


 
Música: First Snow
  Artista: Emancipator   
FONTE: WEHEARTIT






 E lá veio ela. Sem arrodeios, sem trololós, sem confetes, sem nós. Decidi topar de novo aquilo que tinha me causado muita dor no passado. Pensei: se não der certo, bola pra frente! Hahaha, mal sabia o que me esperava! Ela sempre verbalizava como se sentia em relação aos nossos encontros. Expressava gratidão, amor. Era sincera.E eu? Ferroada de tantas abelhas que vieram antes dela, eu não conseguia sentir nada. Eu apenas expressava respeito e sorria. Achava tão bacana ela ser tão aberta. 
 
Eu me perdi no meu senso de auto-preservação porque lá nada dói.Ninguém me fere, eu não firo ninguém, não é mesmo? Bom assim, quando tá tudo arrumadinho! 
 Mentira, dói sim! Colocar bandaid não resolve nada. Se poupar para não sofrer não resolve nada. Você apenas passa a sofrer sozinho, o que é muito pior.Nos nossos encontros eu notava que ela já não falava mais dos projetos que tinha. A casa de abrigo para  mulheres violentadas ou em relacionamentos funcionais já não era mais new sensation.Um ar mais zen tomou posse das conversas. Eu, incomodada, resolvi perguntar sobre os projetos. Ela disse que tinha dado um tempo, que agora tinha outras prioridades. 
 
Eu sem entender, perguntei a ela do que se tratava pois sabia que ela estava obcecada com aquele projeto. Ela disse que tinha ido no médico e tudo indicava que o câncer tinha voltado, mas que estava calma e tinha certeza que se fosse necessário quimo, ela estava de boa.


  via GIPHY
Naquele momento eu senti como se alguém tivesse me dado um soco na garganta. Eu, que antes, tão frustrada com pessoas que vinham pra tirar tudo de mim agora me encontrava com a possibilidade de perder alguém que tinha dado muito a mim. Nessas horas eu me dei conta que o senso de proteção e merda eram a mesma coisa. Que frescura de rabo, viçagem, orgulho não levavam a nada. Eu voltei pra casa desnorteada, não conseguia parar de chorar. Briguei com Deus.Perguntei, nossa tanta gente no mundo, porque ela? A única coisa que eu ouvi foi: vc caiu do cavalo, não foi mesmo???  


Caí e feio. O medo de perdê-la foi maior que o meu orgulho. Orei e fiz campanha pela vida dela. Foi em outro médico, fez os exames, descobriu que não era câncer mas algo precisava ser removido do corpo. O aniversário dela chega e eu pergunto o que ela quer de presente. Ela não deixa eu comprar nada pra ela, mas me pede que eu seja dama de casamento dela. E só! Chorei outro dilúvio e aceitei. Quando a vi entrando na igreja vestida de noiva minha maquiagem foi pro ralo. Eu não parava de chorar. Eu estava tão grata e  sentindo-me  privilegiada que ela tinha vencido o câncer e agora lá estava eu registrando a união dela com aquele que ela escolheu fazer uma vida. 

Ela foi e tem sido um exemplo  de amor, fé e gratidão. No meio do caminho tinha uma Terri que me ensinou a cair do cavalo. Que me ensinou a me abrir de novo, a colocar pra fora os sentimentos porque o tempo não espera por ninguém. Antes dela casar eu tive oportunidades de dizê-la o quanto a amizade dela trouxe cura pra mim. O quanto ela foi bênção pra mim. 

As pessoas não esperavam que eu seria a dama de honra dela porque ela não era (aos olhos deles) uma pessoa influente, de posses, etc. Esperavam alguém " mais próximo" dela.Fiquei com nojo desse povo.Ela sempre será uma pessoa influente pra mim. Ela tem posses de deixar qualquer milionário no chão.

Quando indagada, respondi de peito estufado : Ela é uma pessoa maravilhosa e é uma das minha melhores amigas. Jamais passaria essa oportunidade.

Foi lindo ver a cara do povo passando mal. Deveria ter filmado e colocado no youtube, mas.... sou phyna! 

No meio do caminho tinha uma Terri.
Ela pensou que eu tinha muito a compartilhar.
No revés da vida quem me ensinou foi ela.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...