quinta-feira, 22 de março de 2012

Mulher brasileira, fácil?



Eu já ouvi, você também. Tanto dos nativos como dos estrangeiros, porém ao estereotipar uma nacionalidade assim, eu me pergunto se os homens estão levando em consideração algumas coisas.Quando se titula brasileira de fácil, é necessário pensar que você, homem brasileiro, tb está incluindo sua mãe, vovó, titia, irmã e priminha.  E a você, homem estrangeiro, é preciso considerar com que tipo de mulher você sai.

Primeiro, quando se diz que brasileira é fácil,fica entendido que as mulheres de outras nacionalidades não são, o que é mentira. Posso contar inúmeros casos de fluorescentinhas pra lá de assanhadinhas que entram na categoria valho R$1,99 e fique com o troco.

Segundo, ao homem brasileiro que diz que uma certa mulher é fácil [porque foi pra cama com ele] me passe a impressão que ele  também não é uma pérola que alguém mergulhou para encontrar ou um diamante numa mina que alguém encontrou por passar horas escavando. 

 Mas a esse tipo de atitude é chamada de ser homem, porque afinal , ele não foi atrás, então ele não vai dizer não[já ouvi muitos dizerem isso]! O engraçado que "o não dizer não" só se aplica pra essa situação, e não para outros casos como drogas,coisas ilegais, desonestidade dentro da empresa,etc.


Não sei como andam as coisas no Brasil atualmente, mas até 2008[ano que saí de lá] era assim que os meus amigos e colegas de faculdade pensavam. Que ser homem é diretamente proporcional ao número de mulheres que o cara leva pra cama.Me desculpe, se ela é fácil e mesmo assim o cara vai pra cama com ela,ele não é homem e sim sucateiro pois dá valor a uma sucata. E a gente atrai aquilo que a gente é. Gente fácil atrai gente fácil. 

Infelismente as revistas femininas, as novelas e a própria mídia dentro do nosso país cai muito em cima da mulher para que ela se torne quase um objeto sexual à serviço da ala masculina, o que ao meu ver em pleno 2012 é inaceitável. Quantas vezes você ou uma amiga sua não ouviu a frase de outras amigas, primas, mães e tias : Minha filha, se cuide porque homem tá difícil! 

Se brasileira é fácil? Sim e não.

Brasileira é fácil nos seguintes quesitos[ não me refiro ao quesito ser R$1,99 e não se aplica a todas as brasileiras]:

Fácil de aturar muita coisa que ela deveria dá um basta - Cansei de ver amigas minhas levando patadas, grosserias e idiotices de namorados, maridos  e até mesmo de irmãos, quando elas deveriam se impor. 

Fácil de cair na conversa dele - O cara mente, já deu cada mancada, é bom de lábia mas não de fazer, mas ela ainda assim acredita que ele tem interesse, que ele vai mudar, que ele vai deixar a mulher pq ele disse que não tem mais vida juntos[e por que ainda vive com ela então?].Por favor, se esse é o seu caso, caia fora dessa cilada.Esse homem não tem ama, ele só te engana,ele é teu pesadelo! 





Fácil de  perdoar infidelidade conjugal - Aliás, já se espera que ela perdoe e quando ela não perdoa é sempre dito: "mas calma, não é por aí, você não pode jogar tudo pro alto e esquecer tudo o que foi construído com uma pessoa por causa de um deslize". EXCUSE ME? 

Deslize? Me poupe!!! Quando a pessoa trai, ela não comete só um deslize, ela na verdade, já jogou tudo pro alto em nome de uma aventura. Pra quê ficar casada com um homem infiel quando existem homens inféis em qualquer esquina desse mundo? Se ele é infiel, nada difere dele dos demais. Virou farinha do mesmo saco.

Nesse ponto eu bato palmas para os americanos : vacilou, dançou! Não quer viver mais comigo e arranjou outra(o)? Pois pegue suas coisas, saia da minha casa agora e me mande os papéis pra eu assinar.Abandonar pra viver com alguém e me deixar aqui vc não vai não!

Agora falemos do homem brasileiro do Nordeste.Vou falar agora precisamente de onde vivi Fortaleza, Ceará  [até 2008], que é onde eu tenho vivência e coisas tb que escutei das minhas amigas.Podem ser que as coisas tenham mudado pra caramba desde lá pra cá.

Não vou falar dos homens dos outros estados porque não morei em outros estados.Quem quiser adicionar alguma coisa sobre os homens do estado em que você mora ou morou, fique à vontade.

Bom, até 2008, quando se tratava do homem cearense, ele:

É fácil de ser maria vai com as outras - Verdade seja dita, ele se importa demais com que os amigos pensam dele.Cede a pressão fácil e vai contra os próprios princípios às vezes só pra não ser rejeitado, mesmo que isso custe um casamento, a família ou outras pessoas saiam emocionalmente feridas.

É fácil de trair a namorada/esposa por besteira - Uma briga ou meses de desentendimento é suficiente para que a namorada/esposa entre no chifre.Vai em busca do que é melhor pra si ao invés do que é melhor para o relacionamento. 

É fácil de atirar para todos os lados, bem irmão Metralha mesmo - Muitas das minhas amigas[e eu tb] ficávamos cansadas de verem esses homens se transformarem em eternos Don Juan. Ser cortejada por esse homem é um verdadeiro Jogo da Vida, hoje vc é professora universitária, amanhã vai passar 2 rodadas sem jogar, e quando se der conta, ele já estará namorando outra e vc não entendeu porque ele ficou te mandando todos aqueles sinais confusos de que tinha interesse. 

É fácil de se acomodar depois que começa a namorar - Há muito interesse, muito chaveco, muito romantismo antes mesmo do namoro. Ele se transforma num verdadeiro Pepe Le Piu,mas depois,ele começa ver as necessidades da namorada como cobrança. 

É fácil de esperar que a esposa/namorada mude por ele, mas ele espera que ela o aceite como ele é - Existem certos tipos de comportamento que ele espera que a sua esposa/namorada não tenha, mas se ele as têm, ela tem que aceitar ele "do jeito que ele é".

É fácil de abrir brecha para as raposinhas - Brinca muito com o fogo, fica dando abertura para o sexo oposto se aproximar demais, ter muita intimidade, etc e depois diz que é só amizade, não é nada demais, que a mulher é que está exagerando, mas se a mulher tivesse um amiguinho assim, ele acabaria o relacionamento. 

É fácil de concluir que ele tem direito a certas regalias porque ele nasceu homem - essa é a pior de todas na minhas opinião, não apenas porque ele acredita nisso mas porque os pais criam assim, principalmente as mães. Veja que a mãe cria a filha para ser digna de um homem, mas o filho é tão reizinho que não tem mulher que mereça ele.


O estereótipos não ajudam por causa das maçãs podres que sabemos que existem por aí. As demandas e  exigências que a cultura brasileira impõe beira à  julgo insuportável e força-nos  a acreditar que se algo sair errado, a culpa é da mulher.


Agora me diz meninas: é fácil ser brasileira?

20 comentários:

  1. Um tapa na cara da sociedade esse post. Pois bem, vivemos (viviamos) infelizmente numa sociedade machista onde a mulher é fácil o homem é garanhão. Ele sai a noite pra beber com os amigos e a mulher fica em casa cuidando dos cinco filhos. Eu acho que as coisas tem mudado no Brasil, que as mulheres tem mostrado que não toleram mais essa atitude, afinal o casamento, relacionamento deve ser de ambas as partes.
    Mulher brasileira fácil?? Não, acho que é uma questão de personalidade e comportamento, pq eu consideraria muitas amarelas facilimas, aliás elas se prostituem por muito pouco, alcoolizadas minha filha... Já escutei cada barbaridade que essas mulheres contam sobre a noite selvagem sueca e nem por isso acho que todas são assim. Essa "facilidade" é uma questão de se dar o respeito!

    Beijo grande

    ResponderExcluir
  2. Acho que nao eh questao de ser facil... mas brasileira se joga em cima de gringo. O que eu ja vi la em Fortaleza... e o que eu ja vi aqui na Inglaterra... Jesus. A mulherada ta desesperada, querendo homem, dinheiro, sei la... ou deve ser so as loucas que eu conheci por aqui. Haha. Ha excessoes, claro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelismente a nossa cultura diz que ter homem é como ganhar na loto, Cíntia. Ainda bem que não fomos vítimas da mentira.O que tb tenho visto é que algumas mulheres não sabem apreciar a compania de si mesmas e acham que tem quer um carinha de lado e acabam comprometendo demais. Bjos!

      Excluir
  3. Nao eh facil ser mulher no Brasil. Principalmente porque os homens sao em sua grande maioria machistas e preconceituosos. E infelizmente hoje em dia, o que vemos sao mulheres que nao se valorizam como deveriam. Aqui tambem tem muitas mulheres assim, mas sao bem menos que no Brasil. E os homens americanos tambem sao muito menos machistas, ate porque as mulheres americanas (a maioria) nao aceita homens assim. Eu vivi por 3 anos em uma regiao do Brasil (interior de Goias), onde tinha mais piriguetes por metro quadrado no mundo inteiro. Nesta cidade de pouco mais de 3 mil habitantes, era comum meninas de 10 anos terem filhos. Conheci uma dessas, que com 13 anos ja tinha 3 filhos, cada um de um pai diferente. E isso eh comum la, natural e aceito pela sociedade e ate pelos pais dessas criaturas. Assim como esta cidade existem muitas outras no Brasil, principalmente no nordeste e demais regioes mais pobres. Cada vez mais as mulheres estao se auto desvalorizando, principalmente as mais jovens (10, 12, 16 anos), basta ver as festinhas que frequentam, tem um otimo exmplo na novela da 8, Fina Estampa, onde a pesonagem adolescente Sol, so quer saber de shortinho curto e frequentar bailes de funk. As meninas de hoje em dia estao descobrindo muito cedo a sexualidade e quando se tornam realmente mulheres, o estrago ja esta feito, a personalidade ja esta formada e os sonhos destruidos. Quem eh que vai valorizar no futuro uma mulher que foi mae soltira de varios homens aos 10, 12 anos de idade? Ninguem. Quem quer ser valorizado deve fazer por isto. Gostei muito do seu post..!

    ResponderExcluir
  4. Gi,
    Eu gostaria de ir um pouco adiante na discussão. Ser mulher hoje em dia não é fácil, seja no Brasil, os US, na Turquia ou na Alemanha.
    E refiro-me a uma mulher digna, honesta, que cuida do seu lar, da sua vida pessoal, do seu trabalho com a destreza de um bom malabarista e ainda caminha sob um belo par de salto alto.
    Não me incomodo com as desesperadas, as vulgares, as caça-níquel, sinceramente, não as enquadro na categoria mulher, acho somente que elas tem uma periquita entre as pernas e that's it!
    Mulher pra mim tem que ter gloss na boca mas conteúdo na cabeça. Tem que ter fé em Deus, fé na vida e bondade no coração. Tem que ter sabedoria pra ganhar e humildade pra perder. Tem que ter elegância, inteligência, auto-estima e uma dose saudável de vaidade. E todas essas características vão ajudá-la a escolher um bom homem.
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
  5. Gi, post excelente...sim, as coisas estão mudando, mas aos poucos...isso pq mentalidade é algo que muda muito lentamente e os homens aqui na Bahia parece que ficaram parados no tempo. Para mim, a mudança tem que partir das mulheres. Quando a gente não aceita determinadas atitudes, fica tudo "preto no branco" e o cara sabe até onde pode ir com vc. Converso bastante com meu marido sobre isso e pode acreditar, ele sabe exatamente onde tá pisando. A mulher brasileira precisa se valorizar mais sim. Claro que não falo de todas, pq toda unanimidade é burra. Falo de uma parcela que ainda se acostuma ao foto de ser maltratada e usada para depois virar lixo. Não aceito esse tipo de coisa e procuro passar para os meus alunos (meninos e meninas) que o ser humano (homem e mulher) tem que valorizar e ser valorizado. Beijos, lindona...como sempre, amo os seus posts. ♥

    ResponderExcluir
  6. Que linda foto vc colocou no seu blog..! Adorei o novo visual..! Se bem que eu achava lindo tambem qdo tinha a sua foto..! Mas agora ta lindo demais, combinou perfeito as cores da foto com as cores do blog..! Ficou lindao..! Parabens..!

    ResponderExcluir
  7. Adorei tanto que compartilhei.... Claro que tem mulher fácil, "mulher dada", mas tem tantos outros poréns, como vc mesma disse. Infelizmente homem realmente é artigo raro e as mulheres acabam cedendo muito para fisgar um! bjss

    ResponderExcluir
  8. Assino embaixo o que a Márcia Cobar falou.
    As características dos homens cearenses não são muito diferentes dos homens paulistanos! Generalizar é ser muito radical, mas no geral sempre escuto as minhas amigas dizendo que homem só quer farra, festa e amigos e estão sempre correndo de compromisso. Estes dias mesmo, me dei conta que todos os meus ex-namorados continuam namorando a mesma pessoa desde a época em que saí do Brasil, 2007. Casar? Nem em pensamento, porque isto é algo muito sério, não pode ser uma decisão tomada em 5 anos né!?
    Agora ser brasileira não é fácil, infelizmente aqui onde moro já ouvi duzentas milhões de piadinhas e sorrisinhos maliciosos quando disse que era brasileira. Digo que 85% das brasileiras que encontrei por aqui se enquadram na categoria piriguete quero dar e ser feliz e estou a procura de um green card. Triste, muito triste.
    Engraçado que conversando com alguns americanos que são casados com brasileiras dizem que elas sim tem valores e são mulheres de caráter porque as americanas são muito superficiais, em busca de beleza, sucesso e dinheiro e o homem acaba virado apenas mais uma aquisão pra mostrar pras amigas.

    ResponderExcluir
  9. É a mais pura verdade! Já cansei de ver mulher aturando cada coisa que, sinceramente, não deveria. Na minha opinião há certos desvios de comportamento - e traição é um deles - que são indicativos de caráter (fraco) da pessoa; e uma vez que isso acontece, existe uma grande chance de que aconteça de novo!
    Não acho que sejamos fáceis não! Acho que somos antenciosas, carinhosas e cuidadosas, e por conta disso somos um tanto carentes de vez em quando. Aí acabamos nos iludindo por pessoas que não valem a pena! Isso inclui todo e qualquer tipo de relacionamento afetivo.
    Mas como vc mesma disse, cara piranheiro (como dizemos em Minas) não é nenhuma pedra preciosa, melhor partido da cidade, não!
    No ano passado fui a um clube com meu marido e minhas primas aqui na Holanda. E olha, não sou puritana e nem de me chocar fácil não. Mas choquei, choquei com o tipo de comportamento da mulherada daqui, tanto em relação à sensualização extrema do corpo quanto em relação à bebida. Eu bebo, mas perto delas sou uma santa! A gota d'água foi ir ao banheiro e encontrar uma mulher caída no chão, CAÍDA de bêbada naquele chão podre do banheiro, segurando o vaso todo mijado, e os seguranças tentando ajudar. Que visão horrível, senti vergonha por ela!
    Ser brasileira não é fácil, não! E quando a gente trabalha com homens, é mais difícil ainda. Mas graças a deus, nem todos são uns idiotas limitados. Sim, porque a pessoa que acha que "só porque é brasileira é fácil", é uma pessoa de visão e opinião muito limitada!

    Beijos! Adorei o post! ;)

    ResponderExcluir
  10. Gi ótimo post. Por ser um país enorme e dito como sensual os estrangeiros a muito tempo vem o Brasil como um país de mulheres fáceis, sem contar com o tanto de pedofilia que existe (o tanto de estrangeiro que vai para o Brasil somente pra isso) - uma vergonha mundial!!! Se vc for comparar aqui (Dinamarca) com o Brasil em relaçao a mulher fácil aqui ganha de lavada, mas por ser um país pequeno e nao visto como um pais sensual igual ao Brasil isso nao é falado. Aqui vc conheceu em 1 dia já vai pra cama e já faz horrores. E aqui é tudo sem compromisso mesmo, tanto mulher quanto homem. Aqui as mulheres já se igualaram ao homem tanto no quesito emprego quanto sexual. Acho que por serem muito sonhadoras, as brasileiras se deixam envolver fácil demais e os homens brasileiros e estrangeiros se aproveitam disso. Em Brasília (onde vivi a maior parte da minha vida) a maioria dos homens ainda se gabavam contando para os amigos quantas pegou na noite, mas estao realmente meio assustados com o fato de as mulheres estarem cada vez mais fáceis. Falo isso pq tenho primos que dizem isso (ficam assustados mas n deixam de ficar com esse tipo de gente rs). Quando eles se enchem dessa vida de pegaçao saem a procura de uma pra casar e nao acham mesmo nos ambientes em que frequentam. Em relaçao a traiçao eu sou da seguinte opiniao, tudo merece uma segunda chance na vida. Claro que com exceçoes, se é um homem que so maltrata a mulher, bate e ve-se nitidamente q ele n tem amor e ainda vive traindo eu sou a favor da separaçao. Agora se aconteceu uma vez, os dois conversaram, o marido ou a esposa se arrependeu (vc viu o arrependimento nos olhos e atitudes dessa pessoa, viu q n foi so remorço) eu acho q deve dar uma segunda chance. Ai se vacilar de novo eu posso até perdoar, mas longe de mim kkkkkkkk. Um ótimo final de semana querida. Fique com Deus e bjokas

    ResponderExcluir
  11. Gisley adorei o post. Concordo com a Cintia e com a Line. Eu vejo muita mulher por aqui nesse vale tudo por um gringo. Já ouvi conhecidos holandeses por aqui contando sobre férias no Brasil (alias houve um programa de tv a um tempo atrás mostrando 4 jovens holandeses de férias e eles estavam chocados como as meninas davam atenção, não só davam quando ouviam que eram gringos sentavam até no colo). Enfim eu acho as mulheres daqui muito soltinhas, mas é um solto diferente, é aquela coisa de não mendigar o cara? Não sei explicar, eu vejo muita mulher aturando muita coisa pra ter alguém do lado, vejo por aqui também muita situação ruim também, mas enfim eu não acho que no geral brasileiras sejam fáceis nao.

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Gi, infelizmente o que vc falou no post é verdade. Não há mais nada a ser dito. A Cintia tb está certa! É uma pena...VC disse q há maçãs podres, é verdade. Mas isso né desculpa p/ as pessoas rotularem todas as mulheres.
    Nossa sociedade precisa URGENTEMENTE de um novo conceito.

    xoxo

    ResponderExcluir
  13. Acho que hoje em dia, uma parte (considerável) das mulheres, não se da valor, e depois reclama...
    Esse ano, completo 40 anos de casamento, e como só tive filhos homens, não tenho muito o que dizer, mas o que eu sei, é que aqui na minha cidade (como dizem que existem nove mulheres para cada homem), a coisa está um pouco feia, e os homens, realmente, não estão pensando muito em casamento... Dizem (os bem machistas, é claro), que existe muita oferta no mercado, e que fica até difícil de escolher...

    Quando saio à noite com meu marido, fico boba de ver mesas repletas de mulheres (bonitas e desacompanhadas), e que, pelo modo de se vestir, pentear, etc..., da pra perceber que estão tentando de toda forma serem notadas, mas parece que a "coisa" realmente está difícil para o lado delas...rs

    Acho que é por essa e por outras, que elas acabam aceitando qualquer traste de homem, só pra mostrar para as amigas que não estão mais sozinhas. Aí, dá no que dá!...

    Rezo para que as coisas melhorem, antes que a minha neta (4 anos), comece a namorar!... Pior do que está, não dá pra ficar!...rs

    Beijos pra você, menina.

    Tenha um lindo e feliz final de semana.

    Fique com Deus,

    Cid@

    * Ah!... minha cidade é Belo Horizonte... não sei se o resto do Brasil está assim também...

    ResponderExcluir
  14. Exatamente!
    Menina, eu trabalho em um ambiente predominantemente masculino. Eles tem essa ideia que mulher brasileira é fácil e barata!
    É difícil para mim conviver com isso e mostrar que existem sim brasileiras de muito respeito!
    Pelo outro lado, tanto no Brasil como no mundo todo, achar um homem respeitável está difícil viu!
    bjsss

    ResponderExcluir
  15. Engracado, sempre ouvi muita bobagem assim tambem - mas a minha realidade sempre foi muito diferente. Sempre vi mulheres de garra, lutando pelo que acreditam/querem/amam e nao estando nem ai pra torcida adversaria.
    E ja vi muito homem comend miudinho pra manter a mulher feliz e com ele, pq ele bem sabe que a fila anda rapidinho ...

    ResponderExcluir
  16. Eu venho de uma família estranha. Na minha casa somos 4 mulheres, meu pai é meio machista né, produto do meio, mas aprendeu muito com a gente. Na minha criação, eu sempre fui A pessoa. Meu pai sempre foi de abrir a porta para gente, de tomar chuva para buscar o carro e sempre deixou claro que eu sou uma princesa independente de homem, sabe? Sinceramente, caso meu casamento não dê sorte (isola!), eu não tenho nenhum receio de partir para outra e tenho certeza que quem vai sair perdendo é ele. De verdade.
    Meus primos também sempre ajudaram em casa com os serviços domésticos. Minhas tias "nunca deram mole para homem" mesmo eles sendo os filhos. Mas claro que há diferenças. O Brasil é muito machista!
    Esses dias vi em um blog de um irlandês que é apaixonado pelo Brasil e que morou em várias cidades de lá durante 1 ano, que ele não entendia o porquê dessa fama de ser fácil das mulheres brasileiras. Ele disse que não é bem assim e deu mil explicações para isso. Disse que a brasileira é educada e que sempre tem um sorriso no rosto, mesmo quando você não tem nenhuma chance, talvez isso dê uma falsa impressão. Por outro lado, eu sei que no Brasil, ter um namorado/marido gringo é sonho de muita gente, não tem as Marias-jaleco? Então, tem as papa-gringos também. Feio isso...

    ResponderExcluir
  17. Toda aquela lista sobre as mulheres e os homens (fáceis de... isso e aquilo) eu concordo bastante, viu?
    Agora, alguns comentários. Apesar de todo o bla bla bla, as mulheres preferem ainda investir na competição com outras mulheres, do que trabalhar seus próprios relacionamentos (isso pra focar agora só no comportamento feminino, neste papo aqui entre mulheres). Tipo, perdoa o homem que trai, faz tudo pra remendar a situação e acha que o problema é a outra ser fácil (neste sentido, eu nem gosto dessa terminologia, acho que não é bom pra nós alimentarmos essas classificações pejorativas, mesmo que conheçamos trocentas mulheres que pareçam bem descritas por elas). Olha, pode passar uma gostosa pelada ao lado, ou pode a colega de trabalho ser apaixonadíssima por ele, se ele não quiser, não rolará nada. E se rolar foi porque ele também quis. Então, meu problema é sempre com quem se comprometeu comigo e se permitiu me trair, ser desleal comigo. Não quero saber se foi com Joana, Joaquina ou Madre Teresa. Não vou ter simpatia nenhuma por uma 'concorrente', mas preciso ter claro que não é ela meu problema.
    Mas o que vejo geralmente é o oposto: as mulheres ficam com mágoa dos homens, mas com raiva mesmo é das outras mulheres. Saem disparando pra todo lado, com aquela mesma arma que, em outra ocasião, pode ser apontada para ela também, conforme o contexto e o ponto de vista. Como solteira, sei o que é ser vítima desse tipo de preconceito, o que me leva até a evitar alguns amigos do sexo masculino em ocasiões sociais para não angariar antipatias para mim ou problemas para eles. Claro que nem sempre dá, pois maledicência existe em toda parte e pouco importa que você nem seja a Gisele Bundchen ou não faça o gênero sedutora. Não precisa ser bonita, rica, estar com pouca roupa. Tanto faz. Você está 'disponível' porque solteira (o que, aliás, nem sempre é verdade), ninguém te convidará para nada! Casais não convidam, famílias não convidam. O mundo mudou, mas nem tanto... Claro que há exceções, felizmente. Agora mesmo estou hospedada na casa de um casal amigo e bem jovem, sem neuras, cabeça limpa e tranquila. Mas, na média, não é isso que se vê por aí, mesmo em grandes capitais e ambientes ditos cosmopolitas. Passei adolescência e juventude no Rio de Janeiro, onde morei até os 30 anos, convivendo com mundo acadêmico, gente esclarecida e tals, acho que posso avaliar isso mais ou menos bem.

    ResponderExcluir
  18. Aqui na França, quando a brasileira não tem fama de travesti (sério, não estou brincando!), tem fama de fácil. Se for casada com francês, ainda pensam que foi por interessa (ter papéis e fugir de uma vida miserável). Infelizmente quase ninguém sabe que no Brasil existem boas universidades, bons empregos, pessoas com situação profissional e/ou financeira muito boa.
    Mas de uma forma geral, ser mulher não é fácil em nenhum lugar! E penso que nessa busca pela tão sonhada igualdade de sexos, as mulheres exageram e pisam na bola, como fumando demais, bebendo em excesso e dormindo com qualquer um ainda mais sem proteção... Não é a toa que mesmo em países desenvolvidos (e sobretudo), os índices de câncer, de problemas cardíacos e HIV explodem no público feminino!

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...