segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

O louco, a cobra e o coiote.

FONTE: GOOGLE


Era assim. Todos estavam felizes por eles, até que ... eles começaram a fazer muito sucesso, eles começaram a produzir demais, eles subiram o nível do profissionalismo onde trabalhavam e as pessoas ao redor já não estavam mais assim...felizes.Aí vieram as piadinhas de mal gosto, os put downs, inveja e ciúme.

Uma das coisas que aprendi com um grande co-worker foi a seguinte análise que ele fez:

"Se você passasse perto de um manicômio e visse  as pessoas loucas gritando, xingando você, e  você respondesse à mesma altura, quem seria o louco da história? "

É verdade, só louco ouve outro e se troca com ele.Muitas vezes perdemos essa noção quando lidamos com pessoas.Se você quer ser bem-sucedido financeiramente e decide tomar uma atitude em relação à isso, as pessoas que não tem o mesmo foco farão de tudo para lhe desmotivar, porque é mais fácil ser lascado, gastar mais do que se tem, viver na dívida do que ser consciente que caso queira ter um futuro melhor, o presente precisa mudar e medidas precisam ser tomadas.Isso vai para qualquer área da vida.

O que me fez pensar nessa análise do meu amigo foi ver o quanto as pessoas perdem tempo com gente que não vale a pena.O quanto já vi gente dizendo a seguinte frase: 

"- Nossa, porque uma pessoa diria/faria uma coisa dessas?"
"- Nunca fiz nada a essa pessoa para ela me tratar assim"
"- Eu não sei porque fulana(o) tem algo contra mim"

Muito fácil meu povo: Haters are gonna hate. É a mesma coisa da cobra venenosa.Se você tivesse uma cobra dentro da sua casa, você não diria: 

"- Nossa, porque uma cobra faria uma coisa dessas?"
"- Nunca fiz nada com ela pra ela vir bater na minha casa assim"
"- Não sei porque ela quer picar a mim e à minha família".

Cobra é cobra, meu povo.É isso que ela faz. Se você tivesse uma cobra venenosa de gaiata na sua casa, você tomaria precauções imediatas para se livrar dela porque você tem coisas mais importantes para resolver.Seu tempo é muito curto para perder com gente que não é importante.Seja no trabalho, na família, nas amizades ou nas redes sociais.

Ao invés de perder seu tempo rebatendo à insultos ou reagindo a gente mal resolvida,discutindo nas redes sociais[acho o fim gente que fica discutindo/ se xingando nos comentários do blog,favelal total!], no trabalho, em eventos sociais, invista suas palavras e ações nas pessoas que você admira.

 Sejamos  sinceros:pessoas bem-sucedidas, felizes e realizadas com a vida não perdem tempo procurando como prejudicar as pessoas com ações ou palavras.Se estão perdendo tempo com a nossa vida e tentando nos prejudicar, essas pessoas sofrem da síndrome do coiote.

E não sei quanto à você, mas no que depender de mim, eu vou continuar vivendo minha vida que nem o Papa Léguas.E os coiotes que continuem comendo poeira. 

Ótima Segunda pra vocês ;)


FONTE:GOOGLE



24 comentários:

  1. Vou te contar (rapidinho, prometo!)a historia de meu irmao que ilustra perfeitamente o que vc esta dizendo: Meu irmao è veterinario... Vivia trabalhando nos petshops dos outros levando patadas, e muitas vezes, sendo mal pago. Colocou na cabeça que queria crescer. Saiu da nossa cidade com dinheiro contado, passou 1 mes em SP fazendo um curso de tratamento estetico para pets. Voltou e pediu a papai que comprasse um carro popular pra ele. Adaptou todinho segundo suas necessidades e começou a trabalhar como veterinario e tosador a domicilio usando tecnicas que ninguem conhecia atè entao. No começo, a familia(tios, primos e agregados)riram muito dele. Algumas vezes chegaram ate a humilhar-lo com piadinhas por ele trabalhar cuidando de cachorros e gatos... Nunca vi meu irmao responder a nenhuma das provocaçoes! Quietinho começOu a construir seu sonho... Durante 3 anos de sacrificios,trabalhando até dia de domingo, sem sair nos sabados a noite, sem namorar (todo mundo sabe que namorar requer um certo gasto como cervejinha no barzinho de vez enquando kkk),sem viajar pra lugar nenhum, abrindo mao deas vaidades como roupa de boutique, celular da moda etc se limitando a gastar o basico mesmo. Conseguiu levantar dinheiro suficiente para abrir um petshop supermoderno e lindo (sem financiamento bancario nem ajuda financeira de meus pais), com hotel para cachorros ainda tendo um bom capital de giro pra começar... Ele manteve tudo em segredo, nao contou pra NINGUEM, nem mesmo pros meus pais... Soubemos a 1 mes atras, quando ele pediu a meu pai, para arranjar um pedreiro para construir as casinhas do hotel(lindinhas por sinal!) no local que ele alugou. Ta la abrindo proximo mes as portas dos seus sonhos, com clientes que ele, depois de tanta dedicaçao e sacrificio, pode atè se dar ao luxo de selecionar... Duas de suas clientes, trazem seus canhorros de estados vizinhos para ser tratados por ele. E o resto da familia? Quando eu contei toda orgulhosa (pois ele mesmo nem fez questao de contar!) da sua conquista nao fizeram 1 comentario! Calados estavam e calados ficaram!
    Isso foi uma grande liçao de vida que ele deu a todos! NUNCA DE OUVIDOS AS PESSOAS QUE RIEM OU SE DESFAZEM DE VC!NAO GUARDE MAGOAS NEM RANCOR! SIGA EM FRENTE NA DIREçAO DOS SEUS SONHOS COM A CABEçA ERGUIDA PORQUE TRABALHAR NAO è CRIME!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu irmão é um vencedor.Quero ver quem vai rir ou fazer chacota dele agora! Faz mais não, viu! Agora só resta aplaudir :)

      Excluir
  2. Olha gostei muito deste post..e do comentario anonimo.. Gente eu aprendi com a minha mae, que atrapalhar pessoas a ser bem sucedidas e pecado, e feio e baixo. Minha mae nos ensinou que podemos ouvir a historia mais absurda contada por um sonhador..mas nao podemos dar risada ou falar..pra que isso!..agente tem que ouvir, elogiar e ate ajudar se for preciso. Ja deram tanta risada de mim e de pessoas que conheco, vejo que as pessoas que riem ou falam mal por de traz das cortinas nunca falam .. ai que bom que vc realizou seu sonho..nunca!! Tenho uma amiga que a familia ri muito dela, porque ela quer ser juiza, ela e de familia muito pobre e isso para eles pode ser ate impossivel, mas toda vez que ela me contava estas historias de comentarios da familia eu falava na frente deles... que quem disse que inteligencia e forca de vontade dependem de dinheiro... Ate brinco com ela, falo assim... se forma logo e vira juiza para que eu possa me meder em encrencas..ela da risada e fala ..ai Dri so vc mesmo... As pessoas nao sao pra sempre, a vida da voltas...nao custa nada ser a palavra de incentivo e nao a que destruircao.

    ResponderExcluir
  3. É verdade, Gisley. Haters are gonna hate e eu vou continuar correndo atrás!

    Beijão
    xoxo

    ResponderExcluir
  4. Seu texto tem uma linha de raciocínio que foi a mesma que escrevi meu último post. Essa coisa de gastar energia contestar o que que não tem que se contestado, batendo palma para maluco dançar, como se diz no popular; é algo realmente que devemos evitar. E gastar argumento com o que realmente vale.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Gi, que história de garra que o anônimo colocou no seu comentário. Gosto de gente assim, que dá as costas para quem fala mal e corre atrás dos objetivos, custe o que custar.
    Fico muito feliz em saber que você está sendo bem sucedida. E quando o sucesso chega em nossa casa, infelizmente não é todo mundo que estará torcendo e aplaudindo pelo seu sucesso. Por isto você tem a atitude certa de não perder tempo com isto e seguir produzindo, brilhando e fazendo a diferença. Que nós tenhamos sempre a sabedoria de agir desta forma sempre.

    ResponderExcluir
  6. Gi, que história de garra que o anônimo colocou no seu comentário. Gosto de gente assim, que dá as costas para quem fala mal e corre atrás dos objetivos, custe o que custar.
    Fico muito feliz em saber que você está sendo bem sucedida. E quando o sucesso chega em nossa casa, infelizmente não é todo mundo que estará torcendo e aplaudindo pelo seu sucesso. Por isto você tem a atitude certa de não perder tempo com isto e seguir produzindo, brilhando e fazendo a diferença. Que nós tenhamos sempre a sabedoria de agir desta forma sempre.

    ResponderExcluir
  7. Como aquele provérbio diz, "os cães latem, mas o comboio segue seu rumo". Tem mais é que deixar latir, não parar o comboio para latir de volta! Rs. Sempre haverá pessoas para jogar os outros para baixo, alguns com maldade, inveja e propósito, outros apenas na sua mediocridade, achando que é tudo brincadeira. Enfim!

    ResponderExcluir
  8. Pois é Gy, tava pensando. Eu me preocupo muito com essas coisas que me fazem ou dizem... Vou começar a encarar desse angulo e deixar pra lá quem eu só posso esperar coisas pequenas e mesquinhas. Mas que me dóem e me machucam essas picuinhas, me machucam... vou me armar desse novo modo de encarar as coisas pra não sofrer. Valeu.
    Bjocas.

    ResponderExcluir
  9. Como gostei demais da tua visita alegre e autêntica,do teu blog,do que li e vi...estou te seguindo.
    Beijão...

    ResponderExcluir
  10. Esse foi um dos seus textos que mais gostei e eu precisava ler para lembrar de algumas coisa que havia esquecido e ainda com o primeiro comentario do anonimo nao teve como eu nao pensar a respeito, tanto que li esse texto ontem e so consegui fazer um comentario agora. A vida e assim cheia de gente mesquinha que vai sempre tentar nos colocar pra baixo se a gente resolver fazer sucesso e brilhar e o jeito e dar as costas e seguir em frente.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Gi, perfeito o seu post!! Penso da mesma maneira...não vou gastar minha energia brigando com quem não tem nada a me oferecer. Minha energia é gasta com quem é especial para mim, com quem eu me importo, com quem merece...e outros, bem...eles que busquem o próprio caminho, pq o meu, eu sigo em paz. Como sempre, AMEI!! beijos

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do seu texto e do depoimento acima.
    Não devemos perder temçpo ouvindo coisas de pessoas que não desejam o nosso sucesso e nos põe para baixo.
    Devemos mostrar nosso valor com atitudes.
    Beijos.
    Elvira

    ResponderExcluir
  13. É isso aí! Disse tudo. Beijão.

    ResponderExcluir
  14. Gisley, adorei o post!
    Como diz aquela música: "Deixa que digam, que pensem, que falem, deixa isso pra lá"...
    A verdade é que nem todo mundo consegue ficar alheio as provocações e acabam sim escutando e absorvendo alguma coisa. Dar as costas a este tipo de coisa é um exercício que a gente vai aprendendo.
    Eu tb acho o cúmulo ficar fazendo barraco (pessoalmente e via FB por exemplo). Dia desses eu deletei uma "colega" do meu FB porque ela vivia postando provocações e respondendo contra não sei quem! Ah, me poupe, deletei e me vi livre de ler certas coisas!! Sucessooooooooooo!!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  15. L-I-N-D-O! Deixemos todos esses coiotes comendo poeira, o que podemos fazer é melhorar a nossa vida e orar para que a vida deles melhore também assim quem sabe vão estar mais inspirados a cuidar de suas próprias vidas...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Adorei!!! E para nòs que moramos fora do nosso paìs è muito facil cair nas garras de quem desacredita na gente e nos coloca pra baixo... afinal nao estamos no nosso lugar e acabamos acreditando que nao fazemos parte daquilo e que nunca poderemos vencer em meio a tanta gente que diz que nao somos nada!
    Muito bom o seu texto, adorei e vou tentar praticar mais vezes na minha vida, afinal sou filha do Deus Todo Poderoso, e agindo Ele, quem me impedirà???
    Beijooo

    ResponderExcluir
  17. muito bem falado... Quando eu nasci minha família era muito pobre, meus pais não tinham nada. nunca passamos fome, mas nos 10 primeiros anos da minha vida não tínhamos dinheiro pra comprar roupas, pizza, lanches as vezes até a carne faltava. café da manha era pão ( sem manteiga) e café ( as vezes tinha leite). Meu sonho era estudar, todos a minha volta riam quando eu falava que ia me formar.Meu pai mudou de cidade três vezes, tentando achar oportunidades. pra Resumir a historia meu pai encontrou oportunidades e hj 15 anos depois, ele tem estabilidade financeira, eu entrei na faculdade com Bolsa integral, hj sou formada, meus dois irmãos fazem faculdade ( engenharia e Música) meu irmão de apenas 24 anos é empresário e bem sucedido. aprendemos com meu pai a não ligar pra que os outros falam e sim correr atras de nossos Sonhos.

    ResponderExcluir
  18. Gisley, gostei das analogias do manicómio e da cobra. É uma nova perspectiva que faz sentido. Beijo

    ResponderExcluir
  19. Ótimo esse post! É uma pena que existam tantas cobras por aí, mas cada um é cada um.

    ResponderExcluir
  20. Concerteza,a vida 'e breve,tudo 'e breve e a ultima coisa que faco 'e nao me importar com nada nem ninguem e seguir em frente,hoje em dia o que mais me preocupa nao sao as pessoas sem sucesso e sim aquelas que aparentemente estao feliz,que conquistaram seu lugar ao sol mas nao querem que o outro se de bem,ou seja querem tudo apenas para si mesmas.
    Tenha um otimo fim de semana ... Bjs :*

    ResponderExcluir
  21. Eu sempre digo isso para pessoas que se impressionam com a maldade e a falação dos outros. Bem, eu não digo tão bem assim! Adorei seu texto! E Bi-bi para vc tb! :)

    ResponderExcluir
  22. Muito bom mesmo!!! Eu, que nem estou trabalhando ainda, nao tenho tempo nem pra futucar muito na net... e nunca foi do meu feitio ficar espionando as pessoas e ter inveja e tals... eh isso mesmo Gi, gente pequena d+ (e nao falo de altura, mas de tamanho da alma) eh que perde tempo reparando na vida dos outros ao inves de dar um upgrade na propria vida! Eu tenho tanto o que fazer na minha casa que quando eu to na net, muitas vezes eh assistindo programas, pregacoes, desenho animado, coisas que ajudem a passar o tempo qdo eu estou cozinhando ou lavando a louca ou tomando meu breakfast de manha... Estou tb estudando Frances como auto didata, peguei o curso na biblioteca publica e to aqui, escutando os CDs e tal... tentando passar o tempo com coisas uteis, que vao add na minha vida pessoal e/ou profissional! Bjs miga.....

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...