quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

2017: o ano do EU-goísmo ( FINAL )






Em junho eu dei início a esse post aqui. 




FONTE: TUMBLR



 Esse movimento começou de com força em maio e foi ganhando forma à medida que os meses passaram. Hoje, em pleno dezembro, eu volto aqui para contar quais foram os resultados de tirar esse ano para cuidar de mim. 

Sabe aquela coisa que todo mundo diz que o negócio é colocar os outros acima da gente? Colocar as necessidades deles acima das suas? Não querida. É assim que você se lasca bem bonito. "Mas a Bíblia que a gente tem que amar ao próximo como a nós mesmos". Concordo. O problema é que a gente NÃO se ama como a gente ama o próximo, e quando o próximo não corresponde, a gente morre por dentro, fazendo dele o vilão da história. 

FONTE: PINTEREST



No projeto EU-goísmo, eu....

#1) aprendi a distinguir ...

quem merecia uma explicação
quem merecia apenas  uma resposta
e quem merecia absolutamente NADA. 

Esse foi um dos maiores desafios do ano, porque muitas vezes me vi dando uma explicação para quem não merecia absolutamente nada e me vi dando uma resposta para quem merecia uma explicação. Categorizar relacionamentos nesses filtros diminuiu meus níveis de estresse consideravelmente. 

As pessoas que merecem uma explicação são aquelas que de fato estão contigo para o que der e vier, torcem pelo seu crescimento e sucesso, e não apenas por aquilo que te faz feliz. 

A segunda categoria merece algo do tipo sim ou não. Sem explicações. Sem detalhes. Uma amiga tinha me chamado atenção para uma mania horrorosa que eu tinha de explicar meu sucesso profissional, sempre o rebaixando para que as outras pessoas não se sentissem desconfortáveis pelo simples fato de  eu não querer ser vista como arrogante . Ela disse :
 " O que as pessoas pensam de você não é da sua conta. Você trabalhou e trabalha muito para ficar falando assim de você mesma. Você aceitaria eu falar assim das suas realizações em público? Não! Se não é aceitável que ninguém fale assim, da mesma maneira não é aceitável que você o faça. "  

Essa amiga me mostrou que às vezes é fácil a gente fugir da nossa grandeza( dons) ao invés de alinhar-se à ela por causa de como seremos vistos. Se você é bom em algo, porque você tem que baratear isso pra ser aceito? Por que você é arrogante por dizer que você é bom em algo? Não seria mais arrogante uma pessoa (que não  entende e nem domina aquela grandeza )dizer que você é arrogante?

Arrogância é quando uma pessoa acha que qualifica para pontuar a outra sem saber o seu lugar. 


#2)Parei de pedir permissão, comecei a pedir o que queria. 

Foi a coisa mais linda do mundo! Isso devo à muitos colegas de trabalho( homens) , com os quais convivi e aprendi apenas observando-os. No começo foi difícil, achava que estava dando uma de folgada ou desaforada, mas à medida que pratiquei isso, ficou muito claro para mim que as pessoas gostam de saber o que você quer e te respeitam mais por isso. Elas não estão querendo piorar sua vida, mas se você não sabe o que quer, elas não saberão o que te dar. 

#3) Passei a tratar as pessoas como elas gostam de ser tratadas e não como eu gostaria de ser tratada.

Esse ano eu descobri que faça pelos outros o que você gostaria que eles fizessem por você   é a maior falácia relacional e prato cheio para celeumas desnecessários.

 Explico! Eu gosto de ser tratada com honestidade , com uma conversa adulta, duas pessoas civilizadas, comunicando, levando tempo para entender o que o outro quer dizer. Eu sei que é algo que dá trabalho, e muitos têm preguiça de fazer, porque embora pensar seja de graça, as pessoas estão mais interessadas em falar do que processar o que está sendo dito. 

Infelizmente essa abordagem só funciona com pessoas MADURAS. Esperar que todos sejam maduros seria imaturidade da minha parte. Então quando eu sei que honestidade não leva a lugar nenhum, eu  não me desgasto com aquela pessoa, já que ela só ouvirá aquilo que está preparada para receber: uma lição que meu irmão tem procurado me ensinar há muito tempo, mas só agora a ficha caiu. 

E Gi, o que você faz então? NADA, você acredita? Se ela faz algo bom e bem feito, digno de elogio, eu a deixo saber. Se ela faz algo ruim que eu já disse a ela que não é legal, mas ela acha que não tem nada demais, eu deixo a vida dá conta de ensiná-la, mas também mantenho o meu acesso à ela bem restrito.

 Antigamente eu achava inconcebível não fazer nada. Hoje eu acho inconcebível tentar curar um doente  que se acha saudável. O professor só  aparece na sala quando os alunos já se encontram por lá. Ele dá aula para quem compareceu e não para quem faltou. 



#4) Passei a ver relacionamentos como  tipos de investimentos. Investimentos "sem retornos" ou de baixo retorno são chamados de maus investimentos no ramo financeiro.  Geralmente esses investimentos levam esse nome porque as taxas que você paga para aplicar seu dinheiro são absuradamente altas quando comparado ao lucro que você obterá a curto, médio ou longo prazo.

Esse ano eu aprendi que relacionamentos sem retornos não valem o investimento que você faz. É semelhante a dar descarga em dinheiro. É um jogo de azar. Quanto mais você insistir, mais você perde e se perde no meio deles.O pior de tudo: dinheiro você pode dar um jeito de recuperar. TEMPO? Nunca.

FONTE: PINTEREST

Fui chamada de infantil por ter essa mentalidade. Bom, sou empresária, trabalho entre 10-12hrs por dia, faço capacitação, treinamento, coaching, gerencio as coisas do escritório. Tenho marido, cachorro( que é um filho de quatro patas SIM, precisa dar atenção SIM, pq não é brinquedo de pelúcia), casa pra cuidar, tenho que arranjar tempo pra cuidar de mim também.Se alguém tem tempo pra perder com quem não está nem aí para eles, parabéns! Eu não tenho!

 E você? O que aprendeu em 2017 que fez todo um diferencial? Compartilha nos comentários com a gente. 

6 comentários:

  1. Adoreiii, acho que eu sempre tive um pouco disso tudo que você falou, não é egoísmo se preocupar com você mesma, isso é maturidade é saber que na sua vida você é a pessoa mais importante e precisa ser cuidada sim, continue com esse pensamento e muito sucesso na sua vida, beijinho ;*

    https://segredos-sinceros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei as lições que você aprendeu esse ano. A gente demora mas aprende uma hora né? Cuidar mais da gente é primordial caso queiramos cuidar dos outros.
    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi.Vim te dar um abraço e dizer que eu admiro sua arte de escrever.É incrível como você se expressa tão bem.
    Tem meu respeito e minha admiração.
    Dias abençoados pra você.

    ResponderExcluir
  4. Ótima ideia! Tenho pensado muito nisso. Fica até difícil ser útil se não estamos bem. Às vezes acabo fazendo até mais do que posso. A minha meta para 2018 é ter mais calma e tempo para mim.

    A comparação com dar descarga em dinheiro foi perfeita!

    Já posso começar dizendo que aprendi muito lendo o post.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito do seu post e concordo com ele

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Boas festas e feliz 2018!
    Bj e fk c Deus
    Nana - procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...