segunda-feira, 25 de junho de 2012

Auto-sabotagem

FONTE:GOOGLE
Acabei de assistir um filme fantástico sobre a vida de uma grande celebridade americana. Linda, maravilhosa, todos se perdiam no seu encanto, menos ela mesma. Embora muitos dissessem o quanto ela era maravilhosa, ela não acreditava. Tinha uma insegurança fora do sério, entendia as pessoas de maneira errônea e deixava que os outros a rotulassem. Sabe quem é essa pessoa? Essa aí da foto ó!



FONTE:GOOGLE


 Às vezes me pergunto se nós também sofremos da Síndrome de Marylin Monroe. Não falo apenas de insegurança, mas do constante hábito de fortalecer as nossas fraquezas ao invés de superá-las. Alguns exemplos: 

- Pessoas que fogem quando as coisas ficam difíceis.

- Pessoas que abraçam o mundo com as mãos porque não aprenderam a dizer não.

- Pessoas que dão uma de duronas para se proteger.

- Pessoas que desconfiam de tudo e de todos.

-Pessoas que não querem aceitar responsabilidades.

- Pessoas que culpam outras pelas coisas que não deram certo na suas vidas.

- Pessoas controladoras.

- Pessoas perfeccionistas.

- Pessoas egoístas.

- Pessoas acorrentadas ao passado.

- Pessoas  ansiosas.

- Pessoas Indiferentes.

- Pessoas carentes.

- Pessoas reclamonas.

- etc, etc , etc.

Eu já fiz muito isso na minha vida.Principalmente com pessoas. Mudei, mas isso requereu de mim uma nova forma de pensar e agir. Veja que hábitos nocivos são difíceis de ser quebrados, mas quando eles perdem poder sobre a nossa vida, há uma sensação de liberdade fora do sério. Por muito tempo eu fui escrava do pseudo controle quando se tratava de ser durona.Sim, eu achava que ser durona iria fazer as pessoas me respeitarem.Eu achava o máximo quando alguém me dizia que as pessoas tinham medo de mim, que eu intimidava as pessoas. Saca a insanidade!!!

Com o passar do tempo notei que eu estava colocando uma barreira em relação à algo que eu queria muito: amizades genuínas, verdadeiras e frutíferas. Com medo de me ferir, eu sempre andava com a guarda alta, bem Jason Bourne mesmo.Me protegi de muita gente ruim? Sim! Mas  perdi muita gente boa no processo porque eu apenas permitia que eles se aproximassem até certo ponto.Os bons pagaram pelos pecadores e levei tempo para admitir que a minha vida estava sendo controlada por  aqueles que  me causaram dor.

Por muito tempo eu acreditei na mentira de que ninguém se importava comigo, que as pessoas queriam me usar, tirar vantagem de mim e logo que conseguissem o que queriam, iriam me abandonar. Isso aconteceu? Sim, muitas vezes. Mas será que realmente posso afirmar que ninguém de verdade nunca se importou comigo e todo mundo sempre foi oportunista? Não.

A verdade dói, mas liberta. As mentiras oferecem um caminho mais fácil, palatável e nos mantém em cadeias emocionais, espirituais e até físicas.Pra mim era mais fácil acreditar que as pessoas eram oportunistas do que eu ver que quem estava me afastando do meu objetivo era eu mesma[ ser amada, amar, ser valorizada como pessoa e fazer o mesmo pelos outros].Por muitas vezes eu fiz questão de fazer as coisas mais difíceis para as pessoas, só pra ver se elas iriam de fato me amar.Era como se eu quisesse provar pra mim mesma que eles iriam falhar.Olha a loucura!!!

 E vocês queridos leitores? Que mentiras os têm mantido cativos das fraquezas que vocês têm fortalecido ao longo do tempo? Uma fraqueza fortalecida é como dragão faminto.Nunca está satisfeito.Sempre quer mais e mais.Assim é a auto-sabotagem.É como areia movediça.Quando mais você se move, mais você se afunda nela...


Eu queria amor,gente querida, mas fugia deles.Deixava o medo falar mais alto.Talvez você queira começar um protejo e terminar com afinco mas deixa a procrastinação ou preguiça falar mais alto.

Você quer ser uma pessoa mais comunicativa, mas deixa a timidez falar mais alto.

Você quer ser uma pessoa mais serena, mas deixa a ira falar mais alto.

Você quer ser uma pessoa que tem uma alimentação saudável, mas deixa a gula falar mais alto.

Quer ter mais amor e carinho pelas pessoas, porém a indiferença sai ganhando sempre.


A Bíblia diz que...

"Assim como a água reflete o rosto,
    o coração reflete quem somos nós".(Provérbios 27:19)

Aquilo que você acredita no seu coração sobre você mesmo, assim você o será e suas ações irão refletir isso.Se você acredita que nada vai dar certo na sua vida, então já deu tudo errado! Não porque as circunstâncias apontam pra isso, mas porque você irá se comportar como isso fosse uma verdade na sua vida.Se você põe lixo na cabeça, é lixo que vai sair pela boca.


Em que área da sua vida você tem se auto-sabotado?

O que irá fazer para que esta não lhe roube mais oportunidades, delícias, pequenas prazeres e felicidade na vida?

Hoje pode ser diferente.Diga não ao "gol contra".

Para pensar:

"Não são as ervas más que sufocam a boa semente e sim a negligência do lavrador."

-Confúcio-

16 comentários:

  1. Todos nos temos algum defeito desses. Eh uma luta diária mesmo, para viver como Cristo e não com a carne.

    Eu sou muito critica, com tudo, com todos e especialmente comigo mesma... então nisso tudo eu acabo julgando demais as pessoas e me cobrando coisas muito acima do que eu posso fazer.. e dai me sinto frustrada...

    Mas isso tem que mudar! E eh contra isso que eu luto, dia apos dia...

    ResponderExcluir
  2. Poxa, Gi! Adorei o post :)

    Não sabia que Marylin Monroe sofria disso! Que filme é esse? Quero assistir!!!

    Olha, fico muiiiiiiiiito feliz de ver você escrevendo tudo isso de maneira tão clara, mas liberta desses comportamentos. Falar disso abertamente é abençoador, porque tanta gente sofre disso, né?! Eu ainda estou no processo de me libertar de alguma dessas coisas, mas está no processo já é um passo.

    Tudo que você escreveu, faz muito sentindo... Tô aqui pensando ;)

    Um beijo!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gi,

    Tenho acompanhado seu blog, vc deve ter visto o estado que estou morando agora no seu tráfego, moro em VITÓRIA. Me identifiquei com vários posts seus, pq me sinto meio exportada, mesmo morando no Brasil, mais não no meu estado de origem. E agora esse post seu falou muito ao meu coração, pq deste que me mudei só sei reclamar da situação. Nao tem sido fácil, penso em ir embora todos os dias, sonho com isso, planejo isso. Mais infelizmente não posso realizar nada disso, pq de alguma forma depende de outros fatores para isso acontecer e ainda corro o risco de não acontecer. Ai o que eu acabo fazendo todos os dias???? Reclamando e reclamando da situação de estar presa neste estado...só que vi que já passei da conta e tenho falado com o Senhor que não quero mais reclamar, pq sei que isso tudo que está acontecendo comigo tem sido um aprendizado. Tenho aprendido muito com tudo isso q aconteceu na minha vida e Deus tbém está me moldando, literalmente quebrando este vaso, pq eu tbém estava tendo atitudes que nao eram cristãs e achando normal, não vendo as grandes consequências que já tinha acontecido na minha vida por causa de comportamentos meus.

    Mais enfim....a reclamação tem me acompanhado de frente e está na hora de mudar. E depois de ler seu post,quero que minha vida seja mais de louvor e agradecimento pelo que Deus tem feito na minha vida, do que reclamar do que eu ainda não tenho.

    abraços..viviane

    ResponderExcluir
  4. engraçado. acabei de postar um desabafo no blog e quando chego aqui vc fala exatamente sobre o que eu passei neste findi. As coisas andam de acordo com que nosso coração quer. To cheia tbém sabe, cheia de pessoas se fazerem de santa, carente, chorona e colocar a responsabilidade da felicidades delas sobre os outros. To passando por uma fase difícil querendo ajuda mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Gisley eu confesso que reclamo demais por não ter amigos aqui mas no fundo eu sei que tbm não faço por onde, estou me tornando uma pessoa cada vez mais fechada e durona tbm, mas sei que tem mta timidez e insegurança nisso.
    Tenho me sabotado totalmente nessa área, troféu abacaxi pra mim rsrs, bjks e boa semana

    ResponderExcluir
  6. engraçado que comigo isso acontece involuntariamente, na hora que vejo já me auto-sabotei em alguma área determinada, depois me arrependo profundamente :(
    mas acredito que vou conseguir melhorar, e me libertar disso :)
    e, adorei o post!
    beeijos

    ResponderExcluir
  7. Lindo esse versículo:
    Assim como a água reflete o rosto,o coração reflete quem somos nós.(Provérbios 27:19)

    Realmente diz tudo! Sabe amada eu ando um pouco assim, não consigo confiar em ninguém, porque ando me machucando muito com as "Amizades", vc não faz ideia do quanto, então ultimamente, tenho preferido a companhia de Deus e a minha mesma, rsrs...

    Já acostumei um pouco, mas sinto falta, tenho orado muito pedindo a Deus que coloque amizades verdadeiras em meu caminho, pois desde que minha mãe e irmãos voltaram para o Sul, eu fiquei meio perdida nessa área, pois éramos muito apegados.

    Mas estou orando e entregando nas mãos de Deus, pois creio que tudo tem um tempo certo. Deus abençoe, bjs.

    ResponderExcluir
  8. Wow Gisley! Como sempre você com esses posts incríveis! Concordo totalmente que as vezes nos sabotamos. Mas a questão é pensar em como melhorar! E é sempre possível melhorar! Deus sempre nos guia para o melhor caminho, mas devemos estar de olhos bem abertos para restaurar e avançar! Beijos!

    ResponderExcluir
  9. porque será que me identifiquei tanto com seu texto ? rsrsrs porque sempre corremos pro caminho + fácil né ? rsrsrs + eu tô melhorando sabe tô mesmo, ando + confiante + disposta a vencer ou pelo menos a tentar, ando confiandoe acreditando mais em mim... feliz semana pra vc Gi como sempre seus post me dizem muito... bjs

    ResponderExcluir
  10. Marilyn realmente foi uma pessoa com muitos transtornos... uma pena.
    Seus textos como sempre, uma benção.
    Muito reflexivo.

    O BEIJO!

    ResponderExcluir
  11. Oi Gi, gostei do texto e da comparacao.

    Eu diria que tenho me sabotado em algumas coisas na minha vida que eu nao quero confrontar porque confrontar dói e requer mudancas e nao sei se tô querendo mexer nessa casa de marimbondo, rs.

    Mas o que eu acho interessante é que qdo sabemos exatamente onde a coisa tá falhando a gente fica com o olho mais atento.

    Boa semana


    Bjao

    ResponderExcluir
  12. Muito interessante seu texto Gisley e seguindo sua linha de raciocínio, olha tem mesmo muita gente se alto sabotando por ai...quem sabe até por aqui(eu) rsrs Mas o bom é que aprendemos sempre, claro se estamos dispostos a mudar, crescer e aprender mais da vida e de nós mesmos.
    Obg pelo desejo de boa viagem, nos vemos na volta, bom julho pra vc, seu love e seu filhote de 4 patas...nadador rsss fiquei besta ver ele nadando...é... realmente eu nao saco nada de cachorros rsrs.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Pois é, eu já melhorei muito a respeito disso, que eu também já fui a rainha da auto-sabotagem. Mas eu ainda tenho muito pé atrás com pessoas. Até porque hoje em dia eu acredito que nós não podemos confiar em qualquer um, infelizmente! Mas eu sou muito resguardada, não gosto de espalhar minha vida íntima nem meus sentimentos pra todo mundo. Não sei até que ponto isso é bom ou ruim. Mas eu sinto que certos aspectos da nossa vida devem ser resguardados, apenas nossos pais, amigos muito íntimos e, claro, Deus, pra saberem mais a fundo... :/ Essa é minha opinião! Mas às vezes eu sofro de certas inseguranças de Marilyn! Bjs Gi!

    ResponderExcluir
  14. Belo texto, Gigi...
    Faz refletir... sobre a fortaleza das fraquezas...
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
  15. Eu já melhorei muito, mas ainda peciso melhorar mais, cada dia mais! Não é uma tarefa fácil, requer monitoramento e olhos abertos pra qualquer sinal de auto sabotagem.
    Perdi as contas de quantas noites já passei em claro apenas me auto sabotando com pensamentos negativos...e por consequência sabotando os outros (mãe, marido, amigos) com a minha própria insegurança.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá! Acabei de descobrir o seu blog. Como eu me identifico com este post da auto-sabotagem! No meu caso, fui exportada de Portugal para a Suécia e em apenas uns meses (2 ou 3) ganhei 7 kilos. Comecei a comer coisas que em Portugal nunca me teria apetecido comer, tudo porque tinha um grande "buraco" a preencher. Hoje já perdi algum desse peso, mas faltam-me 3 kilos. Tento fazer uma escolha certa de cada vez, mas é uma batalha...

    Bem, gostei do blogue e vou seguir. Beijo!

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...