sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Agora eu entendo o que eles passam

E aí que eu comprei uma bolsa no shopping que eu não gostei. Encontrei outra por um preço melhor e acabei comprando a outra. Não tinha saído do shopping e voltei lá pra ver se eles me davam meu dinheiro de volta.Bom, se tratando de loja de shopping e EUA, tudo tem devolução ,às vezes  até um mês depois  que vc comprou algo, contanto que traga a nota.

Bom, aparentemente não nessa loja. Quando retornei a moça[que mal falava inglês que estava  tendo dificuldade em se expressar] disse que a única coisa a ser feita era se eu quisesse trocar a mercadoria por outra do mesma categoria. Daí eu saí da loja e fui bater no staff do shopping pra falar com o gerente, pq eu nunca tinha visto algo daquele gênero. Nada do gerente.Esse estava fazendo orçamento e me pediram para escrever uma reclamação que seria passada a pessoa responsável. Muito bem, 2 dias e nada deles mandarem uma resposta. Detalhe: eu estava com meu esposo. Voltamos no escritório do mall e eles pediram para eu preencher o formulário da reclamação.Eu disse que já tinha feito isso à 2 dias atrás. 

Daí que volto na loja e era outra mulher. A conversa já mudou. Ela disse que eu poderia  trocar por qualquer outra mercadoria que eu gostasse,mas o reembolso não poderia ser feito.Sinceramente, não sei onde eu estava com a minha cabeça qdo eu comprei aquela bolsa. Ela era bonita, mas naquela loja não tinha nada de interessante. Depois de tentar muitos vestidos que não faziam meu estilo, encontrei algo bem anti-piriguete , leia -se, decente.

Quando estou no caixa, a cara pálida da vez passada retornou à loja e eu vi que ela estava assustada de ter visto a gente.Diz o meu esposo que ela disse baixinho  gringuito e ele escutou e ela ficou sem onde colocar a cara.Lógico que ele olhou pra ela sério e com raiva, pois na cultura hispânica chamar um estrangeiro de gringo é deboche/ofensa. Diferente da nossa que o cara pode ser africano, chinês, filandês , todo mundo é gringo - que é apenas uma gíria para estrangeiro - mas independente de cultura ,ninguém deve tratar cliente com nomes perjorativos. 

Muito bem , só sei que as duas gorditas começaram a conversar em espanhol na nossa frente, na maior cara de pau. Parecia que a gente nem estava lá.Excuse me? Se vc trabalha numa loja de shopping, cujo o público fala inglês - tenha a santa educação de falar na língua mãe desse país.Agora eu sei como eles[os americanos] se sentem- pq elas ficaram conversando e fazendo as contas da diferença entre a minha nova compra e a bolsa que eu estava devolvendo. Gente não vou mentir, na minha mente a razão pela qual elas estavam falando em espanhol era pq : 

1) ou queriam enganar a gente 
2) ou estavam falando mal da gente 

Era tão rápido que não deu pra entender. Já fui a salões de beleza cujo a maioria dos funcionários são asiáticos. Eles tb não falam inglês entre si, falam a língua do seu país na frente das clientes. Eu noto como as clientes ficam desconfortáveis com isso, pq eu tb fico. Teve uma vez que uma estava fazendo meu pé e começou a conversar com a outra e riu. Já não sabia se elas estavam conversando sobre uma coisa qualquer ou se estavam debochando dos meus pés. 

Eu sei que tem gente que pensa que esse é um país preconceituoso com estrangeiros, mas imagina a cena : 


Estrangeiros vêm pro Brasil, abre restaurante, hotel , shopping mall, etc - só contratam gente deles que estão ilegais ou que estão legais mas que não dominam a língua ou não mostram nenhum interesse em falar português. Será que ia dar certo um negócio desse? Já pensou ir à uma loja no Brasil e o povo tudo falando em espanhol ou em italiano, ou qquer outra língua  na tua frente, trabalhando no teu país, e não falando teu idioma? Eu tenho certeza que brasileiro acharia isso no mínimo um insulto, mas a gente só sabe quando passa. 

Tive meu momento Monange. Agora eu sei o que é sentir na pele essa emoção.  E digo, não é das melhores.

29 comentários:

  1. hahahaahaha Momento Monange é ótimo! Olha, ridículo o comportamento das meninas, se vc não fosse uma pessoa muito do bem, certamente teria ido ao lugar competente para registrar uma reclamação desta vez contra as funcionárias. Porque pior do que cometer um erro e não admitir, é ainda querer debochar das pessoas. Além de ser uma tremenda falta de educação falar um idioma que as outras pessoas não entendem. Mas como sempre, vc conta tudo de forma divertida! rsrss Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ah, sim... qto ao seu comentário lá no blog: por favor, leia "A Cabana", vc vai amar, tenho certeza! E se quiser, faça a brincadeira tbm, pensei em te indicar, mas não tinha certeza se gostaria. Já coloquei uma observação lá no post, porque pra livros não tem regras, para todo mundo que quiser, simplesmente fazer. :) Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gi,mulher, voce tem pensamentos super parecidos com os meus em relacao a isso. Eu fico p da vida quando pessoas fazem isso. Eu ateh entendo se a pessoa eh nova aqui e nao fala ingles direito ainda, mas po, mora aqui ha anos, trabalha, e nao tem semancol, eh fogo. Complicado. Eu fico p da vida.
    Quando eu trabalhava de garconete em Tucson quase todos os dias vinham Mexicanos EXIGINDO garconete que falasse espanhol!!! Quando eu vejo que a pessoa ta se esforcando em falar ingles eu ateh comecava a falar espanhol com elas, elas gostavam, mais tips pra mim. Mas quando chegavam os que EXIGIAM, a gente queria morrer, ou melhor matar os individuos! Uma vez fiquei tao p porque assumiram pela minha aparencia que eu falava espanhol, e jah vieram falando espanhol comigo direto,me deu a doida e comecei a falar em portugues, ficaram assustados!

    A falta de interesse do povo de aprender a lingua do pais em que estao morando me irrita profundamente!

    ResponderExcluir
  4. Gi, momento Mannge, kakakak, essa eu nao sabia.

    Concordo contigo, é de doer. E por aqui tem tb. Mas o que vc passou pela troca de uma bolsa, pelaamordediosanto, viu....


    Recebi sim teu email, obrigada. Ainda nao ajeitei para torná-lo em post, mas assim que o fizer te falo.

    Grande beijo e obrigada

    ResponderExcluir
  5. oi Gi brigada pelas palavras de incentivo, as vezes n é fácil né e em outra parece q vai piorar ai o sol volta a brilhar... sabe que aki em Cali eu n tenho esse problema, o povo fala em espanhol´+ é apaixonado por brasileiro e pelo portugues, eles gostam de a traducao de tudo, os papos sao sempre divertidos + claro q sempre tem uma mal amada q n se esforca p me entender e ai eu me esforco no portunhol e no fim td vai bem... agora eu adoroooo falar portugues c meu marido e vê a cara das pessoas a cara de pauuuuu literalmente elas fikam olhando p gente com uma cara de morrer e matar de rir ai a gente faz de proposito kkkkk bjos e bom final de semana !!!

    ResponderExcluir
  6. ei ia eskecendo a foto nova ta ti fofffaaaa :)

    ResponderExcluir
  7. Oi Gi!

    Que chato essa situação hein?
    Acredito quando se muda de país uma das primeiras medidas a serem tomadas deve ser aprender o idioma.Fora do seu ambiente de trabalho,não vejo problema algum em conversar no seu idioma nativo, mas sei que não é nem um pouco educado a atitude dessas meninas.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Isso realmente é muito chato, eles poderiam, ao menos, ter a consideração de não falar algo que você não entendesse e chamassem na hora alguém que pudesse lhe explicar o que estava acontecendo. Bem, tente não voltar mais nessa loja, é a única coisa a fazer, infelizmente.
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  9. Gi,

    Você excluiu o blog "Cristianismo P.O.P? =(
    Será que poderia me enviar o seu e-mail,preciso de alguns conselhos de uma exportada cristã!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Gisley eu sei como vc se sentiu, quando isso acontece comigo eu tento desencanar, tipo prefiro pensar que não seja comigo. Se vc prestar atenção nos gestos ajuda muito à perceber se a pessoa está falando de vc ou não, geralmente ela vai olhar pra vc enquanto fala, nem que seja um olhar discreto, por isso não encana com isso não. E quando vc for ao Shopping faz como eu, roda o shopping todinho, vai em todas as lojas antes de comprar algo,meu marido detesta ir comigo, porque não compro nada até ter certeza do que quero, isso quando não saio de mãos vazias, depois de um dia inteiro olhando tudo XD Só não corro o risco de me arrepender quando compro coisas na promoção, que o preço já estavam à 70% de desconto. Faço isso porque meu guarda-roupa é cheio de coisas que gostei na loja e quando chegava em casa, enjoava daquilo ou não caia bem como eu tinha visto antes na loja e até hoje nunca usei.

    ResponderExcluir
  11. Oi Gi,

    Nunca mais nos falamos, ta td bem?

    Vamos marcar um chocolate quente no starbucks? QQ dia da semana q vem esta otimo pra mim! Me liga

    Mas comentando do seu post, eh bem interessante isso, sabe o que eu faco, qdo falam outra lingua entre eles, eu comeco a falar portugues tb com quem estiver comigo. Eh chato pra caramba qdo isso eh em ambiente de negocio ne? Concordo com vc, que quem esta atras do balcao tem que falar ingles aqui!!

    Bjao, aguardo contato

    ResponderExcluir
  12. Nossa que raiva! que situacao mais chata essa! fiquei com raiva só de lê! imagina vc lá tendo que passar por isso. Aff

    ResponderExcluir
  13. eu também ri do "momento monange" vou usar essa assim que der. kkkk...
    imagino que se essa situação deve ser chata em seu país, pensa só se acontece com voce em outro país.. rsrs..
    na universidade que estudo tem muitos gringos também.. e um deles vai na igreja com a gente.. outro dia vindo embora da igreja encontramos dois amigos alemãos dele.. e eles ficaram falando em alemão com ele na nossa frente.. só que o nosso amigo só respondia em portugueês! achei linda a polidez dele!

    fica com Deus!
    gosto muito de conhecer os EUA pelos seus olhos.

    bjitos

    ResponderExcluir
  14. Amei o momento Monange, Gi. Mas convenhamos, a falta de profissionalismo se instalou entre as "amiguitas" hein?
    Foi muita falta de respeito, e imagino que isto aconteça bastante em muitos lugares do mundo.
    Ainda bem que você encontrou um modelito que te agradou e imagino que não voltará mais àquela loja. Bem feito: se o manager fosse bom contrataria pessoas mais qualificadas, ou pelo menos, mais educadas.
    Bjim,
    Márcia

    ResponderExcluir
  15. Tb concordo com oq vc relatou. Esse tipo de comportamento eh chato! Mtz vezes sou eu q estou falando em portugues com uma amiga na frente de outra pessoa que soh fala ingles e dai eu percebo. Poxa, nao deveria!

    ResponderExcluir
  16. quando eu trabalhava na DHL da NZ, foram reclamar que eu falava portugues com uma amiga, durante meu almoco.
    Nao tive duvidas: armei um escarceu, procurei o pessoal dos direitos humanos, trouxe cartinha dizendo que eu podia falar a lingua que eu quisesse, com quem eu qusiesse...

    Falta de educacao, na minha opiniao, e ficar ouvindo a conversa dos outros.

    Claro que na sua situacao, as fulanas estavam em horario de trabalho, te atendendo, tinham que te respeitar!!!

    ResponderExcluir
  17. Gi, meu bem, eu tb não ia gostar não...aff...que falta de educação...pq vc não soltou um "feiosa" em bom português...kkk...beijos, linda!

    ResponderExcluir
  18. Nem sabia que nos EUA tinha loja que não pudesse devolver o que vc comprou recebendo seu dinheiro de volta. Eu tenho o péssimo hábito de comprar sem provar já pensando que posso devolver sempre. Se essa loja for nacional, passa o nome pra eu não ter esse problema. Chato isso dos estrangeiros falando outros línguas com o cliente, nunca passei por isso aqui, mas posso imaginar.

    ResponderExcluir
  19. Linda.. Imagino como vc se sentiu e concordo mesmo, é realmente constrangedor e desconfortável! Senti isso aqui mesmo em Fortal city, nas lojas de coreanos, agora pense... em coreano é o que o negócio é 'intelegível' total!
    Nem parece coisa da terra do tio Sam...
    Bjs!!!!

    ResponderExcluir
  20. Concordo total com vc!!! Imagina! A mesma coisa acontece aqui e o pior que eu acabo me sentindo paranoica quando as árabes olham pra mim ficam falando a língua delas entre si e rindo. Talvez ela nem estejam debochando, mas dá essa sensacão, não???
    Se vc mudou pra outro país tenha a decência de falar a língua desse país por respeito, né?? O mínimo.

    ResponderExcluir
  21. É Gi, nem imagino entrar numa loja do Iguatemi e ter uma funcionária falando Italiano e debochando de mim na minha cara... e mesmo que não fosse deboche, mas nada a ver!!! Tem que falar a língua do país, sim! Não sei como esse povo consegue emprego assim, pensei que os critérios dos empregadores fossem mais altos... isso é um desgaste, e vc ainda paga pra ter um desgaste desses, ngm merece meeeesmo!!! Bjsss.... :)

    ResponderExcluir
  22. Momento monange foi ótimo!! To morrendo de rir aqui. Mas que falta de respeito dessas moças, desagradável essa situação, voce ta la olhando para as mocinhas e elas falando o espanhol delas como se voces fossem fantasmas, eu também iria achar que estavam falando mal de mim, muito absurdo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Eu tambem nao gosto disso nao, acho uma falta de respeito exagerada. Eu sou de Sao Paulo e o que nao falta è loja de chines, coreano e arabe. Odeio quando vou comprar algo e vejo que eles nao falam portugues. ja briguei muitas vezes e tantas vezes ja disse a eles pra voltarem ao seus paises, hoje sou eu a exportada, mas falo sempre em italiano na frente de desconhecido. Quando a troca da peça voce tem sorte por morar na America, aqui na Italia Meus Deus, è uma dor de cabeça.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Gi!!!!

    Identifiquei total com esse post!!!
    Afe, meu sangue quase ferve aqui!!!
    Porque passamos pelas mesmas coisas, agora sabia que a "brasileirada" eh uma das grandes nacoes que invade o mercado por aqui???!!!

    Quero te perguntar uma coisita, mas nao por aqui...qual eh teu email?

    Bjo!!!

    ResponderExcluir
  25. Há, momento monange foi showww, hehehe.

    Mas o antídoto pra casos como esse é educação!! A falta dela é que produz essas cenas deprimentes, pq com certeza pra não falar na língua do cliente, no mínimo é de se pensar que estão querendo te passar pra trás. De úrtima!! kkk

    Bjocas.

    ResponderExcluir
  26. Eu não me sinto bem com pessoas falando em outras linguas por aqui (moro na França), mas isso acontece direto, e muito também com brasileiros...
    Quando estou em um grupo com pessoas de várias nacionalidades, prefiro falar francês, pois é a língua oficial, todo mundo teria que entender, não é? Mas aí ficam dizendo que estou fugindo das minhas origens e que os franceses ali presentes que deveriam aprender português... Para passar 1 semana no Brasil de férias a cada 2 anos eu não faria esse investimento... Prefiro dominar o idioma do país que me acolheu e onde tenho o meu ganha-pão...
    Adorei o blog!!!

    ResponderExcluir
  27. Eu detesto isso também, aqui em Portugal acontece na loja dos chineses que existe por todo o lado e que embora tu não gostes muitas vezes acabas por entrar para comprar qualquer coisa porque é a que está mais perto da tua casa. Eles conversam entre eles em chinês e tu fricas desconfortável com a situação. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  28. Oi Gisley,tudo bem?

    Realmente em relação a ter pessoas que não fale seu idioma no seu país e ruim.Mas te digo uma coisa os "gringos" são muito bem recebidos no Brasil,arrisco dizer que mais valorizados do que os brasileiros em si.O namorado da minha prima é espanhol,ficou aqui um mês e é impressionante toda vez que saíamos ele era tratado a pão de ló,consequentemente a gente também kkk

    Obrigada por sua visita no blog.

    Bjo,

    Luzi
    www.desapatilha.com.br

    ResponderExcluir
  29. É parecido na Alemanha. Sempre tem um pra chamar alemao de xenófobo, mas o que não falta é estrangeiro que passa uma vida aqui sem falar alemao, sendo esse apenas um dos problemas. Digo sempre que alemao sabe a diferenca entre estrangeiros e estrangeiros, sao super abertos quando percebem que voce se esforca pra aprender a lingua e se integrar. Mas qdo o estrangeiro nao se integra, se fecha entre os seus e ainda tenta impor a propria cultura, até eu que tambem sou estrangeira me incomodo!

    ps. nao consigo comentar com meu perfil do wordpress... :( bejinhos, jane

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...