quinta-feira, 8 de abril de 2010

O lado B da América

Não foi à toa. Pelo menos eu já sabia disso.Apenas não sabia que o negócio já estava tão desandado.Pois acredite, está! Mas tem salvação,viu? Às vezes eu ouço muitos americanos perguntarem porque tantas pessoas passam fome, pq não tem o que comer ou o que vestir e onde morar. Eles poderiam se poupar e poupar aos outros dessa pergunta estúpida quando fossem em livrarias e visse que os EUA é o país que mais lança livro de dieta e de finanças todos os meses.


Sabe qual foi o melhor de tudo? Não apenas encontrar uma resposta, mas encontrar uma resposta dada por uma própria conterrânea: ANNIE LEONARD, que é considerada uma guru ambiental. Entenda porque as pessoas se matam de trabalhar na América e trabalham arduamente para gastar. Ouve-se muito por aqui: preciso trabalhar agora para ter uma vida confortável no futuro.Traduza isso por fútil, pq a vida deles já é confortável. Se eles podem ir ao shopping todo fim de semana e comer fora todo fim de semana, isso é , digamos, uma vida luxuosa comparada à outros países.


Vc já se perguntou pq vc diz que "tem que ter certo produto" ou que vc "precisa de certo produto", que ele é indispensável quando na verdade tudo o que vc está querendo dizer é queres aquilo? Nesse vídeo você vai entender pq a qualidade de vida deles é cada vez mais baixa, as relações cada vez mais superficiais e pq são tão cisudos, sem alegria.É eu sei, estou parecendo bem anti-América, mas esse estilo de vida tem ganhado cena no BR e em outros países de 3o. mundo tb.

Você já se sentiu pra trás ou se sentiu inferior por não ter ou não ser da mesma posição social de alguém conhecido? Já te feriu na alma pq certas pessoas não entendem pq vc não pode comprar certas coisas ou desfrutar de certas prestadoras de serviço quando para eles parece tão normal e vital ter que não faz sentido que vc não tenha tb? E se eu te dissesse que nem vc e nem eles precisam disso, vc acreditaria? Deixo o ultimato com vc. Confira o vídeo! VEJA ATÉ O FIM, SE PUDER, PASSE ADIANTE! ISSO É SÉRIO!


Ladies and gentlemen, com vcs :


ESTADOS UNIDOS DO DESPERDÍCIO.




11 comentários:

  1. Eu ja nao acho nada errado com querer viver a vida que voce sonha, ter tudo que quiser e tal. Eu trabalho duro pra conseguir o que tenho. E quero mais.

    Quero minha casa propria ano que vem, quero viajar e conhecer o mundo todo e principalmente comecar meu proprio negocio e trabalhar com algo que amo. E pra chegar la, hoje em dia estou ralando e sacrificando muita coisa. Nao deixo de curtir as pessoas ao meu redor, algo extremamente importante, mas se eu continuar nesse mesmo ritmo por mais um ano, somente um ano, conseguirei tudo que quero. E nao vejo nada de errado nisso.

    As coisas nao caem do ceu e eu me recuso a viver uma vidinha como a maioria das pessoas: trabalhando com algo que nao as satisfazem so por dinheiro, so pra se sustentar, nao podendo viajar ou curtir algo que queira fazer devido as dividas que tem, enfim... As vezes um sacrificiozinho aqui e ali te leva loooonge! E eu ja estou comecando a ver os frutos do meu esfoco.

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oie Lúcia,
    eu tb não acha nada errado a gente querer uma vida de conforto por causa do suor que investimos. O que eu acho errado é o desperdício, e os americanos ,por não saber o que é passar fome,o que é pobreza, o que é não ter, desperdiçam sem nenhum problema.Às vezes é através da comida, das compras, etc. Acho que esse foi o foco da moça do vídeo.Querer coisas das quais não precisamos, coisas estas, que muitas vezes vão ficar só na garagem, e o mercado mesmo na crise, faz de tudo pra gente comprar, sem necessidade.

    Ex: aparelhos de ginástica, dvds de ginástica,coisas desse tipo.

    ResponderExcluir
  4. Adorey o vídeo e ainda mais a sinceridade e a coragem dela de falar algo que todos sabemos que é verdade, mas que muitos insistem em dizer que não.

    Para uma americana, ela me saiu muito corajosa e ousada além de certa também.

    E digo que a moda é a pior arma já inventada, a pior armadilha feita pelo homem e para o homem. A Moda consegue mexer com nossas cabeças de forma a mudar nossos pontos de vista, nosso estilo. Adequação é o que todos buscam, alguns conseguem e outros rejeitam. Cada um tem seus motivos para ser o que quiser ser, mas não acho que precisemos de incentivos como os de consumo para escolhermos o que queremos para nós.

    Prefiro uma vida feliz a meu modo do que coisas superficiais ^^

    Adorey Gi o/

    ps: estou tentando arrumar job pra juntar dinheiro, mas sabe pra que?! Não é pra comprar roupas ou acessórios... Quero poder ir ver meu mowzin em sampa \o/

    ResponderExcluir
  5. Esse vídeo virou febre no Brasil e é usado como referência em muitos trabalhos.
    Qdo pensamos no efeito das nossas ações em cadeia, tudo faz mais sentido.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá Gisley!

    Adorei o comentário e as explanações feitas.
    Porque vem, de encontro com a realidade do nosso dia-a-dia.
    E servem como uma verdadeira fonte de reflexão, para nós consumistas.

    Dias atrás, eu comentei que criticamos a devastação da Amazônia…
    Mas não dispensamos um convite para um churrasco.

    Abraço e até +.

    ResponderExcluir
  7. Dih,
    Annie deu a cara pra bater, mas eu acho que ela cansou do que está acontecendo ao redor do planeta, e como estamos todos interligados, não há como desconectar um efeito natural do outro.Vc trouxe à tona um ponto muito importante:as pessoas não compram simplesmente pq precisam de algo, esses produtos vem com um significado além do que se vê: aceitação, status,modernização,etc e ninguém quer ficar de fora.

    Eve,
    estou muito feliz de ouvir isso! Espero que continue sendo divulgado cada vez mais e mais para conscientizar as pessoas.É muito fácil entrar e sair de um shopping ou qualquer outro lugar no "automático", sem se perguntar de onde tudo aquilo veio. Bjos!

    Jota Sena,

    obg por visitar meu blog, seja bem-vindo!As consequências devido à exploração do planeta estão sendo manifestas cada vez mais. O homem não pode continuar com uma atitude dessa, esperando sair ileso.O ano mal começou e "mãe natureza" continua mandando seu recado aos quatro ventos.Aquilo que plantamos, colhemos.Volte sempre.

    ResponderExcluir
  8. Olá Gisley bom dia!

    Obrigo por tua consideração e convite. Com certeza virei mais vezes sim!
    O que eu preparei, para publicar esta semana é uma alusão, aqueles que não respeitarão e aqueles que ainda persistem com esta aberração não respeitando a Natureza.

    Até +

    ResponderExcluir
  9. Ei Gisley tu ficou sabendo do aguaceiro que caiu no Rio? Me deu dor no coracão ver td aquilo, cenas tristes. Nessas horas agradeco a Deus por nossas familias morarem em Fortaleza.

    ResponderExcluir
  10. Vídeo muito bom, mas essa não é uma realidade específica dos Estados Unidos. E não acho que eles são culpados por tudo de ruim no mundo. Como grande potência mundial, eles tem sua parcela maior de culpa, mas os outros tb tem. O Brasil por exemplo, é um país que foi explorado desde que foi "descoberto" e o pior lá, a maioria tem nada e a minoria tem tudo. Pelo menos aqui, há uma certa igualdade. Os americanos não sabem o que é passar fome porque nesse país, apesar de todos os problemas as pessoas vivem melhor. No Brasil, as crianças morrem de desnutrição; começam a se drogar pra enganar a fome do estômago. E por aí vai.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post, achei que tinha comentado antes, mas agora me dei conta de que se comento mas näo digito as letras o comentário não entra.
    Eu consumo, mas tento consumir com sabedoria, acho que devemos e podemos nos dar o prazer de adquirirmos coisas que nos proporcione conforto e um pouco de luxo de vez em quando também, como disse Lucia no primeiro comentário, mas também entendo o ponto de vista do post, que é sobre o desperdício, de ligar o valor da pessoa ao que ela tem, e não pelo que ela é realmente. E o pior, a forma como os produtos säo feitos, para serem descartáveis, tanto pela qualidade como por modismos.
    Eu sou relativamente consumista, mas aproveito tudo que compro, o que não me serve repasso para que outras pessoas possam aproveitar (como roupas que ficam apertadas), mas não faco doacão de coisas já destruídas, como muita gente faz. Eletrônicos (computadores, celulares, etc) que geram um lixo terrível, eu uso em quanto eles aguentaram funcionar. Também evito jogar comida fora.

    Vou voltar mais tarde pra ler os outros comentários, achei bem interessante.

    Beijo

    ResponderExcluir

Exporte pensamentos e idéias vc tb!
Aqui, elas chegam rápido e vc não paga nada :)!
Divirta-se e volte sempre :)!

Por favor, deixe e-mail e nome de contato caso não tenha blog ou conta do google.

AVISO: Caso não goste ou não se indentifique com o material aqui exposto, vc tem todo o direito de ir ao topo da página do lado direito e apertar o X.

Não espere que nenhum(a) blogueiro(a) mude o formato ou conteúdo do blog para adequar à sua comodidade/pensamento.


A autora se faz no direito de reprovar todo e qualquer conteúdo que não traga nada à acrescentar ao blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...